Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. cris***
    13/06/2011 16:11

    tenho 2 filhos que recebem pensão alimenticia do pai ...A empresa da qual ele trabalha faz o deposito direto em minha conta . Só que há 3 meses atrás a empresa que eu trabalhava ficou de depositar minhas férias , fui no caixa eletronico banco 24 hrs consultei saldo estava um valor de 1 mil reais , era mais ou menos que eu receberia de férias e pagamento de do mes ....
    Passou 2 dias constatei que tinha outro valor em minha conta ...procurei saber se o primeiro valor era da empresa que eu trabalhava a mesma disse que não ...
    Entrei em contato com o pai dos filhos e o mesmo falou na empresa dele sobre esse valor eles disseram desconheçer .
    Esse valor de 1 mil reais ficou em minha conta por 3 dias , gastei e tinha debitos na conta que foram descontados ...
    Depois desses 3 dias a empresa do meu ex marido me liga dizendo que o dinheiro era da empresa pedindo a devolução ...
    Tentei por 5 vezes contato com eles para ver a melhor forma de devolver o dinheiro sempre me deixavam esperando na linha até a ligação cair .....agora já fazem 2 meses que não pagam a pensão dos meus filhos , eu me encontro desempregada sem condições para o sustento deles ..tentei por hoje novamente um acordo , para que seja descontado aos poucos e a empresa se recusa ...
    Sei que houve erro da minha parte e da parte da empresa tb ...
    Mas como devo agir agora se o unico meio de sustento de meus filhos é essa pensão
    a empresa pode realmente se negar a fazer acordo e deixar de pagar a pensão dos filhos por esses meses ? Estou desesperada pq há 2 meses faltam os alimentos dele e não consegui emprego ainda ...me ajudem ....
  2. LALINHA 4
    13/06/2011 16:16

    Usuário suspenso

    Cris, qual o valor que seu marido paga de pensao?
    A empresa depositou um valor erroneamente em sua conta e voce consequentemente usou esse dinheiro.
    Como vc nao devolveu, provavelmente ela estara descontando esse valor ate dar o valor que foi depositado erroneamente.
  3. cris***
    13/06/2011 16:21

    O valor é de 220 reais ...
    Hoje procurei a defensoria publica mas só vara civil esta trabalhando a area da familia só em agosto ...
    Mas eles me informaram que por se tratar da pensão de menores eles não podem descontar nada desse dinheiro , e muito menos sem autorização judicial ....Pq esse esta sendo o unico sustento dos meus filhos nesse momento ....
    Eu já estou bem confusa com tudo , não sei se a empresa esta agindo certo ou errado .....
  4. LALINHA 4
    13/06/2011 17:04

    Usuário suspenso

    Nossa que absurd heim, so em agosto.
    Vc ja tentou conversar com o pai dos seus filhos a respeito disso?
    Quem sabe ele conversa na empresa e eles descontam de uma forma menor.
    Porque se for descontar eles vao efetuar esse desconto durante 5 meses.
    Justamente quando a defensoria volta a trabalhar com processo de familia.
    Voce ja tentou na emprsa de novo?
    Se nao conseguir falar por telefone, va la pessoalmente, fale que voce ja procurou saber na defensoria publica e eles disseram que o que a empresa esta fazendo é errado. Talvez assim eles conversom com voce.E descontam valores menores.
  5. cris***
    13/06/2011 19:07

    Lalinha , já tentei acordo por 4 vezes e eles se recusam ....na quarta feira vou em outra defensoria publica buscar ajuda ....
    O pai das crianças diz que não quer nem saber pq não é problema dele ......
    Obrigada pela ajuda ......

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS