Avôs Proibidos de ver Neto! Isso Pode?!!!

Tenho um filho recém nascido de 3 meses e por diferenças familiares acordamos que nem uma das parte frequentaria minha casa afim de evitar brigas. Acontece que volta e meia os Avós Maternos vão até a recepção do meu prédio para visitar meu filho, algo que eu nunca proibi.

Já minha mãe visitou meu filho apenas na maternidade e desde então, para evitar confusões e escandalos e para garantir a saúde e paz do mesmo, só o conhece através de fotos, sacrificando assim seu direito de visitar o próprio neto.

Agora por mais uma diferença familiar os Avós Maternos decidiram não mais vir até meu prédio e consequentemente não visitarão seu neto, e minha esposa em retaliação decidiu PROIBIR minha mãe e/ou qualquer um da minha família de ver meu filho!!!

Ela alega estar em seu direito de mãe, e que em seu filho só encosta quem ela quisser, e que em contra partida ela poderia levar meu filho para casa de seus pais (avós maternos) quando ela bem entendesse já que os mesmos não viriam mais até lá!

Sim, ela pode fazer tudo isso desde que não proiba aos Avós Paternos os mesmos direitos

Gostaria de saber se minha esposa na qualidade de Mãe pode proibir os Avós Paternos de visitarem seu neto? Quais são os direitos do Pai e Avós nessa situação?

Agradeço desde já a todos.

Respostas

26

  • CASilva

    A proibição da sua esposa é infundada. Ela teria este direito somente se a guarda da criança fosse somente dela, mas como a guarda é de ambos a proibição dela é ilegal.

  • Insula Ylhensi Suspenso

    Se vc vive com a mãe de seu filho, vcs dois tem de se entender. Com certeza ela é zelosa ao extremo, cuidados quanto a quem pega a criança são compreensíveis, mas ela querer diferenciar os avós de um lado com o do outro, é, ao meu ver, exagero.

    Se v é o companheiro dela e pai da criança precisa entrar num entendimento com sua companheira para que ambos vivam em paz, e isso significa respeitar os direitos da criança em cultivar seus familiares (principlamnete os ascendentes) de ambos os lados.

    Tudo é diálogo, e não birra.

  • Cristina SP Original - No FAKE

    A criança tem direito de convivência com ambos os familiares, tanto maternos, quanto paternos, inclusive hoje já há leis que garatem o direito de visitação em face dos avós.

    Mas o diálogo é o melhor caminho sempre.

  • Julianna Caroline

    Tem muita gente que só cresceu fisicamente.....
    Infelizmente, tem muita cça presa em corpo de adulto.
    Sua esposa precisa de uma análise, para crescer e para de achar que na vida de adulto ganha-se fazendo birra.

  • Insula Ylhensi Suspenso

    A moça tá igual criança que não quer emprestar a boneca.

    Ela deve pensar que ainda tem 5 anos!!!!

    Como diria minha mãe: criança não faz criança, só se for retardada!!!

  • Brasil

    CA Silva,
    Insula Ylhensi,
    Cristina SP Original - No FAKE,
    Julianna Caroline,

    Antes de tudo agradeço a todas a compreenção e atenção dispensada para meu problema.

    Resumindo, já tentei muitas vezes o diálogo, mas ela sempre se mostrou irredutível e intolerante ao ponto de ameaçar a chamar a polícia para tal caso!
    É exatamente esse o motivo pelo qual venho pedir auxilio a vocês aqui do forum. Minha mãe já não vem até meu filho (seu neto) justamente para livrá-lo dessa situação horrível, e eu me sinto muito mal por isso, pois minha mãe é uma mulher guerreira, criou eu e minha irmã com muitas dificuldades e agora não tem o direito de ver seu neto!!! Isso é demais!
    Não quero partir para brutalidade, sei que agindo assim vou perder minha razão e meu filho pode crescer achando que sou um péssimo pai. Dessa forma pesso um auxílio, um passo-a-passo de como, judicialmente, comsigo um documento, uma autorização por escrito, uma ordem, o que for, para esfregar em sua cara, e para ela cumpra a lei sem dizer um piu! Pois quero que meu filho cresça em um ambiente tranquilo e saudável.

    Se ajudar sei que ela, agindo assim, está infringindo:
    - Art. 226 da Constituição Federal
    - Arts. 16, inciso V, 19 e 25 do ECA

    Eu e meu Filho agradecemos desde já a ajuda de todos!

    Abraço!

  • Insula Ylhensi Suspenso

    Brasil, se vc não quer criar um estress com sua mulher, aconselhe sua mãe a entrar na justiça. Os avós tem direito a visita.

    Quero ver ela dizer que não acata ordem do juiz!!! A não ser que queira passar uma temporada na cadeia!!

  • Insula Ylhensi Suspenso

    É, tmb é valida a recomendação do Vanderlei.

    O amigo consulente pode dizer a mãe que sua esposa está com depressão pós parto, por isso está extremamente ciosa com o bebê, que seria melhor dar tempo ao tempo.

    Após isto, sim, se for o caso a avó paterna recorra a justiça se for o caso para tanto.

  • Maria Stephany

    Estou passando pelo mesmo problema que você!
    minha filha tem 1 ano e 7 meses e minha família ainda não a conhece! só a família do pai mesmo assim tem muito pouco contato.
    É muito triste eu já recebi ameaças de morte se for embora com a minha filha, e meus familiares também, não fui embora para a cidade da minha família por medo, por que infelizmente se eu for depender da justiça minha filha fica órfã!
    ele disse que vai receber minha mãe no fim deste mês esse é o ultimo prazo que dou a ele antes que ela entre na justiça...
    Pense bem o que vai fazer é muito triste você ver seu filho crescendo isolado do mundo!
    BOA SORTE!