Boa noite,

quando passei em um concurso público do município, tíve que abrir uma conta em um determinado banco para que o vencimento fosse depositado mensalmente. Quando fui na agência resolver o atraso no envio de meu cartão de débito, visto que o mesmo não tinha entregue, e a gerente, diga-se de passagem que não está mais na empresa bancária, me informou que deveria fazer o pedido de outro cartão. Porém esse cartão seria nas funções débito e crédito. Também informou que deveria fazer o seguro do cartão, que não seria cobrado se não fosse desbloqueada a função crédito. Essa função só seria desbloqueada se eu fizesse alguma compra nesta função. Nunca fiz compras nesse cartão, a não ser no débito. Apesar disto, começaram a chegar faturas do cartão, cobrando o seguro e a taxa de administração. Fiz a reclamação e me responderam dizendo que a gerente que fez o cartão estava enganada e que teria que pagar o valor da fatura, que a esta altura já estava bem alta. Com o tempo o banco começou a debitar o pagamento mínimo da fatura em minha conta. Depois de muito tempo, esses dias, resolveram estornar o valor após muita reclamação. Só que meu pedido foi o ressarcimento do valor com juros e correção. Esta solicitação minha está certa? Cabe pedido de de indenização ou danos, principalmente porque fiquei em alguns meses com o orçamento apertado?

Respostas

0

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região