ontem o meu casamento chegou ao fim, por causa de traição. Somos casados em separação parcial de bens, possuo no meu nome dois imóveis avaliado em 300000,00reais cada, um já tinha antes dcasamento e o outro comprei depois de casada, mais tbm com o meu dinheiro. moramos na casa que eu já tinha antes. mandei ele ir embora, mais não foi disse que a casa tbm e dele. então eu sai de casa com ,o meu filho fui pra casa dá minha mãe. tenho tbm uma conta bancária graças a Deus boa. quais os dreitos dele nos meus imóveis e no meu dinheiro?

Respostas

19

  • 0
    D

    Deborah20 Suspenso Sábado, 16 de novembro de 2013, 15h46min

    Os direitos de AMBOS é partilhar meio a meio tudo que AMBOS adquiriram durante o casamento, não importando em noem de quem está, se no seu ou no nome dele. O que cada um já tinha permanecem incomunicável, isto é, mantêm-se como bem particular de cada um.

    Lucros advindos de investimentos, como a poupança, tmb são alvo de partilha, mesmo que o investimento seja individual ou anterior ao casamento. Os juros que incidiram sobre o investimento é tido como bem comum, por isso ele pode requerer a partilha deste lucro.

    Contudo, se vc comprou a casa durante o casamento com seus exclusivos recursos e isso ficou registrado, este imóvel será somente seu, bem particular. Caso contrário, se não deixou isso registrado na aquisição do imóvel ele poderá requerer a parte dele sobre a casa.

    No mais, se vc não trabalha poderá requerer uma pensão para vc, que será temporária se ainda jovem ou com carreira profissional. A pensão de seu filho é mais que garantida.

    Aproveito para sugerir que observe se a caso tal infidelidade tornou-se publica em seu meio ou para seus conhecidos, mesmo os amigos em comum com seu ex ou com a amante dele. Isso poderá render a vc uma indenização por dano moral. Caso ocorra esta circunstância, registre BO dando queixa e informando que vc saiu de casa com seu filho devido a isso.

    Com certeza essa situação irá complicar um pouco às coisas para o lado dele.

    boa sorte!!!!

  • 0
    C

    Cruz1 Sábado, 16 de novembro de 2013, 16h00min

    Deborah todo mundo sabe, e tem um menino que pode ou não ser filho dele com quase a msmq idade que o meu filho tem.

    eu não preciso do dinheiro dele graças a Deus, tenho uma profissão, que m rende um bom salário, msm estando trabalhando em casa por causa dá minha doença, tbm não preciso que ele pague pensão pro meu filho, posso dar de tudo pra ele sem o dinheiro do pai.
    tudo que eu tenho foi comprado com o dinheiro de heranca do meu pai. não acho justo dar nada pra ele. prefiro mil vezes dá pra um advogado.

    e a casa dois meu filho tbm entra no meio?

  • 0
    D

    dinahz Sábado, 16 de novembro de 2013, 18h38min

    Debora 20

    Tudo que foi comprado depois do casamento, deve ser dividido em 50% para cada, caso contrário, dividirá com ele e com os advogados.

  • 0
    C

    Cruz1 Sábado, 16 de novembro de 2013, 19h33min

    dinahz tudo que comprei foi com o dinheiro de herança e está estipulado a origem. até as cuecas dele me pertence, pois foi comprado com o meu dinheiro.

    eu doou pra advogado, mais não deixo um centavo pra homem safado que não soube respeitar o casamento.

  • 0
    D

    Deborah20 Suspenso Sábado, 16 de novembro de 2013, 23h21min

    Se tudo o que vc comprou está gravado com a origem de seus recursos que são anteriores ao casamento, então, ele não leva nada. Só as cuecas pois são de uso pessoal (rsrsrs).

  • 0
    C

    Cruz1 Domingo, 17 de novembro de 2013, 19h08min

    hoje ele veio na casa da minha mãe e pediu um tempo até arrumar um outro lugar pra morar, falei que se ele quiser morar lá poderia, mais com contrato de aluguel, que não iria cobrar o aluguel dele, por consideração a família dele, que eu.gosto muito. ele tbm me perguntou.se iria.afastar o pequeno dele, falei que não, pois quem estava se separando dele era eu e não o filho.
    a minha dúvida e se ele se casar ou morar junto e ele chegar a morrer a mulher terá direito real de habitacao?

  • 0
    D

    Deborah20 Suspenso Domingo, 17 de novembro de 2013, 20h27min

    Não, o imóvel é de terceiros, não pertence sequer um pedacinho a ele.

  • 0
    D

    dinahz Domingo, 17 de novembro de 2013, 21h32min

    Cruz1

    Se vendeu bem particular e comprou outro durante o casamento, ele só não terá direito se concordou em não participar do bem.

    Portanto, se comprou o imóvel apenas no seu nome e fez constar na escritura que foi adquirido com recursos da venda de bem particular, deve ter anuência dele, caso contrário, se ele pleitear na justiça a meação, provavelmente vai ganhar. E você terá que pagar os advogados, além de dividir com ele.

    O acordo é a melhor solução.

    E sendo também proprietário do imóvel, e morar com companheira/esposa, em caso de falecimento, a viúva poderá sim pleitear o Direito Real de Habitação. E na justiça, quem decide é o juiz.

