Respostas

14

  • FJ-Brasil (Morreu)-Fim do Mundo Suspenso

    Depende, caso seja somente indicio de alienação ou tem provas concretas que a outra parte não tem como contestar?

  • FJ-Brasil (Morreu)-Fim do Mundo Suspenso

    o que é provas inquestinonaveis? o que não pode é ficar usando o poder judiciario para picuinhas. juiz nenhum aceita isso...

  • Renata Maria R

    A certidão de bastismo da minha filha, que, no caso, foi batizada sem meu conhecimento, em um dia de visita.
    Não creio que isso seja uma simples picuinha.

  • Renata Maria R

    A certidão de bastismo da minha filha, que, no caso, foi batizada sem meu conhecimento, em um dia de visita.
    Não creio que isso seja uma simples picuinha.

  • Renata Maria R

    A certidão de bastismo da minha filha, que, no caso, foi batizada sem meu conhecimento, em um dia de visita.
    Não creio que isso seja uma simples picuinha.

  • Maria Tereza Adv.

    Voce deve contratar advogado ou defensor publico e entrar com uma acao de alienacao parental, com as provas em maos, a mae podera levar desde um ''puxao de orelha'', ate a perca da guarda.

  • welington marcelão

    1. resende, veja alienação parental é muito mais que isso, o simples batismo não configura alienação parenta.
      Agora se seu filho ou filha, vai passar os finais de semana com o pai, e este fica colocando coisa na cabecinha da criança, tipo: a mamãe nos separou, ela não gosta da gente, vem morar com o papai que vc vai ser bem mais feliz.. olha a mamãe não gosta de você.. ela vai nos separar.. vai levar você para longe de mim.. assim começa a criar na criança um certo receio de você.. ai começa a configurar a alienação parental.. do mesmo modo você também pode alienar a criança.. não vejo no simples batismo a configuração da alienação... pegue seu filho ou filha e faça um novo batismo. assim ela (e) terá dois padrinhos e duas madrinhas.

      welington marcelão
  • FJ-Brasil (Morreu)-Fim do Mundo Suspenso

    welington, vou descordar de vc caro colega. um batismo não é um simples batismo. pois é dever e direito dos genitores decidirem sobre tal momento. a religião é de grande relevancia e importancia nas decisões judiciais. alienação parental não é só detonar com a cabecinha de uma criança, falando coisas horriveis do outro genitor. e sim promover que um dos genitores não participem de momentos importantes na vida dos filhos. conforme o art II - dificultar o exercício da autoridade parental;
    e o art V - omitir deliberadamente a genitor informações pessoais relevantes sobre a criança ou adolescente, inclusive escolares, médicas e alterações de endereço;
    E ainda tem mais direito no ECA.
    Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.
    e muito mais. um bom advogado de direito de familia, coloca esse pai no lugar dele, na frente do juiz. picuinhas a parte.

  • welington marcelão

    FJ, veja que no direito exitem duas correntes.. sob minha optica não vislumbrei no caso em tela alienação parental.. veja como será então se o pai sem o consentimento da mãe. fazer uma festinha de aniversário para a criança?.. estará ele alienando a criança?.. logo essa criança cresce nem vai querer saber sobre batismo. padrinho .. madrinha... antes de ingressar no judiciário o advogado deve tentar a conciliação entre as partes.. e informar ao cliente os risco de um aventura juridica..

    welington marcelão