Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. peysyd
    05/07/2013 15:47

    Boa Tarde! Doei a minha casa para as minhas filhas no regime de usufruto vitalício, quando me separei , só que me disseram que teria que pagar o ITBI. Quero saber realmente se isso é verdadeiro e quais as taxas que o cartório cobra para fazer o registro para o nome delas. Grato pela Atenção.
  2. Paulo dos Reis
    05/07/2013 16:03

    Quando é doação o imposto que se paga não é o ITBI e sim o ITCMD. Mas dependendo do valor do imóvel, pode ser que fique isento do ITCMD.

    Quanto ao valor das taxas e do registro que voce irá pagar, somente o Cartório onde for feita a escritura de doação irá dizer, pois depende do valor da avaliação pela Fazenda Estadual.
  3. orlando oliveira de souza_2
    06/07/2013 11:13

    Vamos lá, vejamos o que diz a Constituição quanto ao imposto inter vivos(ITBI):"Artigo 156.Compete aos Municípios instituir impostos sobre: I-......................................................; II-transmissão inter vivos, a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição;III - ..................................................................."

    Deve-se consultar ao Município da situação do imóvel quanto à isenção ou não do usufruto(direito real de gozo ou fruição sobre coisa alheia), pois a tributação é independente, sendo o ITCMD de competência dos Estados e o ITBI dos Municípios....Penso, salvo melhor juízo, que a tributação, se houver, seria só do usufruto.

    Abraços,

    orlando.
  4. Sven
    06/07/2013 11:46

    Usuário suspenso

    Concordo com Paulo, o que é devido é o pagamento de ITCMD, já que se trata de uma doação. Como bem mostra ITBI somente incide em casos de transferencia onerosa.
  5. orlando oliveira de souza_2
    06/07/2013 16:57 | editado

    Penso ainda que haverá tributação: por ser um direito real (e depois o IPTU)...Então, o imposto só não incide nas seguintes situações:

    .direitos reais de garantia;
    .promessa de compra e venda;
    .usucapião.
    .imunidade quando constituir cota de capital em PJ.

    Diga-se de passagem, a doação em si não se constitui de um direito real sobre imóveis, estes estão elencados no CC, artigo 1225, cuja não-incidência do imposto são somente sobre hipoteca, penhor e anticrese e as acima mencionadas, quando se tratar de ITBI.Smj.

    Abraços,

    orlandoosouza@hotmail.com

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS