Sem condições de pagar confissão de divida

Sou contabilista, por motivo de doenças a 01 ano não estou exercendo a atividade. Mas, tenho uma divida com um cliente pelo não pagamento dos impostos do mesmo, sendo que o dinheiro foi passado para o escritório. Eu, fechei o escritório por isto, e a doença veio em decorrência dos problemas que descobri posteriomente. Por caráter assumi a resposanbilidade dos atos, e perante o advogado do credor assinei uma confissão de divida, ocorre que com o fechamento do escritório os grandes clientes se foram e os pequenos mudaram por falha da minha estrutura que ficou prejudicada. Assim, não tive e nem tenho mais condições de pagar o valor acordado e atrasei por um bom tempo as parcelas acordada. Agora, ele entrou na justiça, a qual me cobra a divida assumida. Não tenho como pagar, estou desempregado, vivo de bicos e ainda doente, nem posso, ficar pelo INSS, pois alegam que para o meu problema "pscológico" o prazo de auxilio é só 60 dias. O que fazer. Se não posso pagar um advogado para me auxiliar nesta questão, posso ser preso por desacatar uma ordem judicial?

Respostas

0