Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. fabricia laport
    28/01/2014 18:14

    Gostaria de saber se seria possível abrir uma ação contra meu ex marido. Explicarei a situação: nos 14 anos que somos separados, algumas vezes tentei colocá-lo na justiça para pagar pensão às minhas filhas, mas ele sempre conversou, levou na amizade e nunca abri a ação judicial. Sempre contando que ele fosse arcar com as responsabilidades , o tempo passou e eu trabalhei como uma escrava para dar conta de todas as despesas já que ele não colaborava mensalmente. Um mês ele dava algum dinheiro, outro não. Ele pagava a prestação do nosso apartamento, que era uns 700,00 reais/mensal, enquanto eu gastava, em mádia, uns 2.000,00 reais com despesas delas. O tempo se passou, elas são maiores de idade e não posso mais pedir a pensão. Esses anos todos, até 1 ano atrás, conversávamos e tinhamos um bom relacionamento. Agora, ele e eu não nos falamos mais e não posso mais argumentar com ele que ele precisa pagar a faculdade das filhas. Ele disse que não vai pagar e, mais uma vez, sou eu que vou ter que me virar para arrumar dinheiro. Minha pergunta é: posso abrir uma ação alegando que ele abusa financeiramente de mim? Moralmente? Alguma coisa parecida? São anos trabalhando, sem férias, sem luxos, sem nada enquanto ele cuida da familia dele. O que posso fazer?
  2. Willdenner Oliveira Silva
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    28/01/2014 18:23

    olha vc pode entrar na justiça alegando que ele nunk ajudou vc com os cuidados necessarios de suas filhas, procure um advogado, ele podera ser acusado por danos morais.
  3. Lilian1
    28/01/2014 18:24

    Vc nao entrou na justica pq nao quis, agora ele nao te deve nada, vc disse que ele pagou o financiamento da casa entao, ele deu uma casa pra vc, de alguma vc nao pode falar que ele nada fez, ele te deu a moradia...
    Vc disse que novamente devera se vira pra arrumar dinheiro pra pagar a faculdade das suas filhas... elas ja sao maiores devem trabalhar e pagar elas msm as suas faculdades... vc nao tem que se matar por causa de filho nenhum... chega um tempo que eles tem que caminhar com as suas proprias pernas...
  4. Lilian1
    28/01/2014 18:25

    Wildenner pare de falar abobrinha, isso nao tem nada haver com danos morais...
  5. Júnior.19
    28/01/2014 18:30

    ... filhos maiores, cursando faculdade, podem pedir pensão aos pais.

    Vc, nada tem a requerer de seu ex !!!
  6. Lilian1
    28/01/2014 18:32

    Junior tbm depende da idade se for maior de 24 anos sem chance...
  7. Júnior.19
    28/01/2014 18:46

    ... se for "maduro", já deve ter profissão; caso seja inválido/idoso, pode tentar um LOAS !!!
    ... outras categorias, ainda há o bolsa família ...
  8. eppp
    29/01/2014 10:50

    Não sou advogado, ok?

    fabricia, entendo que suas filhas podem pedir pensão judicialmente se tiverem menos de 24 anos e estiverem no "ano certo", quer dizer, se ficar evidente que são estudantes esformçadas e estão se preparando para entrar no mercado de trabalho com uma boa formação. Se consegue ou não, aí é difícil de saber. O melhor é procurar um advogado, expor a situação com todos os detalhes e ver a opinião dele.

    Sobre danos morais, entendo que não.
  9. JanaG
    30/01/2014 01:34

    Usuário suspenso

    Como o pai jamais colaborou de fato no sustento dos filhos, eu me arriscaria numa ação de pensão mesmo que fossem maiores de 24, pois a Lei não obsta a pensão acima dos 24, e elas ainda podem alegar o descanso do pai o que tornou a vida delas mais dificil, adiando o sonho de cursar a faculdade.

    É claro que para pedir a pensão nestas condições elas tem de demonstrar terem estudado e ingressado na faculdade, pelo menos terem garantido a inscrição. Lembrando que se largar a faculdade o pai consegue molinho exonerar-se da pensão.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS