Qual tempo máximo pode chegar um processo trabalhista?

Em um processo trabalhista que está a 5 anos em julgamento onde foi apresentado cálculos e a parte Rda concorda com cálculos e o advogado da parte Rte não concorda impugnando os cálculos (e nem sequer quando entrado em contato e perguntado uma variável de valor o mesmo só sabe dizer que não sabe quanto o valor aproximado q somente o contador tem posse dessa informação)e a parte apresenta novos cálculos,onde a parte Rda então impugna os cálculos ,o que acontece agora, essa impugnação vai ficar igual a partida de ping pong um joga pra lá outro pra cá agradeço quem me responder pq o advogado contratado para cuidar do processo e responder tais perguntas não as responde...(sei que ainda vai levar muito tempo já ate me conformei ,mas se poderem me dar uma estimativa de quanto tempo no máximo se obtiverem é claro essa informação agradeço )

Respostas

72

  • pc santos

    Obrigada DrªJulianna Caroline
    Ta bom daqui a 15 anos,já terei dinheiro para a cadeira de rodas,aparelho para surdez e entre outras coisas que agora não me recordo...rsrsrsrs

  • Julianna Caroline

    kkkkkkkkkkkk
    não perca as esperanças.....
    Falando sério agora, cabe a sua representante cobrar o andamento.
    Boa sorte**

    PS: Não esqueça das fraldas geriátricas....rsrsrsrs

  • pc santos

    Olá Drª Julianna Caroline então ontem saiu isso no meu processo,descontando a % do Advogado e a parte da Receita acho q sobra para o aparelho de surdez ,as fraldas geriatricas e a cadeira de rodas...Me diga por gentileza é desse valor bruto q é pago a porcentagem do advogado e descontado o IR e por favor não me diga" pergunte ao seu Advogado"...E se ainda pode levar aqueles suaves 20 anos..Mais uma vez Obrigada...

    16/05/2012

    Vara

    DECISÃO / DESPACHO
    Despacho: Vistos etc. Acolho a conta apresentada pela executada, cujo resumo se encontra à fl. 1003, para que produza seus efeitos jurídicos e legais. Julgo líquida por sentença a obrigação contida no título executivo e fixo a condenação em R$92.496,83 (valor bruto ao reclamante), atualizada até 01/01/2012, sem prejuízo de oportuna atualização. Cite-se. Em 15/05/2012. MARIA TERESA VIEIRA DA SILVA OLIVEIRA Juíza do Trabalho

  • Julianna Caroline

    kkkkkkk vamos lá:

    Esse é o valor que vc tem que receber.
    Só que era esse até o dia 1/1/2012.
    Como ja passou 5 meses, será feito a atualização do valor para a data atual.
    O tal recálculo....
    Sobre o imposto de renda sobre valores de indenização trabalhista, parece-me se não estou enganada, não deve ser cobrado do empregado que receber a indenização, e se for, pode pedir restituição. Parece que existe um limite de valor para isenção, não sei ao certo pois não é minha area.

    Veja este vídeo se o ajuda http://noticias.r7.com/economia/noticias/recebi-indenizacao-trabalhista-e-juiz-mandou-recolher-ir-terei-restituicao-20110416.html

    Enfim, os honorários combinados com sua advogada serão pagos do valor bruto, sim.
    Salvo disposição contrária e contrato de honorários.
    E não vai levar 20 anos não, amigo!!
    Meu sogro estava com um problema trabalhista, correndo desde 2008.
    Em Janeiro foi pro recálculo, e semana passada ele recebeu.
    Então entre o recalculo e o recebimento, foram 4 meses.
    Mas tudo depende, né!! Principalmente do volume de processos da Vara Trabalhista em que corre o seu, por exemplo.
    Quanto ao IR, me sogro não pagou, não foi retido não.
    Mas não entendo dessa parte tributária....
    Espero ter ajudado pelo menos um pouco!!
    Ah, e qdo receber a fortuna, não gaste tudo em adesivo de dentadura, hein!
    Boa sorte**

  • pc santos

    Muito Obrigada DrªJulianna Caroline não vou gastar tudo em adesivo de dentadura não(por enquanto)..rsrsrsrs......Esse dinheiro já tem destino certo a quitação de um emprestimo q consome 40% do meu salario descontado em folha e o restante investir no bem estar de minha esposa ,filho e filha ....Sei q não é muito mas só em me livrar desse tal emprestimo já vai me deixar dormir em paz ....e já aprendi a lição emprestimos nunca mais....Assim q sair mais novidades eu coloco aqui ...Mais uma vez muito Obrigada.....(Agradeço por não dizer a palavra magica"Pergunte para seu Advogado")Pesquisei na internet tbm e descobri q ação trabalhista realmente não é descontado imposto de renda)
    "O pagamento de indenização por rompimento de vínculo funcional ou trabalhista é isento, estando previsto no artigo 6º, V, da Lei 7.713/88v"

  • pc santos

    Então DRª Julianna Caroline saiu essa nova atualização no meu processo,e acredite perguntei ao meu Advogado e ele me deu a certeza que a Empresa tem15 dias para pagar o valor devido e que vai ser descontado o IPR pois meu processo é antigo ..Agora é só aguardar pelo jeito...Mais novidades eu posto aqui
    Só mais uma coisa a sr ªpoderia me dizer só por curiosidade porque o Advogado pelo menos o meu não gosta de dizer o valor pois perguntei a ele e ele disse que não sabia,se são todos assim meio esquisitos..rsrsrs
    Vou ter q fazer uma aplicação para os gastos geriátricos do meu futuro,já que não vou poder contar com esta causa daqui a algus anos....

    “ 29/05/2012 Vara PETIÇÃO PROTOCOLADA
    Tipo: 200 DEPÓSITO RECURSAL - requerimento
    Parte: RDA
    Observação: REQUER LIBERAÇÃO DE DEPÓSITO RECURSAL”


    Mais uma vez muito obrigada...

  • Leandro Sanches

    Sossega garoto fica tranquilo!! A empresa ainda pode recorrer dessa sentença filho.
    [...] o seu processo com essa grana toda vai rolar mais una três anos.

  • Julianna Caroline

    Na questão de dizer os valores, acho que isso é coisa de advogado trabalhista, porque a advogada do meu sogro tbm não dizia, sempre embromava, até que eu liguei na Vara do Trabalho onde corria e perguntei, simples assim.
    Se teu advogado fala fala mas não diz nada, liga lá e diga que é parte do processo e quer saber valores e andamento.
    Quanto ao prazo, sempre soube que era 30 dias da publicação da sentença, mas se teu advogado disse 15......
    Nesse mevimento aí diz que a requerida fez uma petição de liberação de depósito recursal.
    O Depósito recursal ou judicial trabalhista é uma obrigação que o empregador tem quando deseja recorrer de uma decisão judicial definitiva dos respectivos órgãos jurisdicionais, quando das reclamatórias trabalhistas.
    Os recursos contra as decisões definitivas das Varas de Trabalho (sentenças) e dos Tribunais Regionais do Trabalho (acórdãos) estão previstos nos arts. 895 e 896 da CLT. O depósito recursal está previsto no art. 899 da CLT.
    O depósito recursal somente é exigível nas obrigações em pecúnia, ou seja, quando há a condenação da empresa para pagamento de valores. Tem por finalidade garantir a execução da sentença e o pagamento da condenação.
    Se a condenação é inferior ao depósito recursal, a empresa pode sacar a diferença, o restante será pago ao requerente que venceu o litigio.
    No meu entendimento, que é pouco pois não milito nessa área, eles foram condenados e realmente falta pouco pra vc receber.
    Se seu advogado disse, é porque já se foram as intâncias de recurso possíveis, ou mesmo pode ter ocorrido o decurso de prazo e eles perderam a chance de recorrer.
    Agora, cabe a vc esperar a data limite informada pelo seu defensor, ou mesmo bater um fio lá na Vara que corre seu processo e perguntar pro atendente qual a data limite pra vc receber e qual é o valor da execução.
    Boa sorte**