Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. André M.
    22/12/2008 16:43

    Olá, estou tendo minha primeira experiência nessa área (dir. sucessório) e gostaria da ajuda dos colegas.

    Estou abrindo o inventário do meu pai, que faleceu há poucos meses. Ele deixou 02 (dois) apartamentos e 01 (um) automóvel. Os únicos herdeiros são minha mãe (viúva meeira, casada em comunhão universal de bens), meu irmão e eu, ambos maiores e civilmente capazes.

    Conversei com meu irmão e concordamos em abrir mão de nossa parte na herança, deixando tudo para a nossa mãe. Ocorre que temos certa urgência em vender, o mais rápido possível, o automóvel do meu pai, já que ele está parado na garagem, sendo muito pouco ou qse nunca utilizado.

    Gostaria de saber dos colegas qual o procedimento mais célere para a venda desse veículo (já recebemos várias propostas de possíveis compradores). No caso, se a forma mais rápida seria entrar com o pedido de inventário por arrolamento e, posteriormente, com um pedido de alvará nos autos para a venda do automóvel ou se há outra forma de fazê-lo.

    Gostaria de saber se é possível entrar com um pedido de alvará para a venda do automóvel, sem que o inventário tenha sido ajuizado.


    Agradeço, antecipadamente, a colaboração.

    Aguardo respostas!

    Obrigado!
  2. André M.
    23/12/2008 22:14

    Aguardando respostas...
  3. VILLA
    28/12/2008 00:04

    Se puderem ajudar o colega, é uma questao interessante e bem comum.
  4. julio_1
    26/01/2009 22:19

    Tambem estou muito interessado neste assunto pois minha situação é muito parecida. Esta questão é muito importante e se alguém puder esclarecer seremos gratos.

    Obrigado.
  5. athenavaz
    17/04/2012 12:16

    Boa tarde, André M.
    Você conseguiu solucionar o problema da venda antecipada?
    Estou passando por uma situação muito parecida, se sim você pode compartilhar a solução?

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS