Conta conjunta. Falecimento do 1º titular

Minha mãe era funcionária pública do Est. de SP e tinha uma c/c conjunta comigo no bco Santander. Ela faleceu em janeiro de 2009. Em agosto comuniquei o fato e eles me orientaram a sacar o saldo e a encerrar a conta, o que foi feito. Porém, em novembro/2009 lembrei que uma aplicação financeira que eu tinha lá, vinculada a essa conta, não fora resgatada. Agora o Banco está exigindo um documento do INSS (?!?) dizendo sobre dependentes habilitados (tenho 3 irmãs), para resgatar a aplicação, porque a conta já está encerrada. Porém, minha mãe não tinha dependentes, nem tinha vínculo com o INSS (era funcionária pública!). Além disso, os recursos lá aplicados eram meus, pois eu também usava aquela conta, já que eu era 2ª titular numa conta solidária. Minhas irmãs estão dispostas a declarar isso, com firma reconhecida. Como devo proceder para resgatar meu dinheiro?

Respostas

0