Respostas

7

  • SARINHA 2

    SARINHA 2

    Mais nao tem uma lei que fala que menor de 18 nao pode assinar carteira de trabalho, salvo sob condiçao de menor aprendiz?
    Entao um adolescente de 16 anos´pode assinar carteira e trabalhar 8 horas por dia?

  • GUILHERME BORA BUNN

    GUILHERME BORA BUNN

    sarinha,

    dos apartir dos 14 anos, a empresa pode admitir como aprendiz.

    apartir dos 16 anos, a empresa pode contrata-lo como um funcionário normal ( não aprendiz), porem, a empresa deve respeitar os horários escolares ( dispensar em caso de prova/trabalhos).

    att


    Bora

  • Adhemar Antonio

    Adhemar Antonio

    Existem leis que, na minha opinião, tem o lado bom e o lado ruim.
    Sou Gerente de Administração de Materiais em uma empresa de grande porte e muito conceituada no ramo em que atua, embora esteja atravessando uma fase difícil, inerente à instabilidade econômica que o país vive.
    Vou contar uma histórinha para ilustrar o porque da minha afirmação na primeira frase desse texto:
    Terceirizamos a contratação temporária, por prazo de 30 dias, de 5 pessoas para que pudessem ajudar na organização do nosso almoxarifado.
    Uma destas pessoas se destacou pela força de vontade. Quando era solicitado algum serviço ele sempre foi o primeiro a se apresentar para executar a atividade necessária. Integrou-se facilmente aos colegas que compõem a equipe da nossa empresa.
    No decorrer dos 30 dias surgiu uma vaga de almoxarife, e ao invés de buscar um colaborador no mercado de trabalho, resolvi entrevistar o jovem que se destacou.
    Durante a entrevista demonstrou maturidade, e ficou visivelmente feliz com a oportunidade que estava surgindo. Falou sobre as dificuldades financeiras que a família enfrentava e que, caso fosse contratado, poderia favorecer melhores condições aos entes. Nossa empesa oferecia plano de saúde, cesta básica, assistência odontológica, restaurante próprio e transporte, além de um salário de 1,1 mil.
    É importante salientar que estamos sediados em Marechal Deodoro, município satélite à Maceió/AL, com altos índices de violência, pobreza, e falta absoluta de oportunidades profissionais.
    Ao final da entrevista perguntei por curiosidade a idade do candidato e fiquei surpreso ao ouvir a resposta: - Tenho 17 anos e completo 18 daqui 4 meses.
    O rapaz não aparentava ser tão jovem, tanto na aparência como também na maneira de se portar no decorrer da entrevista.
    Acho que eu, com largos 30 anos de vida profissional, fiquei muito mais triste e decepcionado ao perceber que, por força da lei, não poderia prosseguir com a contratação, pois a lei é bastante clara: Não posso contratar menor de 18 anos para exercer a função que demande a necessidade da aplicação de força muscular acima de 20 quilos!
    O jovem foi embora com a vitalidade que a juventude o proporciona, e eu fiquei muito entristecido por saber que muito dificilmente lhe surgirá uma oportunidade como esta.
    Qual será o futuro deste jovem?
    Será que neste caso a lei o favoreceu? Será que neste caso o Estatudo da Criança e do Adolescente o protegeu?

  • Marisa Ribeiro

    Marisa Ribeiro

    Oi Adhemar. Eu me pergunto, será que num caso assim a empresa não poderia esperar quatro meses para ter um funcionário que já sabiam que atendia os interesses do empregador e também a contratante estaria exercendo sem os holofotes da mídia um papel vital de cidadania, dando a oportunidade de um jovem trabalhar. São só quatro meses!!! Será que não vale a pena? Quanto tempo vão levar agora selecionando e treinando uma outra pessoa? No final das contas, o tempo de investimento num funcionário novo será quase que o mesmo: cerca de 4 meses.