Deve o empregado que iniciou seu trabalho dia 02 do mes e pediu demissão dia 22 (20 dias trabalhado), onde assinou um contrato determinado de experiencia de 45 dias prorrogaveis por mais 45 dias, não receber nenhum pagamento pelos seus dias trabalhados , tenDo que pagar a multa que estipula o art 480 ( alegação dada pelo empregador), o empregador diz que a multa corresponde a 50% dos dias restantes do contrato de trabalho (45 + 45 =90)dias, menos os 20dias trabalhado, multa de 50% sobre o saldo de dias restantes do termino do contrato (70 dias para terminar o contrato), equivalentes a 35 dias de multa. Sendo que o art 480 diz que o empregado pagara indenização se a demissão causar prejuizos ao empregador.

Respostas

8

  • 0
    W

    Wagner Santos de Araujo Quarta, 10 de novembro de 2004, 11h56min

    O contrato não é de 90 dias, e sim, 45. A possibilidade de prorrogar os 45 dias é diferente de o contrato já ter o termo final em 90 dias.
    Portanto, a indenização que o empregado deverá pagar é de 12 dias. São 45 dias menos 21 dias trabalhados (entre 2 e 22) divididos por 2.
    Os 12 dias descontam dos 21 trabalhados, restando 9 dias ainda a receber.

  • 0
    A

    alexandre rodrigues Quarta, 10 de novembro de 2004, 13h50min



    Wagner Santos,

    quanto aos prejuizos , que não existem ao empregador pelo empregado ter pedido demissão, voce concorda com a aplicação deste artigo como indenização ( existem discordancias que possa ser aplicado este artigo).
    Caso o empregador estiver errado e não depositou a quantia correta dentro do prazo dos 10 dias (depositado no 8º dia a quantia que o empregador ache estar correta)do pedido de demissão, a parte restante que falta a pagar incidira uma multa por ter extrapolado o prazo em questão, qual é a multa do empregador ?Qual o artigo que diz sobre esta multa?

  • 0
    W

    Wagner Santos de Araujo Quarta, 10 de novembro de 2004, 15h37min

    MULTA DO ARTIGO QUATROCENTOS E SETENTA E SETE DA CLT – CONTRATO DE EXPERIÊNCIA – A natureza do contrato de trabalho por prazo determinado atrai a incidência da alínea b do parágrafo sexto do artigo quatrocentos e setenta e sete da CLT, não sendo devida a multa pelo atraso na satisfação das verbas rescisórias, no caso de rescisão antecipada do contrato, se foram quitadas no prazo legal. Revista conhecida e desprovida. (TST – RR 303370/1996 – 5ª T. – Rel. Min. Candeia de Souza – DJU 19.03.1999 – p. 00300)

  • 0
    C

    Celly Correa Quarta, 01 de julho de 2009, 2h30min

    A minha empresa me aplicou esta multa e eu nao recebi nada trabalhei 15 dias em experiencia e pedi demissao, nao acredito ter causao prejuizo a empresa, vale a pena ir atras e tentar receber algo?

  • 0
    F

    Fábio Donizeti Sábado, 22 de agosto de 2009, 14h57min

    Se um empregado preso vier a pedir demissão na prisão, seus dependentes perderão o direito ao benefício Auxílio-Reclusão?
    Obrigado

  • 0
    L

    LuisaLorena Terça, 29 de março de 2011, 17h25min

    Olá, quero tirar uma dúvida.

    Caso o funcionário pessa demissão dentro dos segundos 45 dias, a empresa pode dar termino de contrato antecipado, e com isso cobrar a multa na rescisão?

    É bem urgente.

    Obrigada desde já!

  • 0
    L

    lika f Quinta, 05 de abril de 2012, 15h46min

    Boa tarde, meu marido pediu demissão, para poder trabalhar em outro emprego. Ele trabalhou 7 meses, a homologação foi hoje, e ele teve que pagar a multa de 622,00, pois ele não quis fazer o aviso, tudo bem, só que ele só vai receber 230,00. Ele assinou os papéis e alegaram que irá receber em conta no prazo de 10 dias, esta certo isso? Por gentileza, favor nos orientar. Obrigado.

  • 0
    L

    limabru Quinta, 05 de abril de 2012, 19h12min

    Boa Noite. Trabalho em um firma há 2 anos, peguei minhas férias em agosto do mes passado, e trabalhei dez dias, dos quais ainda não foram pagos, e minha própia chefe tem ciência dessa divida.
    oque gostaria de saber, é se existe alguma lei que cobre juros, ou multa em cima desses dez dias, pois estão atrasados desde agosto de 2011..

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região