DNA é obrigatório?

Boa tarde, Estou com uma dúvida familiar e não consigo responder.

Minha prima tem um bebê de 11 meses, quando estava grávida de 2 meses comunicou o pai, do qual não quis nem saber da existência da criança, disse que pra tirar alguma coisa dele, somente na justiça, pois que ela havia engravidado só para ficar com ele, ai ela terminou o relacionamento. Disse que não queria nada dele, só comunicou que estava grávida, agora está em um relacionamento, do qual o companheiro dela gostaria de reconhecer a paternidade da criança, como o pai nunca quis saber, e não tem seu registro no cartório seria possível? Se daqui um tempo o pai biológico quiser saber da criança, como ela deve proceder? É obrigada a fazer DNA e deixar que o pai biológico reconheça a criança como filho mesmo ele não querendo saber da existência dela por mais de 1 ano? Ou ela pode esperar que a criança cresça e ela mesmo decida procurar o pai? Agradeço desde já a compreensão.

Att. Taila

Respostas

4

  • Sven

    Sven Suspenso

    Procure um advogado. É, a principio o pai biologico deve aceitar, mas é isso ou pagar alimentos, acha que ele vai escolher o que?

  • Taila Anolin

    Taila Anolin

    Mais uma vez muito obrigada Sven,

    Não posso julgá-lo pois não o conheço direito, mas pelo que ela diz a respeito, e pelo fato dele não procurar a criança, acredito que vá aceitar isso, vou orienta-la a procurar um advogado.