Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. P.Sil
    15/10/2012 17:34

    Olá boa tarde,

    Preciso de uma ajuda urgente, em 2004 vendi um veiculo que já estava totalmente quitado, o comprador fez um financiamento e na epoca assinei o documento e entreguei a ele, o problema é que ele não transferiu para seu nome, e esta semana fui supreendida por um oficial da justiça com um mandado de penhora de bens porque consta uma divida enorme em meu nome referente ao IPVA, liguei na financeira e me informaram que foi solicitado o GRAVAME para a transferência mas que foi cancelado 4 anos depois, não sei o que fazer entrei em contato com o comprador e ele não esta com o veiculo, não sabe onde esta e não sabe do documento pois o financiamento foi feito em seu nome mas o veiculo foi para o seu cunhado o qual ele não tem mais contato, o financiamento esta quitado e na financeira me informaram que o veiculo deveria estar no nome do comprador alienado a ela e não soube explicar o porque não esta, por favor me ajudem, o que devo fazer como provar que esta divida não é minha.

    Desde de já agradeço.
  2. SISI13
    16/10/2012 10:19

    Vendi meu carro e assinei o recibo de compra e venda,e registrei em cartorio, isso já faz uns 5 anos e descobri que ele ainda não transferiu para o nome dele. Ele abandonou o carro e o mesmo foi para o pátio e estão me cobrando. Como fao para me livrar dessa dívida?
  3. Julia Mendes-SP
    16/10/2012 10:25

    Para provar que o veículo foi vendido vocês podem ir até o cartorio de notas onde foi reconhecido firma por autenticidade do documento de transferência(DUT) e pedir uma cópia autenticada.
  4. P.Sil
    16/10/2012 12:06

    Bom dia, Julia


    Não me lembro de ter reconhecido firma da assinatura vou verificar no cartorio onde tenho firma aberta, mas e se por acaso não foi como devo proceder.
  5. Julia Mendes-SP
    16/10/2012 15:59 | editado

    P. Sil

    Se vc não reconheceu firma do DUT para vender, o carro é seu, o DUT(documento de transferência) preenchido com assinatura do comprador e vendedor é a prova que o carro não é seu. Veja se vc tem alguma cópia do DUT e dos documento do comprador.
    Mesmo assim vc deve procurar um advogado de sua confiança para fazer sua defesa.
  6. P.Sil
    17/10/2012 15:43

    Julia,

    Não localizei nada no cartório, o estranho é que na financeira consta que o veiculo esta em nome do comprador mas no Detran no meu, solicitei a financeira a cópia do DUT me disseram que a financeira guarda junto com o contrato, pois não consegui localizar, de qualquer forma eu agradeço sua atenção.
  7. Julia Mendes-SP
    17/10/2012 16:23

    P. Sil
    Pelo menos uma esperança para vc, então se consta o nome do comprador o DUT foi preenchido e assinado, mais o comprador não foi no DETRAN fazer a transferência, por isso ainda está no seu nome, mais pelo menos um luz para vc, se a financeira encontrar o DUT, vc consegue provar a venda. Vc deveria ter ficado com uma copia autenticada do DUT, era só vc ir ao detran e apresentar, mais sem esse documento não é possível. Mais já existe um processo na justiça não é bom deixar de fazer sua defesa, vc pode ser prejudicado ainda mais, a justiça pode bloquear contas bancarias sua, ou algum outro bem em seu nome.
  8. P.Sil
    19/10/2012 16:35

    Julia,

    Eu diria que esta luz é um trem pronto para me atrolepar, a financeira não encontrou o DUT, vão enviar uma cópia do contrato do financiamento que consta o nome do comprador, data e dados do veiculo será que isto ajuda em alguma coisa.
  9. Cleydson Marques
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    19/10/2012 19:43

    POR FAVOR ALGUÉM E AJUDE , vendi uma moto em dezembro de 2010, era uma sexta feira e assinamos o dut, tirei cópia e tudo, o cara se comprometeu de transferila na segunda, eu desde entao fiquei tranquilo, a moto esta em nome de um amigo meu, não fiz o aviso de venda, pois infelizmente eu nem sabia que tinha que fazer, resumindo; o cara desde 2010 não paga ipva , a dívida esta no nome do meu amigo, eu tenho a cópia autenticada da venda na época ( dezembro de 2010) o nome dele esta na divida ativa, e estou desesperado, e gostaria de saber se tem como eu entrar na justiça para provar que desde 2010 a moto foi vendida a outra pessoa, e que essa agiu de má fé, e nao transferiu o veiculo, ou terei que pagar ua divida que não é minha?
  10. Julia Mendes-SP
    22/10/2012 11:18

    P.sil
    vai ajuda sim, é uma prova que vc vendeu, mais essa prova vai ser útil para o processo, agora para o DETRAN é bom vc verificar se aceita sem o DUT.
  11. Julia Mendes-SP
    22/10/2012 11:38 | editado

    Claydson,

    Conforme disposto no Artigo 134 do CTB, no caso de transferência de propriedade, o proprietário antigo deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado, dentro de um prazo de trinta dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

    Quando o vendedor vai até o DETRAN comunicar a venda depois dos trinta dias, o detran apenas bloqueia o veiculo para licenciamento e com isso obriga o comprador fazer a transferencia para conseguir fazer o licenciamento e ainda o comprador é multado e ganha de brinde os pontos na habilitação.

    Seu amigo deve ir até o detran apresentar a copia do DUT, para o bloqueio do veículo, ele também pode procurar a justiça para que o comprador pague as dívidas do veículo após a compra, vc tem as provas é só procurar um advogado.
  12. Nazaret Batista
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    20/03/2013 18:43

    Boa tarde!
    Comprei um veículo em 2002, com a placa de SBC-SP quando morava no grande ABC/SP. Me mudei para o Rio de Janeiro e trouxe o veículo, mas no ano 2007 doei este veículo aqui no RJ de acordo com as exigências da lei de transito: preenchi o DUT e autentiquei no cartório. O meu grande erro,por falta de conhecimento, foi não tirar uma cópia do DUT e altentica-la. Agora depois de 6 anos, estou recebendo multas terríveis em meu nome no antigo endereço que eu residia em SBC/SP. Procurei o comprador e o mesmo me relatou que tinha passado este carro pra uma agencia de carro que hoje não existe mais. Uma coisa é certa este terceiro comprador (desconhecido), está rodando com o carro aqui no RJ ainda com placa de SP, trazendo muitos transtornos com infrações de transito e o pior é que não consigo localizar este veículo para resolver esta situação.
    Tenho todos os dados do comprador que passei o carro. Fui ao cartório onde foi feito o reconhecimento e autenticação e pedi um cópia, mas o mesmo não quiz me fornecer uma declaração ou qualquer outro documento que comprove este registro, pois alegam que só podem fazer isto com ordem judicial. Isto é correto? Como posso provar esta venda se eu não tenho uma prova documentada desta transação? Estou nervosa e com insonia devido a esta situação presente e outras futuras que podem me afligir mais ainda. Aguardo ansiosa uma ajuda de alguém que entende deste assunto.
    Obrigado.
  13. Geisla Simplicio
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    27/04/2013 15:28

    ola boa tarde.
    eu comprei uma moto em 22/04/2007, sendo que paguei 3 parcelas do financiamento , vindo a vender em seguida para o antigo dono pois não passei o financ. a ele pois ja tinha pagado uma moto no nome dele entao confiei a ele o msm acordo, sendo que o msm não cumpriu, vendeu a moto pra outra pessoa que desgraçou mais a situaçao, a moto foi presa por andar sem placa, o condutor esta embriagado e sem cnh, e por estar participando de racha, emfim acabou com a moto.
    eu consegui tirar a moto da delegacia e estou com ela no momento, mas ja faz 2 anos que eu entrei em contato com a financeira omni na qual se recusou a receber a moto e vieran em casa e pegaram o duc. e chave da msm, o meu nome não esta mais no serasa e scpc,
    mas eu não consigo arrumar a moto e nem o duc. estou com um bem de 3,000 parado no quartinho da dispensa. eu sei que posso entrar com um pedido de guarda do bem para poder usar não entendo muito desse assunto mas queria ajuda pois entrei em contato com uns advogados que não me deram nenhuma ajuda, sera que alguem pode me ajudar...
    desde ja agradeco.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS