Respostas

4

  • eldo luis andrade

    eldo luis andrade

    Na ação de reintegração de posse você tem a posse, mas é privado dela de forma ilícita, seja por invasão de terra ou qualquer outro meio. Então você entra com ação para que seja desalojado do local quem lhe privou da posse.
    No caso da reivindicação você ainda não tem a posse, portanto não foi privado dela, mas tem título de propriedade e devido a este título você quer que o possuidor saia do terreno em que está. Seria o caso de você comprar propriedade de alguém e ele não querer sair após a venda. Você não tinha entrado na posse ainda. Mas quer entrar na posse invocando o título de propriedade obtido de forma legítima.

  • Mário Viana

    Mário Viana

    A diferença é simples a de reintegração de posse visa a posse do referido imóvel ou bem móvel, enquanto a ação reivindicatória visa o direito de propriedade do imóvel ou bem móvel. Portanto se vc tem o título de propriedade de um imóvel, por exemplo, e não tem a posse o correto é vc propor ação de reitegração de posse. Quanto a ação reivindicatória vc só deve propor quando queira discutir sobre de quem é a propriedade do referido imóvel, por exemplo. Espero ter ajudado.

    Um Abraço

    Mário

  • Ítalo

    Ítalo

    Entendo, que a Ação de Reintegração de Posse é normalmente proposta quando o indivíduo tinha a posse (e a perdeu) e não a propriedade. Proporia então, um interdito possessório visando a reintegração da posse tolhida.
    Já a Ação Reivindicatória, seria proposta pelo PROPRIETÁRIO não POSSUIDOR, contra o POSSUIDOR não Proprietário. Seria uma ação visando a restauração da propriedade plena (posse + propriedade) e não somente da posse.