Respostas

42

  • Ingrid Schroeder Scheffel

    Ingrid Schroeder Scheffel

    Snia,
    Através de uma ação de obrigacional no juizado especial cível. Se algo acontecer durante o curso da ação, você já estará resguardada.

  • slpj

    slpj

    sNIA

    Se você esteve no cartório, preencheu o recibo de compra e venda (CRV) no nome dele, reconheceu firma de ambos no mesmo, é só fazer a comunicação de venda no Detran ou em qualquer posto de vistoria em sua cidade, a partir da data do recibo, toda responsabilidade passará a ser do comprador, você receberá um documento especificando todo o serviço.

  • José Abrantes

    José Abrantes

    As multas e o IPVA serão lançadas no nome de quem o veículo está registrado. Se o comprador ainda não passou para o nome dele, então as multas e o IPVA irão para o nome do vendedor, o antigo dono. A Secretaria da Fazenda e as procuradorias municipais vão cobrar sem dó e piedade do vendedor e antigo dono, independente de bloqueio ou notificação ao Detran. Se o vendedor e antigo dono entrar na justiça com a ação de obrigação de fazer, o juiz poderá determinar que o comprador passe o carro para o nome dele, mas isso não é garantia, pois tem muita gente que não está nem aí com que juiz e delegado manda. Só quem passou por isso é que sabe o quão estúpida é a coisa toda, pois o vendedor só toma na cabeça e ainda acaba tendo o nome lançado na dívida ativa. O governo só quer receber, não interessa de quem e como, mas alguém tem que pagar.

  • Ingrid Schroeder Scheffel

    Ingrid Schroeder Scheffel

    Olá

    Seu comentário é perfeito, quem sou eu para contrariá-lo. Somente um adendo: o cumprimento da decisão judical poderá ocorrer na forma de "obrigação de dar" (ordem direta do juiz para o detran tranferir o carro para o comprador) e não por "obrigação de fazer" (ordem para o comprador tranferir o carro para seu nome junto ao detran). Mas para isto ocorrer deve o advogado pedir de forma adequada.

  • José Abrantes

    José Abrantes

    Olá, Ingrid Schoroeder Scheffel

    Obrigado pela elucidação deste adendo da obrigação judicial. Neste aspecto, meu comentário se baseou em outros postados com esta informação, que agora será melhorada graças à você. Inclusive vou até pesquisar mais sobre o assunto. Quanto as outras informações que comentei, eu passei por isso, mas você tem toda a liberdade de contrariá-lo, bastando argumentar objetivamente sobre o assunto para que possamos ter um bom diálogo.

  • BrancaD

    BrancaD

    snia boa noite.

    Algo que vc pode fazer para sua segurança é ir até o detran e bloquear o carro, visto que vc ja assinou a transferência e o comprador não fez a parte que lhe cabia.

    Este bloqueio serve para além de não vir mais nenhuma multa para vc, se por acaso o comprador sofrer algum acidente ou coisa assim, vc não será responsabilizada por nada em momento algum.

    ah, mais um detalhe, o bloqueio no detran é na hora, e se a policia parar ele, leva o carro dele, fora a multinha basica...

    Não precisa de processos nada, no detran resolve tudo rapidinho.

    Branca