Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Gilson Valverde
    26/02/2010 21:22

    Boa noite pessoal!

    Acho que estou em uma encrenca danada,
    Em 2004 entrei para uma empresa no qual fiquei no contrato social até 2007 porem quado sai da sociedade fiquei com uma divida altissima, na qual agora esta ajuizada, como devo proceder?
    O que vem a ser ajuizamento de divida?
    Tenho como Provar que eu não era dono e transferir essa divida a quem realmente é até hj proprietario da empresa? ou seja
    entrar com algum tipo de processo, me livrar dessa arapuca em que me metir
    A verdade que estou simplesmente sem saber o que fazer
    agradeço a todos que poderem me ajudar
    grato
  2. leo coster
    28/02/2010 07:44

    E ai...Gilson...
    Paz e Bem...
    conforme seu relato...
    eis umas dicas pra vc...
    ajuizamento da dívida... quer dizer cobrança judicial da dívida no forum...fique tranquilo...procure saber qual o local do forum da cobrança para ter conhecimento do próprio ajuizamento...procure um advogado para se defender por meio da contra ação dos embargos...moleza!!!...
    Inte +...
    Fui...
  3. dany22
    26/10/2011 18:02

    Oi boa tarde meu noivo comprou um terreno em 2007 onde o iptu já estava pago, hoje já tem duas casas construída onde desde 2007 ele não paga o iptu e hoje quando ele foi olhar o iptu estava escrito que esta em ajuizamento, por favor poderia me explicar direito o que significa isso? E não temos condições de pagar um advogado, o que podemos fazer? Vamos ser expulsos da nossa casa ou ainda podemos negocia a divida?

    Desde já agradeço quem poder me ajudar meu e-mail é dias-dany22@hotmail.Com
  4. orlando oliveira de souza_2
    27/10/2011 11:02

    Danny,

    A responsabilidade de pagar o IPTU, SE ELE NÃO ESTIVER PAGO, é de quem adquire com dívidas o imóvel....Ajuizamento, como bem disse o Colega acima(Leo Coster), é, também, quando a Prefeitura tenta cobrar o tributo junto as vias judiciais(abre um processo executivo de cobrança) e após várias tentativas de cobrança contra o adquirente, aquele que comprou ou adquiriu de certa forma o imóvel....Há meios de parcelar o tributo ou entrar em acordo com a Prefeitura sobre o caso , mas quem decide isso é o Procurador ou quem dirige o processo para cobrar, em assim falando, o credor ou a Prefeitura...Enxergo que no seu caso houve aumento do IPTU PORQUE FOI FEITO OBRA NO TERRENO, e isso aumenta o tributo.....Smj.

    Orlando(orlandoosouza.adv@hotmail.com).

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS