Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Simao Hespanhol
    08/09/2013 09:10

    muitos anos quando ainda vivos, fizeram testamento de imóvel único, com reserva de uso-fruto, agora, falecidos, será necessário inventário? (arrolamento). O varão faleceu em 2.000, ela faleceu em 2013. Em 2.000 não foi feito, agora terá que ser feito os dois? Todos os filhos vivos e maiores. Agradece aos especialistas.
  2. Herbert C. Turbuk
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    08/09/2013 12:05 | editado

    SIMÃO

    Havendo testamento haverá mais burocracia e gastos. Isto porque, além de ser feito necessariamente pela via JUDICIAL será necessário ajuizar AÇÃO DE ABERTURA E REGISTRO DE TESTAMENTO, sendo após, AÇÃO DE INVENTÁRIO. Quanto a outra pergunta, poderá ser feito em conjunto (pai e mãe no mesmo inventário).

    HERBERT C. TURBUK
    www.hcturbuk.blogspot.com
  3. Amaro Dewes
    10/09/2013 17:36

    Olá ! Algo em suas colocações não está pertinente, ou seja, testamento não condiz com usufruto para o testador !! Mas de qualquer sorte, é preciso registrar os testamentos dos falecidos para sejam cumpridos com o promover do inventário e partilhas dos bens deixados pelos falecidos. Lembrando que, em todos os atos se faz necessário presença de advogado e o testamento é registrado perante o juízo e não em cartório. Boa Sorte.
  4. Maa111
    24/09/2013 14:20

    Meu avô faleceu e deixou um testamento.
    Minha avó é viva e só tem meu pai de filho pois meu tio faleceu a pouco sem deixar filhos.
    Foi feito um testamento pelo meu avô que diz o seguinte:
    Dispõe a metade de seus bens para depois de sua morte,quer e determina o outorgante testador,q por ocasiao de seu falecimento,a parte disponivel da totalidade de seu patrimonio,seja atribuída com exclusividade e integralmente a seus netos,e ainda que tanto a herança ora deferida,como a legítima de seu filho,sejam gravadas com as clausulas vitálicias de Incomunicabilidade e Impenhorabilidade.
    Minha pergunta é:
    Da totalidade dos bens do meu avô qual é dos netos por direito?O que é da minha avó e pai?
    Mto obrigada
  5. Amaro Dewes
    24/09/2013 15:11

    Maa111, olá ! Talvez seja interessante que voce faça suas colocações e questionamentos em novo tópico e assim evitar misturas de informações para assuntos diversos. Os esclarecimentos dados acima dizem especificamente com a matéria trazida por Simão Hespanhol.
  6. Thainah
    24/09/2013 15:25

    Boa tarde, minha avo faleceu e deixou a casa para os filhos, porem n foi feito um inventario e nesse tempo os dois herdeiros também faleceram deixando filhos. Gostaria de saber coo se dá a partilha do imovel ja que so restaram os netos?
  7. Tais Duarte Cruz
    11/11/2013 21:13

    Boa noite, Thainah. A partilha se dará por cabeça e não por estirpe, nesse caso com o direito de representação. Quando todos os herdeiros estão na mesma linha, se divide a herança por igual entre eles. Por exemplo, R$ 100.000,00 a serem divididos por um filho e dois netos de outro filho pré-morto seria dividido assim: R$ 50.000,00 para o filho e R$ 25.000,00 para cada neto. Todavia, em um patrimônio de R$ 100.000,00 com 1 neto de um dos filhos pré-morto e dois filhos de outro filho também pré-morto, a divisão se dá por cabeça, ou seja, R$ 33.333,33 para cada um dos netos.
    Att Tais c.cruz@oi.com.br

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS