Exercer uma função mas ser registrado com outra.Cabe processo?

Ola,trabalhei durante um ano em uma empresa,onde fui contratado para a função de Operador de Máquina Injetora,porém,com menos de um mês de empresa,realizava constantemente as atividades inerentes ao cargo de Trocador de Molde (onde o salario é maior),por fim,o funcionário que era o Trocador de Molde acabou se afastando da empresa por mais de 4 meses e nesse período eu assumi as atividades dele,mesmo sendo registrado como Operador de Máquinas.Depois do período de afastamento,quando o funcionário retornou,fiquei dividindo as atividades com ele. Quando estava com cerca de 9 meses de empresa,fui promovido a Operador Multifuncional,onde se entenda que os proventos dessa função ainda sim eram menores que o de Trocador de Molde,porém nunca exercia outra atividade a não ser a de Trocador de Molde. Quando houve uma reformulação na politica da empresa,fomos comunicados que a função de Trocador de Molde,deixaria de existir na empresa,e nessa reformulação acabei sendo demitido,mesmo sem entender já que não era registrado como tal. Gostaria de saber se cabe processo para receber o salario referente a função que realmente exercia. Espero que tenha me feito entender. Desde já agradeço a atenção e me coloco a disposição para eventuais esclarecimentos.

Respostas

6