devo ir na audiencia, mesmo sem testemunhas e sem provas?

ola, tive uma audiencia de conciliaçao na qual a pessoa que esta me processando por danos morais deboxu de mim o tempo todo, e nao quiz acordo! ela possui provas contra mim, um e mail meu xingando ela, ja eu nao possuo nada pois nao tenho como provar que fui xingada primeiro, o conciliador me disse para levar testemunha mas eu nao tenho. entao eu pergunto, valhe a pena ir? sem testemunha sem provas, e certo que eu vou perder nao e mesmo? ela quer 20 salarios minimos; grta a quem responder

Respostas

10

  • Edvan Coimbra

    Edvan Coimbra

    Com certeza você deverá comparecer a audiência. Se você não for será revel, ou seja, todos os fatos alegados pelo autor serão presumidamente tidos como verdadeiros.

    Na audiência de conciliação o juiz lhe dará uma nova oportunidade de propor uma acordo.
    Não tenhe receito de apresentar propostas. Este ato não caracteriza confissão.

    Compareça a audiência, de preferência acompanhada de um Advogado, pois mesmo que fique comprovado o dano, comparecendo à audiência você terá como se defender. Um bom advogado certamente reduzirá bastante o valor da indenização pretendida pelo autor. Mesmo que você seja condenada, você terá direito de apelar da decisão.

    Não desista. Lute com todas as suas forças até o fim. Tente utilizar todos as provas possíveis para a sua defesa. É um direito constitucional à seu favor.

  • tribuluz

    tribuluz

    obrigado doutor edvan! fui muito ingenua de mandar este email, xingando a pessoa pois hoje ela usa o mesmo como provas, e eu nao posso provar as ofenças dela, na audiencia de conciliaçao ela gritava comigo e o conciliador nada fazia, o email e restrito a ela, ela mostrou para os outros pq quis, e agora me processa por danos. riu de mim e disse que vai tirar tudo que eu tenho... o conciliador disse que isso e causa ganha pra ela, ja que eu nao temho provas. porisso pensei em desistir de tudo... muito obrigado por ter me respondido. minha vida esta um inferno, nao sei a quem recorrer,

  • Edvan Coimbra

    Edvan Coimbra

    Tribuluz...

    Não se preocupe com as palavras do conciliador. Não é ele quem julga, ele nada mais é do que um juiz leigo. Alias, com base princípio da imparcialidade, ele deveria ter ficado quieto.

    Mesmo que seja causa ganha para o autor, o juiz de direito precisa analisar o "quantum petitório" da ação, arbitrando o valor da indenização com base no princípio da razoabilidade. Tente provar que o seu e-mail foi enviado de forma confidencial. Não foi você quem expôs as injúrias à terceiros. Certamente isso influenciará muito na decisão do juíz.

    Não deixe de procurar uma advogado. Lembre-se, o barato poderá sair caro.

  • tribuluz

    tribuluz

    obrigado doutor, vou procurar si, o senhor e de sao paulo???
    caso for poderia me enviar um email referente a valores para pegar a minha causa::
    grata

  • tribuluz

    tribuluz

    Que pena doutor edvan, o senhor me respondeu com educaçao, e respeito.
    Procurarei um defensor aqui em sao paulo, deus te abençoe grandemente.