O DIREITO À HERANÇA DO FILHO DE CRIAÇÃO

Bom dia, estou querendo obter algumas informações e gostaria de saber se alguém poderia me ajudar... a situação é a seguinte:

Desde criança fui criado por uma senhora, que na verdade é uma prima bem distante (por parte do meu pai) e sempre mantive contato com a minha mãe e com os demais parentes (exceção do meu pai, q abandonou o lar), mas sempre que me deu toda assistência educacional, afetiva e material necessária ao meu completo desenvolvimento foi essa Sra. Inclusive, atualmente estudo e ela me ajuda financeiramente. Tenho essa senhora como uma mãe para mim (mãe de criação), atualmente tenho 22 anos e ela tem quase 80 anos, e possui apenas um filho legítimo, maior e capaz. Esse é o fato.

Alguém poderia me informar se seria possível, de acordo com a situação apresentada, em uma possível abertura de sucessão, pleitear parte dos bens a serem inventariados, se for o caso?

Respostas

16

  • Lameida

    Lameida

    IvL, você não tem direito a nada como herança. O único herdeiro é o filho dela. Para que você tenha direito a algo, ela terá que deixar em testamento ou lhe fazer uma doação em vida, do contrário você não herdará nada.

    Abraços!

  • GLC

    GLC

    Não, haja vista que o legítimo herdeiro é o filho. Poderá adquirir parte na herança caso ele faça um testamento deixando a parte disponível para ti, ou seja a iniciativa terá que ser dela.

  • IvL

    IvL

    Seria possível ajuizar uma Ação de RECONHECIMENTO DE GUARDA DE FATO...o q me daria esse direito, em caso de uma possível sucessão, ela me criou a vida toda, me dá toda a assitência e inclusive possui desafetos com o filho legítimo.

  • LarissaC

    LarissaC

    IvL

    Para que possa receber algum patrimônio em virtude de falecimento da senhora que lhe criou será necessário que ela faça um testamento em que lhe constitua como legatário, de coisa certa e determinada. Assim esse bem certo e determinado ficará de "fora" da herença a qual terá direito o filho e cônjuge sobrevivo.

  • Maria Tereza Adv.

    Maria Tereza Adv.

    Nao existe essa acao Reconhecimento de guarda de fato, é como os colegas lhe orientaram a unica forma de vc ter direito a algo é ela te doando ou deixando em testamamento, NAO EXISTE OUTRA FORMA.

  • Insula

    Insula Suspenso

    Essa de pleitear guarda de fato é chover no molhado. A justiça teria que analisar os sentimentos da falecida para avaliar se o vínculo era assim tão forte que transformasse a pessoa em filha. A adoção serve para isso. Se passaramse os anos e ela não aotou é porque não queria adotar, oras bolas!!

    Se em todos esses anos essa senhora nunca a viu como uma filha ombreando-se com seu filho legítimo sua herança, não tem juiz que irá dividir os bens de uma pessoa com alguém que lhe mal tinha laços ascendentes.

    Para garantir direitos sucessórios seria preciso a adoção de fato e de direito, tudo preto no branco.

    Já imaginou se toda pessoa que resolva ajudar uma outra, só por acolhê-la em casa, financiar seus estudos, será obrigada a perfilhar a outra?? Ninguém vai ajudar o próximo!!

    Lamento IvL, mas guarda de fato não é adoção de fato. Pior ainda se alegar
    " possui desafetos com o filho legítimo", o que juiz nenhum vai considerar, pior, poderá até considerar que a pleiteante conquistou o desafeto do herdeiro legítimo justamente por julgar-se dona de parte dos bens de uma pessoa que ainda sequer morreu - querer ser herdeiro antes do falecimento do dono do bem é totalmente ridículo pois não existe herança a se requisitar, pois o dono do bem pode aliená-lo (vender e queimar o dinheiro da venda), existindo apenas a presunção de herança.

  • Viviani Carolina

    Viviani Carolina

    Boa noite,
    Fui criada pela minha bisavo, desde 1 ano de idade, sempre morei na casa onde atualmente estou, minha bisavo faleceu a 3 anos, e agora os herdeiros estão vendendo a casa. Tenho algum direito sobre a casa? Se não tiver direito algum, quanto tempo tenho de prazo para deixar a casa após vendida?
    Obs.: minha bisavo tinha minha guarda provisória, pois minha mãe sempre morou em outra cidade

  • Osvaldo Sergipe

    Osvaldo Sergipe

    Viviane
    A guarda nao lhe da direitos sucessorios, por isso vc nao tem direito a herança. O prazo para vc sair dependera muito do novo proprietario, podendo ser desde imediato ate 30 dias.

  • Leandrinho

    Leandrinho

    Bom dia, minha já falecida mãe era filha de criação a mãe biológica dela deu ela e o irmão dela de sangue quando ainda eram crianças foram criados pelos meus avós de criação, o meu avô já é falecido e minha avó já esta nos seus 90 anos. Os filhos estão fazendo o tal do inventario e deixaram a gente de fora. Gostaria de saber se minha mãe estando viva teria direito e se a gente tem direito de receber por ela o direito se é que ela tem algum? Lembrando que eles deram ao meu tio irmão de sangue da minha mãe uma parte da herança.

  • Maria Tereza Adv.

    Maria Tereza Adv.

    Voce tem direito a herança da pessoa que consta em sua certidao de nascimento. Mas qualquer pessoa pode deixar em testamento metade de sua parte disponivel.