Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Wanda Gam
    29/06/2010 13:04

    Olá, gostaria de saber se meu sobrinho que tem 3 anos e que perdeu o pai a pouco mais de 1 ano tem direito a receber alguma pensão por parte das tias paternas já que o pai dele em vida montou uma empresa junto com uma das irmãs e os dois registraram a mesma em nome da outra irmã que não trabalha lá, pois os dois tinham restrições no nome na época, então após a morte dele a criança não recebeu nenhum tipo de ajuda por parte das duas tias que continuam com a empresa até o momento, e a criança também não teve direito a pensão pelo INSS pois o pai dele não contribuia.

    O pai dele teve mais 3 filhos além do meu sobrinho, e apenas o filho mais velho que hoje em dia tem 18 anos morava com ele e as tias, após a morte dele as tias continuaram morando com o sobrinho de 18 anos e dando a ele toda a assistência, até ai normal mas e os outros filhos tem algum direito?

    As mães terão se virar para sustentar os filhos sem nenhuma ajuda?
  2. Liaxyz
    01/07/2010 09:54

    Wanda,

    De acordo com a lei e já pacificado no STJ, os parentes colaterais de terceiro grau, ou seja, sem descendência direta, não são obrigados a pagar pensão alimentícia.

    Houve ação nesse sentido julgada procedente no Rio Garnde do Sul e confirmada pelo Tribunal de Justiça de lá, mas foi reformada no STJ pela impossibilidade.

    As tias podem contribuir espontaneamente, como mera liberalidade; mas não por imposição legal.

    ciao, Lia

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS