Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Osvaldo Sergipe
    29/12/2011 23:29

    Neguei a minha filha de fazer faculdade em lugar caro onde eu nao teria condicoes de pagar, ofereci em outras cidades e na cidade onde eu moro mas ela nao quiz, pois queria ir para a cidade do namorado. Na verdade nao quer estudar realmente, pois se quisesse qualquer lugar servia.
    Pois bem, ela me mandou um email ontem dizendo que ira morar com o namorado e que o mesmo ira banca-la em todas as despesas, inclusive na mensalidade da faculdade (o pai dele é medico e tem dinheiro). Ela tem 17 anos, ira completar 18 em maio.
    Isso que ela ira viver com ele é uniao estavel certo???
    Sendo assim, posso pedir a exoneracao da pensao paga a ela??
    Mesmo menor de idade posso pedir a exoneracao, ou tem que esperar ela completar a maioridade??
  2. Marloz Machado
    30/12/2011 04:00

    Bom a união estável necessita ou de contrato ou de comprovação judicial.
    A união estável não se concretiza de imediato, necessita tempo (5 anos), fim de constituir família, morar sobre o mesmo teto, isto só ocorrerá depois dela ter completado 18 anos.
    Vale gizar que a pensão não é devida só até os 18 anos, STJ (ou STF não lembro) negou o pedido de pensão para uma mulher que queria receber até terminar o mestrado, o STJ (ou STF não lembro) firmou que no caso em tela não haveria necessidade (possibilidade) da pensão, e que isso não a impediria de trabalhar (se fosse comprovado que só com a faculdade ela não conseguiria emprego, e que os pais tem a possibilidade, poderia ter concedido a pensão)
  3. Maria Tereza Adv.
    30/12/2011 19:35

    Marloz
    A uniao estavel so é efetivada apos 5 anos????
  4. Marloz Machado
    30/12/2011 19:46 | editado

    não necessariamente, depende de caso para caso
    o que a lei reza é

    Art. 1.723. É reconhecida como entidade familiar a união estável entre o homem e a mulher, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família

    A regra geral é que demora tempo para se concretizar 3,4 ou 5 anos

    Alguns exigem o morar sobre o mesmo teto, mas, temos decisões de forma contrária.

    Como também bem sabemos já se possibilita a união de homem com homem e mulher com mulher o que é contra a lei (NÃO NO SENTIDO DE NÃO PODER, MAS SIM DE IR CONTRA A TAXATIVIDADE NORMATIVA).

    Como deixo claro, depende do caso.
    Se ambos querem união estável ela pode se concretizar em um dia, só ir no cartório e fazer um contrato de união estável.
  5. Insula Ylhensi
    31/12/2011 01:38

    Usuário suspenso

    Acho que a pensão será devida até os 18, mesmo não estudando.

    Assim que ela completar os 18 e vc puder provar que ela vive em união estável com o companheiro, entre com pedido de exoneração.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS