TEMPO SEM REGISTRO EM CARTEIRA

Bom...a minha situação é a seguinte:

Trabalho há 1 ano e 2 meses na mesma empresa, portanto registrada estou há 6 meses, o que por lei está errado pois teria que ter sido registrada desde quando entrei em 24 de setembro de 2007, porém a empresa só adiquiriu CNPJ em abril e só pode me registrar em 02 de maio de 2008...agora o contador da empresa orientou os meus patrões a acertar comigo esses 8 meses sem registro, mas segundo ele eu só tenho direito a R$ 600,00, achei um absurdo sendo que o piso da minha categoria é R$ 550,00....essa conta está errada não está? como ele tem que calcular? o correto não seria calcular 13º proporcional a 1/8avos, férias proporcional a 1/8avos, FGTS proporcional a 1/8avo etc etc...estou em uma situação delicada, pois vou ter que bater de frente com a empresa....Oo que eu devo fazer? tem alguma lei que me assegura quanto a isso? quem puder me ajudar eu agradeço desde já.

Respostas

33

  • Clê

    Marcela:
    Se seu salário é R$ 550,00 e vc não recebeu nada de 13º salário em 2007, o "correto" (na realidade correto mesmo seria registrar com periodo retroativo, recolhendo o INSS e o FGTS em atraso e pagar as verbas respectivas - férias + 13º proporcional) seria acertar o periodo sem registro da seguinte forma:
    13º salário = 550,00 : 12 x 8 = 366,67
    Férias + 1/3 = 8/12 = 366,67 + 122,21 = 488,87
    FGTS periodo sem registro = 352,00
    Total = 1.207,54
    No entanto, se precisa do emprego não precisa bater de "frente" com a empresa agora, continue trabalhando, continue procurando uma oportunidade melhor e dai quando sair da empresa vc entra com uma reclamatória trabalhista pedindo o pagamento das verbas de forma correta. O prazo para ajuizamento de ação na esfera trabalhista é de até 02 anos após o desligamento (demissão). Após esse prazo perde o direito de ação.

    abs

    clê

  • cledecelma pereira barbosa

    algumas semanas atras fiz uma pergunta ao forum mais não tive nenhuma resposta gostaria de saber se eu tenho algum direito sem carteira assinada ja que trabalhei 2 anos mais somente um ano depois ela assinou minha carteira e oque ganho esse um ano quais são os meus direitos espero respostas

  • Clê

    Cledecelma:
    Só tem um jeito de receber as verbas reflexas deste periodo (13o. salário, férias + 1/3, FGTS, INSS) bem como a anotação: é ajuizando ação trabalhista contra seu empregador.
    Procure um advogado em sua cidade.

  • cledecelma pereira barbosa

    ola tenho uma perguntinha para fazer , quando eu trabalhei sem registro na carteira a minha ex patroa não dava nehum recibo de pagamento pois sera que mesmo assim consiguirei receber alguma coisa dela ja que so assinava-mos um caderno ?

  • simone_1

    ola eu sou simone trabalhei na casa de uma senhora na qual fui contratada para cuidar da sua mãe e depois de um mês ela começou ha me colocar para limpar a casa e fazer as outros coisa e ñ me pagava pelas outras coisas gostaria de saber quanto eu tenho para receber. meu salario era 400,00 sem registro onde trabalhei 6 meses onde o salario desse mes ela ñ me pagou. quantou eu tenho para receber

  • Clê

    Simone:
    Para ter direito ao seguro-desemprego é necessário que haja não só o registro em CTPs mas tb o recolhimento de FGTS, que é facultativo para o empregador. Se não houve nenhum desses dois não há direito ao seguro desemprego.
    Se vc foi mandada embora tem direito ao aviso prévio (400,00), férias (266,66) e 13º salário (200,00).

  • Mirian_1

    Oi, trabalho em uma escola desde janeiro de 2007. Estou saindo esse mês por ter arrumado algo melhor, e gostaria de saber se tenho direito a receber alguma coisa pois não tenho registro na carteira, apenas assinamos um recibo que fica com a diretora. Devido as mudanças na carga horária, meu salário em dois anos ficou numa média de 210,00 reais, pois foi de 210, por 12 meses; depois 315, por seis meses; e seis meses de 157,50. Apesar de afirmar pagar o décimo terceiro, a escola não paga janeiro por ser mês de férias, o que resulta em 12 meses, correto? Não recebo passagem, nem adicional, nem gratificação ou correção de prova. Nada, nada.
    Aí eu pergunto, saindo agora no mês de fevereiro, provavelmente só receberei meu salário ou tenho algum direito? E se tenho, como me portar e propor um acordo?

    Aguardo resposta.