Respostas

18

  • João_1

    Sim. Primeiro você calcula a quantidade de dias de férias que teria no período de 1 ano, nesse caso, 7 faltas, teria 24 dias de férias.
    Ache o valor dos 24 dias de férias e divida por 12, o resultado representa o valor de 1/12 avos que ele tem direito.

  • nalva_1

    Boa tarde,
    gostaria de saber se um empregado que teve 26 faltas e tem 9 meses de ferias proporcionais, agora ele pediu demissao, como fica na rescisao, posso descontar e qual valor, salario dele é 445,00.
    obrigada

  • Clê

    Nalva:
    Pelo art. 130 da CLT quem falta de 24 a 32 dias terá descontado das férias 12 dias corridos. Evidente que esse calculo é válido para férias integrais. Então nós teriamos para o calculo proporcional de 9 meses, 9 faltas, concorda (12 faltas para 12 meses, 9 faltas para 9 meses).
    O calculo seria:
    R$ 445,00/12*9 = valor das férias proporcionais a 9/12 = 333,75
    1/3 sobre férias = 111,24
    Soma 444,99
    Desconta 9 dias = 444,99 - 133,50 = R$ 311,49

  • João_1

    Desculpe Clê, mas se concordou com o meu cálculo, acima, não entendi como chegou a esse valor de férias?
    O correto, para mim, é:
    -26 faltas, direito a 12 dias de férias integrais = R$ 237,32 (445,00+1/3 div.por30x12).
    Férias proporcionais de 9/12 avos = R$ 178,00 (237,32 div.por 12x9).

    Valor correto de 9/12 avos de férias proporcionais = R$ 178,00.

    Esse é meu entendimento.

  • Clê

    João:
    Vc tem toda a razão. Na realidade eu considerei como se tivesse descontado 12 dias e não TIVESSE DIREITO A 12 dias. Meu calculo ta errado mesmo, desconsiderem.

  • ROMULO DE OLIVEIRA MARTIND

    É galera... e o que voces me dizem a respeito do que diz o parágrafo 1º do artigo 130 da CLT "É vedado descontar, do período de férias, as faltas do empregado ao serviço."

  • evandrosmiranda

    preciso de ajuda, pois trabalho em escala de 12x36 (tecnico de enfer.), ou seja sou plantonista e tive 18 faltas no período de 7 meses, ao pedir demissão não tive direito na minha rescisão do valor das minhas férias proporcionais, pois fui informado que excedi o limite máx. de 32 faltas no ano, ou seja, 36 faltas. iria cumprir avido prévio porém faltei o inicio do aviso do dia 23 ao dia 10 e no dia 11 do mes fui dispensado do mesmo pela empresa. (computado 20 dias de faltas). minha maior dúvida é embora tenha descontado do meu salario minha falta, apenas o dia e não a folga, é correto dobrar minhas faltas para estourar o limite de 32 (18 faltas passando para 36). na contabilidade, desconta para calculo o meu plantao e a minha folga? como deve ser feita minha rescisão?? inicio 23/11 pedido 21/06 term 20/07. salario 870,00. 13 proporc? ferias? saldo de salario? se puder me ajudar. grato

  • P.carv

    Tenho uma funcionaria que falta em media 05 dias mes , tenho que dar as ferias como calcular os dias e o 1/3 , ja que ela ganha R$ 800,00 mes?

  • MARIA DA GLORIA PEREZ DELGADO SANCHES

    Se ela falta, em média, cinco dias por mês, não tem o direito às férias.

    Conforme dispõe a CLT:
    Art. 130 - Após cada período de 12 meses de vigência do contrato de trabalho, o empregado terá direito a férias, na seguinte proporção:
    I - 30 dias corridos, quando não houver faltado ao serviço mais de 5 vezes;
    II - 24 dias corridos, quando houver tido de 6 a 14 faltas;
    III - 18 dias corridos, quando houver tido de 15 a 23 faltas;
    IV - 12 dias corridos, quando houver tido de 24 a 32 faltas.
    § 1º - É vedado descontar, do período de férias, as faltas do empregado ao serviço.

    Se tiver mais de 32 faltas não justificadas o empregado perde o direito às férias.

    Não deixe de comunicar à funcionária a perda do direito.

    Por oportuno, cabe salientar que o funcionário que faltar sessenta dias alternados ao serviço, sem justificativa, tem caracterizada a justa causa para a dispensa por justa causa.


    As faltas não poderão ser descontadas "das férias", mas levadas em consideração para o cálculo das férias devidas.