  • 0
    C

    Cruz1 Segunda, 18 de novembro de 2013, 0h29min

    ele sabe muto bem que tudo que temos fui eu quem comprei, e tanto que ele meu pediu uma tempo para sair da casa. permite que ele continuasse morando, mais vamos fazer um contrato de aluguel que será renovado a cada ano.
    eu não vendi bem algum.
    meu pai faleceu e deixou herança, pra mim e as minhas irmãs, isso a 4anos atrás. hoje tenho 24 anos e estava casada a 2anos. minha mãe ficou com medo que gastassemos tudo e por isso obrigou cada uma comprar uma casa assim que pegamos a herança, e deixei o resto numa conta, depois de casada comprei outra casa, e a uns dois meses mais uma só que pro meu filho.
    tudo e meu ele não me ajudou em nada, nem msm em comprar uma agulha pra casa.

  • 0
    D

    dinahz Segunda, 18 de novembro de 2013, 2h12min

    Cruz

    Quem é casado no regime de comunhão parcial de bens, não compra nada sozinho, compra junto com o cônjuge. A colaboração dele não precisa ser em dinheiro.

    Portanto, se ele não concordar que você comprou e pagou totalmente com recursos particulares(dinheiro da venda de bens herdados) metade é dele.

    Fez algum pacto pré nupcial? Ele assinou a escritura de compra dos bens?

  • 0
    C

    Cruz1 Segunda, 18 de novembro de 2013, 2h40min

    dinahz me explique qual seria a outra forma de colaborar com a compra de alguma coisa?
    ah ta o apoio moral.

    se ele não tivesse me traido, provavelmente por volta de uns seis meses ele estaria rico. além de receber uma boa pensão por morte. mais como teve a separação tudo pertence ao meu filho.

  • 0
    C

    Cruz1 Segunda, 25 de novembro de 2013, 19h12min

    Hoje assinamos o contrato de aluguel.. Ele podera ficar morando na minha casa ate que se case novamente, sem precisar pagar o valor, assim que ele resolver se casar novamente ou morar junto tera que me pagar o aluguel do imovel.
    Ele tbm assinou um documento onde abria mao de tudo que poderia ter direito, registrado em cartorio.
    Minha duvida e se ele chegar a se arrepender do documento assinado podera voltar atras e pleitear o que teria direito?

  • 0
    L

    LS IVanhoe Suspenso Segunda, 25 de novembro de 2013, 21h31min

    Sim, ele pode expressar arrependimento e requerer na justiça o que ele teria direito dentro da Lei.

  • 0
    C

    Cruz1 Segunda, 25 de novembro de 2013, 22h42min

    Ofereci pra ele reabrir a loja de forro pvc so que no meu nome. Será dele ele que irá administrar e tudo mais. Vai estar no meu nome apenas para que o meu filho seja o único herdeiro

    Eu tenho pouco tempo de vida, se ele se arrepender depois que eu tiver morrido msm assim ele podera requerer uma coisa que e do filho?

  • 0
    L

    LS IVanhoe Suspenso Segunda, 25 de novembro de 2013, 23h15min

    Não dê oportunidade para o azar. Ele trabalhando em empresa que não é dele, ele passa a ser empregado. Assim, assine a carteira dele e recolha os tributos.

    Sem dúvida que ele não vai poder requerer nada em nome de terceiros, e muitos menos seu se já tiverem se separado. Coloque tudo preto no branco, formalize o divórcio ou dissolução da união estável.

    Quanto a casa que vc alugou, convêm submeter esse contrato ao crivo de um advogado, isso evitará que amanhã ele dê uma de "joão sem braço" e ingresse com usucapião.

  • 0
    L

    laininha Quinta, 28 de novembro de 2013, 13h49min

    poxa vida Cris1,era a ex mulher dele que te infernizava?ele te traiu com ela?homem não presta mesmo né???bola pra frente,pois com certeza ele saiu do seu caminho para entrar uma pessoa melhor,tem coisas que deus não nos tira e sim nos livra...

  • 0
    C

    Cruz1 Quinta, 28 de novembro de 2013, 14h22min

    Nao laininha a ex dele infernizava so por causa de dinheiro. Ele me traiu com uma cachaceira tanto ele como ela falaram que foi caso de uma noite apenas. Mais eu tenho um defeito muito grande eu nao sei perdoar. Ainda tentei continuar o casamento por causa do meu filho que msm tendo apenas 7meses e muito apegado ao pai... Mais toda vez que acordava e olhava pra ele tinha vomtade de matar literalmente, entao antes que fizesse uma coisa que nao tinha mais como voltar atras resolvi ne separar, seguir a minha vida e tentar ser feliz com o pouco tempo de vida que me resta.

  • 0
    S

    S_L Quinta, 28 de novembro de 2013, 19h22min

    Ah, Cruz1, na situação em que vc está, a traição dói 100x mais, porque por mais que vc seja forte, está passando um momento difícil.

    Eu tenho o mesmo defeito que vc, não saberia perdoar isso. E se é pra viver com mágoa e ódio, melhor separar mesmo, pois esse tipo de sentimento faz mais mal a vc do que a ele. Enfim... paciência e bola pra frente.

    Te mandei um email ontem.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região