Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. CAMORENO
    29/08/2012 19:34

    Tenho acompanhado o dilema de uma amiga de trabalho e sua mãe para acertarem em cartório, a situação do imóvel delas após a morte de seu pai...e tenho percebido, não só o descaso com esta senhora idosa, como também a falta de informações simples que poderiam ser fornecidas a esta pessoa..que por serem pessoas simples e humildes..ficam em um vai e vem ao cartório....simplesmente pelo bel prazer deste que detém estas informações.......como posso averiguar se as informações que estão sendo passadas a estas pessoas , não poderiam ser melhor direcionadas. Me parece que ainda mantém neste país , a velha estória de quem tem dinheiro tem preferências e privilégios ....enquantos os mais pobres e humildes , pastam..para terem seus direitos respeitados. Se todo setor neste país tem um orgão fiscalizador....pra quem podemos reclamar sobre estes cartórios
  2. Thiago Rodrigues
    29/08/2012 20:58

    Ao Juiz Corregedor da Comarca.
  3. DFF-SP
    29/08/2012 21:10

    Camoreno,
    O melhor msm é consultar um advogado. Elas economizariam tempo !
    Vc pode reclamar ao juiz corregedor do cartório. Cada cartório tem o seu.
  4. CAMORENO
    05/09/2012 21:24

    Agradeço..tentarei repassar esta informações o mais breve possivel a estas pessoas....grato
  5. Adv Antonio Gomes
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    25/01/2013 22:56

    O sol é para todos, e a sombra para quem merece.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS