Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Alessandro Rio
    04/07/2012 09:24

    Bom dia,

    Fui autuado por recusar-me a fazer o teste do bafômetro. No autuação, foi colocada a seguinte frase " o condutor informou que consumiu bebeida alcoolica 5 horas atrás" - não colocou quantidade.

    Gostaria de saber se há possibilidade de eu conseguir não perder os pontos n não pagar a multa.

    Como desenvolver minha defesa a partir desses dados?


    Obrigado
  2. Pádua Recursos
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    04/07/2012 14:38 | editado

    Alessandro,

    Quando o condutor se recusa a fazer o teste do bafômetro ou outro previsto em lei, o Agente de Trânsito deverá preencher um Termo de Constatação de Embriaguez, nos termos da resolução CONTRAN nº 206/2006.

    A falta desse documento enseja ao cancelamento da autuação.

    Faça também uma análise no auto de infração em busca de erros ou omissões em seu preenchimento.

    Atenciosamente,

    Pádua

    e-mail: recurso.de.multa@hotmail.com
  3. Alessandro Rio
    04/07/2012 19:06

    Pádua,

    obrigado pela resposta.

    o auto de infração me parece estar correto, sem erros ou omissões (aos olhos de um leigo).
    Recebi um outro documento que consta o nome do teste, o número do aparelho que faria o teste e os valores alcool que dariam..como nAo fiz, naó acusou nada..e também nao assinei nada.

    Ainda assim, minha dúvida é quanto ao texto "colocado pelo agente se poderá me complicar, ou se perde-se o sentido/ valor já que náo consta quantidade.
  4. Insula Ylhensi
    04/07/2012 23:51

    Usuário suspenso

    Nem todo condutor informa a quantidade, apenas que bebeu, justamente para evitar maior complicação. Assim, o fato de não constar a quantidade bebida pelo condutor não representa irregularidade no preenchimento ou nulidade do Termo.
  5. Fernando Siga Recursos
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    05/07/2012 06:26

    Alessandro!

    As informações declinadas pelos colegas Pádua e Insula estão corretas. Atente-se ao Termo.

    Guarde o cupom do etilômetro, pois poderá ser útil futuramente.

    Solicite uma cópia do Termo de Constatação, documento que deverá ser utilizado junto ao órgão autuador, caso ainda não tenha uma cópia. Nesse documento, consta algumas informações primordiais quanto ao seu estado físico naquele dia.

    Atenciosamente,

    Fernando

    www.sigarecursos.com.br

    e-mail: recursodemultasp@hotmail.com


    .
  6. Elias Zarif
    27/02/2014 06:04

    Oi amigos, percebo que o procedimento policial muda conforme a localidade em que se faz a blitz. Em grandes capitais a coisa me parece mais descomplicada sem a condução do motorista à DP, mesmo nos casos de recusa do exame. No interior a maioria dos casos são encaminhados ao Delegado de plantão para o arbitramento de fiança e etc.

    Gostaria de saber se há algum procedimento padrão dos agentes de trânsito variável conforme a dosagem de alcoolemia aferida, ou mesmo a recusa do teste. Em quais casos o motorista costuma ser conduzido à DP e paga fiança e em quais casos é liberado na própria blitz?

    Abraços!
  7. Mateus Bean
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    10/04/2014 16:30

    olá,fui na PRF pegar cópia dos documentos(auto de infração e termo) e o agente me disse que não foi feito termo de constatação de embriaguez porque em caso de recusa não é necessário.pergunto se é verdade pois se não tem termo como é possível constatar que havia sinais de embriaguez?
  8. Fernando Siga Recursos
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    11/04/2014 12:23

    Mateus!

    Sim, procede a informação.

    Atenciosamente,

    Fernando

    site: www.sigarecursos.com.br

    e-mail: recursodemultasp@hotmail.com

    Face: https://www.facebook.com/equipesigarecursos


    .

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS