Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Márcinha Desenhista
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    22/08/2012 16:23

    EU E MINHA FILHA MAIS NOVA,ENCONTRAMOS NA RUA, EM FRENTE A ESCOLA ONDE ELA ESTUDA PROXIMO DE CASA,UM APARELHO DE CELULAR,QUAL ESTAVA SEM BATERIA,SEM CHIP E SEM CARTÃO DE MEMORIA. PERGUNTEI PARA OS FUNCIONARIOS DA ESCOLA,SE POR ACASO ALGUÉM TERIA PERDIDO UM CELULAR,TODOS DISSERAM QUE NÃO,MAS QUE PODERIA SER DE ALGUM ALUNO E QUE EU FICASSE COM O APARELHO ATE ALGUM ALUNO OU MÃE SE MANIFESTAR. ATE A PRESENTE DATA,NINGUÉM MANISFESTOU. ENTÃO,COMO NÃO APARECEU O DONO DO APARELHO,EU ESTAVA O USANDO ATE QUE EU ENCONTRASSE O DONO.
    BEM! ONTEM A MINHA FILHA DE 13 ANOS FOI PARA A ESCOLA E CHEGANDO LÁ COMEÇOU A SER ACUSADA POR COLEGAS DA ESCOLA ONDE ESTUDA ATUALMENTE, DE TER "FURTADO" O CELULAR DA COLEGA DE CLASSE DE AULA. A SUPOSTA DONA DO CELULAR,PERDEU O MESMO A UNS 25 DIAS ATRÁS E SOMENTE ONTEM(21/08/2012) VEIO SE QUEIXAR DE QUE FOI "ROUBADO" (assim ela diz) O APARELHO DE CELULAR, PARA A DIRETORA DA ESCOLA.
    ONTEM NA PARTE DA MANHA(horario em que ela estuda)MINHA FILHA DE 13 ANOS ME LIGOU DESESPERADA,POIS ALGUNS ALUNOS QUERIAM BATER NELA E FICAVAM A CHAMANDO DE LADRA. ELA PEDIU DESESPERADA QUE EU FOSSE CONVERSAR COM A DIRETORA DA ESCOLA ANTES QUE OS ALUNOS A "LINCHASSE"
    QUANDO LÁ CHEGUEI,DE FATO ESTAVA ALGUNS ALUNOS FORA DA ESCOLA,MAS NADA DISSERAM. FUI ATE A SALA DA DIRETORA,CONVERSAMOS COM A SUPOSTA DONA DO CELULAR,LEVEI O CELULAR PARA QUE ELA IDENTIFICASSE ELA DIZ QUE É BEM PARECIDO COM O QUE ELA PERDEU. ENTÃO A DIRETORA DEIXOU COMBINADO DE QUE A SUPOSTA DONA DO CELULAR LEVARIA A CAIXA OU A NOTA FISCAL,ENFIM,ALGO QUE TIVESSE O NUMERO DO IMEI, E EU LEVARIA O CELULAR NO DIA SEGUINTE (sendo hoje 22/08/2012),PARA QUE FOSSE CONFERIDO COM O QUE TEM NO CELULAR. AO SAIR DA ESCOLA, CALCULO EU QUE MAIS DA METADE DA ESCOLA JUNTO COM A CLASSE ONDE MINHA FILHA ESTUDA, ESTAVAM FORA DOS PORTÕES DA ESCOLA,REUNIDOS COMO SE ESTIVESSEM ESPERANDO ALGUMA BRIGA,DE FATO, MINHA FILHA COMENTOU QUE IRIAM BATER NELA NA HORA DA SAIDA, COMO EU ESTAVA PRESENTE,ISSO NÃO ACONTECEU,MAS TODOS OS ALUNOS GRITAVAM EM CORO QUE MINHA FILHA ERA LADRA E QUE DEVERIA SER PRESA,POIS LUGAR DE LADRA É NA CADEIA...ALGUNS DELES,NOS "PERSEGUIU" QUASE ATE EM NOSSA CASA...TIVEMOS QUE FICAR OUVINDO TUDO ISSO E SENDO HUMILHADAS POR MAIS OU MENOS 2 QUADRAS.
    NO DIA SEGUINTE: NÃO HAVIA HORA ALGUMA ESTIPULADA POR NINGUÉM, AS 9:00 hr DA MANHÃ EU RECEBO UMA LIGAÇÃO DA DIRETORA, FALANDO EM TOM AGRESSIVO, QUAL EU PRECISAVA ESTAR NA ESCOLA ATE AS 11:30HS DA MANHA,POIS DO CONTRARIO OS PAIS DA "DONA" DO CELULAR IRIA FAZER UM B.O CONTRA MINHA FILHA E OUTRO CONTRA MIM.(não entendi muito bem o por que,mas tudo bem). EU TENTEI POR VARIAS VEZES EXPLICAR A ELA QUE TALVEZ NÃO PUDESSE ESTAR ALI HOJE,POIS IRIA MARCAR CONSULTA MEDICA(estou em tratamento contra cancer) MAS A DIRETORA MAL DEIXAVA EU ABRIR A MINHA BOCA PARA FALAR ALGO, ELA FALAVA MAIS ALTO DO QUE EU E PARECIA QUERER TER RASÃO DO QUE ESTAVA FALANDO.......ATÉ QUE CONSEGUI FALAR COM ELA,PEDINDO QUE TIVESSE UM POUCO MAIS DE RESPEITO E FOSSE MAIS EDUCADA COMIGO. COMBINEI DE QUE IRIA LEVAR O APARELHO CELULAR ATE A ESCOLA E DEPOIS IRIA FAZER A CONSULTA MEDICA, CHEGANDO NA ESCOLA E COM O APARELHO CELULAR EM MÃOS, A DIRETORA PEDIU PARA VER O CELULAR, A "DONA" DO CELULAR DISSE QUE A CAIXA DO APARELHO OS PAIS JOGARAM FORA E SÓ FICOU COM O CARREGADOR ONDE TINHA O NUMERO DO IMEI...A DIRETORA VERIFICOU O NUMERO E DISSE EM VOZ ALTA E CLARA "OS NUMEROS NÃO SÃO OS MESMOS,MAS VOU FICAR COM O CELULAR,POIS OS PAIS DA FULANA VIRA ATE A ESCOLA PARA CONVERSARMOS". EU VIM EMBORA PARA CASA.
    QUANDO FOI 11:40HS,HORARIO EM QUE MINHA FILHA CHEGA DA ESCOLA, JÁ FOI LOGO ME CONTANDO QUE ASSIM QUE ELA COLOCOU OS PÉS EM SALA DE AULA, TODA A CLASSE GRITOU, "A LADRA CHEGOU,VAMOS ESCONDER NOSSOS CELULARES"....LOGO EM SEGUIDA A PROFESSORA ENTRA NA SALA E UM DOS ALUNOS DIZ: "PROFESSORA É BOM A SENHORA TOMAR CUIDADO E ESCONDER O CELULAR,POIS TEM LADRA NA SALA,SABIA?".......OUTRA ALUNA DIZ: "POSSO CITAR NOMES PROFESSORA".......... E ANTES QUE A PROFESSORA FALASSE ALGO A MENINA JÁ FOI FALANDO: " É A FERNANDA*(nome substituido)........MINHA FILHA DISSE QUE SE SENTIU TÃO HUMILHADA E CONSTRANGIDA QUE QUERIA SAIR DA SALA CORRENDO......DURANTE TODAS AS 3 PRIMEIRAS AULAS,UMA DAS COLEGAS DE CLASSE,FICAVA PROVOCANDO MINHA FILHA,PASSAVA POR ELA E DAVA UM "ESBARRÃO" ,OUTRA HORA BATIA COM A MÃO NA CABEÇA DA MINHA FILHA.......ENSINEI MEUS FILHOS A NÃO RETRUCAREM, LEVANTAREM A VOZ OU AGREDIR ALGUÉM QUANDO NÃO SE TEM CULPA ALGUMA, POIS A HUMILDADE FALA BEM MAIS ALTO QUE A AGRESSÃO...É CLARO QUE NÃO SE PODE DEIXAR NÓS FAZER DE TONGOS, MAS, NADA DE AGREDIR VERBALMENTE OU FISICAMENTE QUANDO A RAZÃO É NOSSA.....O SILENCIO É UMA ARMA LETAL.
    BEM! É ISSO...E AGORA ESTOU CONFUSA,SEM SABER O QUE FAZER...UNS FALAM PARA FAZER B.O. OUTROS DIZEM QUE B.O. DE MENOR DE IDADE NÃO PODE SER FEITO.......EU QUERO SABER DOS MEUS DIREITOS COMO MÃE E O DA MINHA FILHA.
  2. Sven
    22/08/2012 16:46

    Usuário suspenso

    Tudo em maiúscula. nem dá pra ler.
  3. ana lucindo
    22/08/2012 16:53

    olá , você pode fazer o b.o sim contra a escola e contra essa aluna, pois o menor será representado pelo kuizado da fra da infância e juventude, ja a escola você pode entra por danos morai,e bullyn...de ambas as partes escolae contra a 'os pais desta outra menina".
  4. KLAUS PIACENTINI
    22/08/2012 16:54

    Foi legal o desabafo da Sra.
  5. Ana PCS
    22/08/2012 17:10

    Eu consegui ler mesmo estando em letras maiusculas!

    Marcinha vá atras de seus direitos, o que fizeram com sua filha foi bulling!
  6. CHEGA DE DISCRIMINAR
    22/08/2012 17:27

    Isso que estão fazendo com sua filha chama-se calúnia, acusá-la de ter cometido crime sem tê-lo feito. Vc pode ir até a delegacia da criança juventude e registrar contra a menina que a caluniou. Ela e os pais serão intimados. (nas leia até o final
    vou te alertar de uma coisa)

    Depois com o registro na mão entre na justiça contra a escola, pois lá é local para sua filha estudar e ser bem tratada. A Diretora deixar os alunos fazerem mal a sua filha está a escola é responsável por sua filha durante o período que esta lá.

    Quanto ao celular entregue numa delegacia. Ficar com ele não é legal, se o dono aparecer deve entregá-lo mas por lei tem direito a receber uma porcentagem do que ele vale.

    Vocês encontraram o celular em menos de 15 dias?
    Ao achar um objetos temos pela lei 15 dias para devolvê-lo ou entregar a autoridade(policia) esse prazo se estende se você comprovar que está tentando localizar o dono. TO DIZENDO ISSO PARA TE ALERTAR, PARA AJUDAR.
    Se tiver mais que 15 dias não diga a policia, diga que tem uns 10 dias que encontrou ou mostre que mesmo tento mais que 15 dias você não se tomou posse e está procurando o dono.

    Não sou advogada, mas alguma coisinha eu sei, mas aqui tem advogados que podem falar melhor ok

    Boa sorte!
  7. Renato Solteiro
    22/08/2012 18:35

    Usuário suspenso

    Quem seria o louco de não reconhecer que a menia está sendo alvo de procedimento difamatório? Eu não sou.

    Mas pode vir a matilha de defensores dos oprimidos-por-mim-sem-ser. Não foi o Direito, a escola, a Faculdade, foi a minha mãe e meu pai que me ensinaram que "nosso é só aquilo que trabalhamos pra ter".

    Parece bobagem, mas se este ensinamento caseiro tivesse sido seguido à risca, duas coisa seriam boas. A filha teria aprendido na prática que celulares têm donos e quando o achamos devemos entregá-lo a quem de direito e se não achamos o dono, a última coisa a se fazer é tomar posse como se nosso fosse. Também não teria passado por tudo isto.

    Que a mãe deve buscar seus direitos, sem dúvida, mas que aprenda que o que é dos outros não é nosso. Sei que hoje em dia parece meio louco, mas isto deveria ser um procedimento padrão.
  8. CHEGA DE DISCRIMINAR
    22/08/2012 18:40

    Agora achei o artigo que diz que aquele que achar coisa alheia perdida terá direito a uma recompensa, não inferior a cinco por cento do seu valor.
  9. Julianna Caroline
    23/08/2012 17:39

    Aquele que achar coisa alheia e a devolver, né.
    Elas não devolveram, ficaram usando até que alguém viu e achou que pudesse ser dono.
    O que aconteceu na escola é um absurdo sem tamanho, concordo que deva registrar o B.O representando sua filha contra a escola por não coibir o comportamento abusivo dos demais alunos e contra a menina que a acusou na figura de seus pais que são responsáveis por ela.
    Alguém me corrija se eu estiver errada.
    Acredito que uma ação por danos morais caberia pelo abuso psicológico sofrido pela sua filha com relação aos ataques dos demais alunos.
    Seria mais prudente vc buscar ajuda pessoalmente de um advogado.
    Casos assim dão margem pra interpretações diferentes, mas que houve o dano à sua filha, isso é claro.
  10. Fátima Perestrelo
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    24/08/2012 03:55

    Sem recriminá-la.

    Mas seu eu ou meu filho encontrasse algo que não me pertencesse, jamais tomaria como meu.

    Entregaria na delegacia, na escola, na pqp. Mas na minha casa, não aceitaria.

    Essa história de "achado não é roubado" é passível de dúvidas como essas.
  11. FJ-Brasil (Morreu)-Fim do Mundo
    26/08/2012 12:11

    Usuário suspenso

    Acho que a consulente foi clara!

    Eu e minha filha mais nova,encontramos na rua, em frente a escola onde ela estuda proximo de casa,um aparelho de celular,qual estava sem bateria,sem chip e sem cartão de memoria. Perguntei para os funcionarios da escola,se por acaso alguém teria perdido um celular,todos disseram que não,mas que poderia ser de algum aluno e que eu ficasse com o aparelho ate algum aluno ou mãe se manifestar. Ate a presente data,ninguém manisfestou.

    Queria saber onde e qual momento a consulente, citou que achado não é roubado?
    Tem gente que vai no embalo das respostas de terceiros e sem ter entendimento do post em tela.
  12. Márcinha Desenhista
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    27/08/2012 13:45

    Fui orientada pela atendente da DELEGACIA ONLINE de que eu registrasse sim o B.O e procurasse a SECRETARIA DA EDUCAÇÃO. Isso é BULLYING, minha filha esta sendo acusada injustamente, ela tem testemunha do que aconteceu dentro da sala de aula naquele momento e eu tenho duas testemunhas quais estavam comigo no dia em que encontrei o "bendito" celular. Posso e devo contratar um advogado para acompanhar o caso.

    Eu encontrei o celular e fiquei de posse do mesmo durante uns 12 dias, a minha intenção sim, era de localizar o dono(a)...não havia qualquer numero de contato gravado no aparelho,então como não consegui localizar dono algum, no dia seguinte iria levar ate os correios e entregar no setor de achados e perdidos.

    Mas, ai aconteceu tudo isso.
  13. Márcinha Desenhista
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    27/08/2012 13:48

    Verdade...tem pessoas que não entendem da lei e respondem o que lhe vem na cabeça só para "ganhar nivel" aqui.
  14. Tiego Pedro
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    27/08/2012 14:22

    Como não entender a situação da Sra. Desenhista? ela achou o tal aparelho e tentou encontrar o dono, inclusive procurando-o na própria escola onde teria encontrado; não tendo êxito, sua filha passou a utiliza-lo... qual é o problema nisto senhores? Existe problema, sim, em acusar a menina de ter roubado o aparelho sem que para tanto se dispô-se de provas... a única duvida que me ocorre é se a gestora desta escola, mediante seu comportamento, fazia parte do corpo discente também;.
  15. CHEGA DE DISCRIMINAR
    27/08/2012 14:46

    Eu coloquei aqui alguma coisa, baseando na lei, quis ajudar, não falei que era crime ficar com coisa alheia mesmo sendo achada para não te assustar, haja vista já estava abalada demais. Mas é crime sim, mas como disse o prazo de devolver é de 15 dias, no começo a senhora falou que já fazia uns 25 dias e só agora a aluna se manifestou. Agora aqui embaixo disse que ficou com ele uns 12 dias( então ainda não pode se configurar crime) está no prazo, esse prazo pode ainda se estender... se a pessoa provar que está em busca do dono.
    Vou postar o artigo do código penal, agora que está melhor informada.
    (leia o inciso II)
    Art. 169. Apropriar-se alguém de coisa alheia vinda ao seu poder por erro, caso fortuito ou força da natureza:

    Pena – detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.

    Parágrafo único. Na mesma pena incorre:

    I – quem acha tesouro em prédio alheio e se apropria, no todo ou em parte, da quota a que tem direito o proprietário do prédio;

    II – quem acha coisa alheia perdida e dela se apropria, total ou parcialmente, deixando de restituí-la ao dono ou legítimo possuidor ou de entregá-la à autoridade competente, dentro no prazo de 15 (quinze) dias.
  16. CHEGA DE DISCRIMINAR
    27/08/2012 14:53

    Outro conselho esqueça dizer que ficou de posse, nunca diga isso, na verdade você não ficou de posse apenas guardou o aparelho ok!
  17. Fátima Perestrelo
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    19/09/2012 03:03

    É mais fácil muito mais, criticar quem lhe diz a situação profissionalmente, ainda que em seu prejuízo, do que assumir que a senhora errou e deu um péssimo exemplo a sua filha.

    Em seu post inicial a Sra. cita 25 dias atrás, depois tenta consertar a conversa.

    E eu é que não tenho conhecimento de causa ?

    Porque não foi na manhã seguinte a delegacia mais próxima e entregou o dito aparelho ?

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS