Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. LLSantos
    19/08/2013 22:25 | editado

    Boa noite a todos!
    Preciso de ajuda! Meu caso é muito delicado.
    Sou casado a trinta anos, construi uma casa no terreno dos meus pais, onde moro até hj. Tenho uma filha de 16 anos, um filho de 13, e um mais velho de 29, é casado e não mora comigo. Minha esposa, hoje nao trabalha,mas já trabalhou , e viviamos bem. começou a tomar gosto por bebida a 8 anos, já tentei convence-la a tratamento e tudo mais que possam imaginar e hj seguro a onda de tudo sozinho, qualquer discussao é motivo pra beber,não deixo ela beber em casa na frente dos filhos e ela sai, vai na casa de amigas e bebe, chega em casa embriagada, e quando vou falar alguma coisa ela começa a dar show,nao agride ninguem, mas fala muito palavrao quando bebe, não pode falar nada com ela, quando falo em separaçao ela diz que nao sai de casa nem morta, mas se eu sair deixarei a merce dela os meus filhos e meu irmao, deficiente mental que é minha responsabilidade, meu dependente, já que todos meus irmaos morreram e meus pais tbem, nao posso tirar ele da casa dele, e nem dei xar com uma pessoa que pode botar fogo na casa quando bebe. O imovel esta no nome da minha mae falecida. Não quero desampara-la, mas quero que saia da casa e deixe eu viver em paz com meus filhos e meu irmao deficiente, nao estou aquentando mais, preciso me separar dela, antes que aconteça algo serio. Na certidao de casamento não consta o regime do casamento. Obrigado
  2. SulaTeimosa
    20/08/2013 03:36 | editado

    Usuário suspenso

    Se vc construiu sua casa quando estava já com ela, ela tem direito a metade, mas como os filhas ficarão com vc e morando nessa casa, vc poderá propor colocar a casa em nome deles, ela estaria doando a parte dela para eles, mas ficando o usufruto para vc.

    Em caso de divórcio, se seu regime de casamento for o parcial de bens, ela não tem qualquer direito sobre o que vc recebeu em doação ou em herança.

    Faça logo isso, livre seus filhos dessa perturbação. Quando ela aprontar de novo,chame a policia e registre BO pela tentativa de agressão a vc e aos filhos. Já será um começo para deixar registrado o perfil comportamental e doente dessa mulher.

    Boa sorte!!
  3. FJ Brasil
    20/08/2013 04:37

    Complicado essa situação, depois de 30 anos de casado, a casa não pertence a esposa, foi construída no terreno do sogro, a mulher é cachaceira...só cria problemas...e o pobre coitado é a vitima que atura esse demônio a 30 anos...

    será que não esta faltando nada em casa pra mulher ir beber na casa das amigas???
  4. SulaTeimosa
    20/08/2013 23:37

    Usuário suspenso

    A dona pode ser mesmo é doente, como o são a maioria dos alcoólatras.
  5. Julianna Caroline
    21/08/2013 14:52

    Tá faltando cerveja em casa, FJ.
  6. Consultor !
    21/08/2013 15:13

    Usuário suspenso

    ... construa o "cantinho do suco de cevada" !!!
  7. dinahz
    21/08/2013 19:59

    LLSantos

    Não chame a polícia para sua esposa, eles precisam pegar os bandidos.

    Converse com seus filhos mais velhos e encontrem uma solução amistosa para o problema.

    Com seu apoio e dos filhos sua esposa pode aceitar tratamento.

    Não se deixa "a deriva" uma companheira de 30 anos.

    Se ela não tem plano de saúde, poderá passar a contribuir com o INSS, como contribuinte individual, e terá direito ao SUS, auxílio doença e aposentadoria por idade, ou tempo de contribuição, se ela já contribuiu antes.

    Casamento, é na saúde e na doença.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS