PPP DE EMPRESA FALIDA

VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA perguntou Sexta, 29 de junho de 2012, 16h31min

Boa tarde,

Preciso de ajuda para meu sogro, para ele conseguir dar entrada na aposentadoria por tempo de trabalho precisa do PPP de uma empresa que ele trabalhou, mas que a mesma faliu. Existe uma maneira de ele conseguir esse PPP, um colega me disse que acha que se ele procurar o distribuidor do Fórum da cidade com o nome e o CNPJ da empresa que ele consegue nome, endereço e telefone do síndico responsável pela massa falida e que o mesmo é obrigado a fornecer o PPP gratuitamente. Alguém pode me confirmar se essa informação é verdadeira? Se o caminho é mesmo esse?

Respostas

9

  • VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    Preciso de ajuda para meu sogro, para ele conseguir dar entrada na aposentadoria por tempo de trabalho precisa do PPP de uma empresa que ele trabalhou, mas que a mesma faliu. Existe uma maneira de ele conseguir esse PPP, um colega me disse que acha que se ele procurar o distribuidor do Fórum da cidade com o nome e o CNPJ da empresa que ele consegue nome, endereço e telefone do síndico responsável pela massa falida e que o mesmo é obrigado a fornecer o PPP gratuitamente.
    Alguém pode me confirmar se essa informação é verdadeira? Se o caminho é mesmo esse?

  • Avlasor

    Avlasor

    Sim, esta informação procede. Podes também tentar investigar no antigo endereço. Se não conseguires vá até o forum e faça uma consulta em nome da empresa e se aparecer movimentação de processo de falência, veja qual o cartório (vara) e lá eles te darão o telefone do síndico (advogado). Esse terá de ter a documentação para a confecção do PPP. Se Ele não tiver, terá de te informar c/ quem e aonde está. O Síncido da Massa Falida é quem pode assinar p/ Empresa o PPP.
    Espero ter te ajudado.

  • VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    Ele foi atrás e a empresa não faliu consta na junta comercial que ela fechou não existe mais, mas não entrou com o pedido de falência, e o pessoal da junta disse não constar nenhum dado da empresa nem telefone, nem endereço e que eles não poderiam ajudar. Uma outra ele conseguiu o telefone e endereço mas funcionaria não quer disponibilizar nenhum dado e não fez nada para ajudar, disse que o dono da empresa não vai lá e que ali fica um escritório apenas para administrar os bens da família, ou seja dispensou meu sogro e disse que não pode fazer nada por ele.
    Infelizmente por não saber mais o que fazer nem se tem uma outra foma de conseguir esse PPP, meu sogro não poderá se aposentar terá que trabalhar mais alguns anos para fechar o tempo que precisa.
    Se alguém puder me dizer se existe advogado que possa cuidar disso, tipo ir na empresa para tentar conseguir esse PPP ou um outro meio por favor me ajudem.

    Grato

  • VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    Ele foi atrás e a empresa não faliu consta na junta comercial que ela fechou não existe mais, mas não entrou com o pedido de falência, e o pessoal da junta disse não constar nenhum dado da empresa nem telefone, nem endereço e que eles não poderiam ajudar. Uma outra ele conseguiu o telefone e endereço mas funcionaria não quer disponibilizar nenhum dado e não fez nada para ajudar, disse que o dono da empresa não vai lá e que ali fica um escritório apenas para administrar os bens da família, ou seja dispensou meu sogro e disse que não pode fazer nada por ele.
    Infelizmente por não saber mais o que fazer nem se tem uma outra foma de conseguir esse PPP, meu sogro não poderá se aposentar terá que trabalhar mais alguns anos para fechar o tempo que precisa.
    Se alguém puder me dizer se existe advogado que possa cuidar disso, tipo ir na empresa para tentar conseguir esse PPP ou um outro meio por favor me ajudem.

    Grato

  • VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    VANILDO ANTONIO DE OLIVEIRA

    Ele foi atrás e a empresa não faliu consta na junta comercial que ela fechou não existe mais, mas não entrou com o pedido de falência, e o pessoal da junta disse não constar nenhum dado da empresa nem telefone, nem endereço e que eles não poderiam ajudar. Uma outra ele conseguiu o telefone e endereço mas funcionaria não quer disponibilizar nenhum dado e não fez nada para ajudar, disse que o dono da empresa não vai lá e que ali fica um escritório apenas para administrar os bens da família, ou seja dispensou meu sogro e disse que não pode fazer nada por ele.
    Infelizmente por não saber mais o que fazer nem se tem uma outra foma de conseguir esse PPP, meu sogro não poderá se aposentar terá que trabalhar mais alguns anos para fechar o tempo que precisa.
    Se alguém puder me dizer se existe advogado que possa cuidar disso, tipo ir na empresa para tentar conseguir esse PPP ou um outro meio por favor me ajudem.

    Grato

  • Flavia M Lopes

    Flavia M Lopes

    Constitua um advogado de sua confiança, e informe todos os dados possiveis, o advogado entra com uma ação de apresentação de documentos e a pessoa e obrigada a entregar os documentos. Mas , consulte um advogado.

  • Reeh Albino

    Reeh Albino

    Boa tarde Vanildo.
    Trabalho com direitos previdenciários e encontro muitos problemas deste tipo aqui no escritório. Mas o melhor que você pode estar fazendo é constituindo um advogado que fará isso por seu sogro.
    Querendo, fica aqui nossos contatos


    Schettini e Lacerda Assessoria Ltda.
    assessoriaschettini@hotmail.com
    http://schettiniassessoria.com.br
    (11) 2567-7546 Fax (11) 2566-6195

  • Roserval Aguiar Gonçalves

    Roserval Aguiar Gonçalves

    Caro amigo.
    Se o período em questão foi anterior a 28/04/1995 e a profissão se enquadrar nos anexos, existe SIM outra possibilidade. Vá até o sindicato da classe, onde a rescisão do contrato foi homologada, tendo em mãos as xerox do Cnis, carteira de trabalho ( identificação e vínculo) e o Pis. Diga que trata-se de empresa completamente extinta, e peça a confecção do PPP para este vínculo. De acordo com INSTRUÇÃO NORMATIVA INSS , existe a possibilidade do INSS aceitar o PPP do sindicato em caso de empresa totalmente extinta. Se o INSS não aceitar é só entrar na justiça federal, depois de esgotar os procedimentos em fase recursal.

    R.A.G Consultoria.