Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Shaegui
    20/11/2009 23:59

    BOA NOITE

    Meu marido encontra-se preso há 11 meses em regime fechado temos um filho de menor e teoricamente eu teria direito a receber o auxilio reclusão, porém, ele nunca trabalhou de carteira assinada e me informaram na previdência que não tem carência de contribuição, mais que era preciso estar cadastrado, por isso não posso receber, isso procede?????

    Obrigada
  2. Estudante de Direito
    21/11/2009 07:49 | editado

    Infelizmente como ele não era segurado seus dependentes não têm direito.

    Quando se diz que não há carência para um benefício significa que o benefício não precisa ter uma quantidade mínima de contribuições para que o segurado ou os depedentes, no caso do auxilio-reclusão, façam jus ao mesmo.

    Por exemplo, se ele tivesse sido contratado por uma empresa(segurado empregado) e no dia seguinte tivesse ocorrido a prisão os dependentes teriam direito, a depender é claro, ainda, se de baixa renda.
  3. Shaegui
    23/11/2009 09:43

    Muitos que vão preso nunca trabalharam de carteira assinada, que auxilio é esse?? Deveriam rever isso....

    Obrigada pela resposta.
  4. Marisa
    23/11/2009 10:58

    Oi Shaegui

    Como foi muito bem explicado acima, só tem direito a um seguro da previdencia quem é seu segurado, muito resumidamente, quem nunca contibuiu para a prvidencia não vai se aposentar, não tem direito a auxilio doença, a salário maternidade e a seguro reclusão.

    Abraços
  5. Shaegui
    24/11/2009 10:41

    ENtendi

    Obrigada
  6. Chrys Costa
    15/06/2011 19:41

    Se o preso tiver cadastro no INSS e na data da prisão ele não estava contribuindo com a previdência há algum tempo, mesmo assim seu filho tem direito ao auxílio reclusão?
  7. Estudante de Direito
    17/06/2011 13:38

    Ter cadastro é uma coisa que não dá direito. Já se ele estiver no período de graça, que é um intervalo de tempo onde quem vinha contribuindo parou, por ter seu vículo empregatício rompido, mas ainda faz jus aos benefícios. Temos que ver quanto tempo faz que ele deixou de contribuir, pra ver se ainda encontasse na período de graça.

    ok
  8. Fatima Jose
    17/06/2011 14:20 | editado

    Meu esposo fazia 5 anos que nao contribuia com inss meu filho tem direito ao auxilio reclusao?
  9. Estudante de Direito
    17/06/2011 14:32

    Infelizmente não.
  10. KATY ABC
    14/07/2011 18:50

    Eu estou com uma duvida o pai da minha filha esta preso 10 meses ele só trabalhava temporário isso tem direito ao auxilio e se eu colocar um advogado o q preciso levar para ele??
  11. thattyaninha
    19/08/2011 10:27

    Olá tenho meu marido preso a 2 anos e 5 meses ele trabalhava registrado já fiz o pedido do auxilio reclusão e foi negado pelo salário dele, gostaria de saber como faço para recorrer mas não tenho condições de pagar um advogado. Obrigada pela atenção. Thatiana
  12. KATY ABC
    03/02/2012 11:47

    Ola,eu dei entrada no auxilio mais foi negado pelo fato do valor da contribuição ser maior que por lei eu posso recorer e se puder como devo proceder se tiver algum advogado no interese de recorer me mande um e-mail dani_e_gustavo@hotmail.com
  13. raissa polly
    22/09/2013 23:02

    tem muita gente q fala mal dos presos q recebem auxilio, mais não sabem o q as familias passam aqui fora, com filhos pra criar contas pra pagar e muito mais , agora eu queria ver se fosse alguem da familias deles , a primeira coisa q iriam fazer era ir atras do auxilio reclusao... falar é facil agora eu quero ver é passar pela prova... e outra coisa qualquer pessoa seja rica seja pobre , branco , preto . quem ta nesse mundo qualquer um pode passar por isso .. não julgue o mundo é uma bola onde até as pedras se encontram...
  14. raissa polly
    22/09/2013 23:10

    a assistente social do presidio onde esta meu marido disse q ele tem direito a auxilio reclusão por causa da nenem de tres meses q nos tem , so q ele nunca trabalhou de carteira assinada isso é possivel?
  15. Pablo Pablito
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    24/09/2013 11:55 | editado

    Raissa

    E os pais de família que muitas vezes são assassinados por esses bandidos, como ficam suas famílias, suas contas, filhos pra criar e etc?

    Sou sim, contra este benefício, afinal se os bandidos estão presos e suas famílias passando necessidades é porque querem, escolheram isso. E agora a sociedade tem que sustentar?

    Você é um exemplo disso, o marido está preso, não tem como criar, sustentar, não tem dinheiro, mas fez mais um filho, tem um filho de três meses, isso se não tiver mais.

    A propósito, se seu marido nunca trabalhou e nunca contribuiu não tem direito.

    Pablo
  16. LALINHA 5
    24/09/2013 12:40

    Pablo concordo plenamente com voce. Ja á um absurdo ter que mante-los sem fazer nada, comendo e bebendo as nossas custas (por mais que falem que a comida é assim, assado, que as condiçoes sao precarias) mas foram eles que escolheram estarem nessas condiçoes. E alem do mais tem muito pai de familiam pessoas de bem, que nao tem nem a comida precaria da cadeia para comerem. E fora isso tudo ter que sustentar a familia deles tambem? Ai jsa é demais.
    Na minha opiniao quem tem direito ao auxilio reclusao, alem de ter que estar segurado pelo inss, deveria tambem trabalhar todos os dias de 08:00 as 18:00 hs para ter direito ao beneficio, nao poderia ser assim de mao beijada como é.
  17. Pablo Pablito
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    24/09/2013 13:23 | editado

    Lalinha 5

    Só 10h por dia? Tinha que ser 18h por dia, de segunda a domingo, faça sol faça chuva. Tinham que colocar esse povo pra quebrar pedra em pedreira, carpir beira de estrada e etc.

    Pablo
  18. LALINHA 5
    24/09/2013 14:12

    isso é verdade pablo.
    quam sabe assim eles iriam pensar muito bem antes de cometer qualquer delito.
  19. Natasha1988
    24/09/2013 15:01

    O meu marido tbm esta preso e o inss nao concedeu o auxilio reclusão pois temos um filho e nao sei mais o que faço
  20. Pablo Pablito
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    24/09/2013 15:42

    Luiza

    O fato de ter um filho não é causa para indeferimento.

    Já pensou em trabalhar?

    Pablo

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS