Pagamento de empréstimo consignado de pessoa falecida

Meu pai faleceu em dezembro de 2009, fui com minha mãe no banco em que ele tinha conta para pedir o encerramento da conta corrente, pois a conta não era conjunta e o cartão estava extraviado. O atendente nos disse que somente seria possível encerrá-la se fossem pagos os empréstimos consignados que meu pai havia feito junto ao banco. Como necessitávamos muito encerrar a conta, eu mesma fiz uma transferência da minha poupança para pagar tais empréstimos, e assim a conta foi encerrada. Mas, fui informada por uma pessoa que trabalha em banco, que não era necessário fazer o pagamento, uma vez que meu pai havia falecido e há um a lei que trata desse assunto. Gostaria de saber se posso recorrer na justiça contra o banco, pedindo a devolução do valor pago e ainda uma indenização por danos, uma vez que tivemos um péssimo atendimento numa situação de luto e tive que dispor de uma quantia que estava em investimento.

Respostas

0