Auxilio Doença / Aposentadoria por invalidez

Letícia Martins de Souza perguntou Terça, 13 de novembro de 2007, 6h01min

Bom dia!

Meu pai estava afastado por auxilio doença, pois tem Mal de Parkinson! Ele tinha a pericia agendada ontem e o perito o liberou, alegou que ele nao apresentou exames que provem que ele tem a doenca! O medico do meu pai disse que para essa doença nao tem exame que comprove! Iremos entrar com o pedido de reconsideração! Será que se meu pai entrar com o pedido de aposentadoria por invalidez ele ganharia? Pois eu estava pesquisando na internet, e li que essa doenca tem direito a aposentadoria por invalidez! essa informação procede?

Respostas

57

  • JORGE

    JORGE

    Tenho uma dúvida também.

    O meu irmão está recebendo o Auxilio Doença da Previdência, até chegar a Aposentadoria por Invalidez (pois o problema dele de crises evoluiram durantes estes últimos anos, devido a um atropelamento em serviço quando era do quartel (gerando uma alienação mental (esquizofrenia). Mas já está em andamento uma ação na Federal para Reforma-lo.

    A pergunte é: Se sair a Aposentadoria por Invalidez e depois o Exército reforma-lo, ele perde a da Previdência ?

    Pois no exercito foi 09 anos na ativa e depois 10 anos de carteira assinada.

    Um abraço !

    Jorge

  • cristina bagatella

    cristina bagatella

    Letícia, na perícia é necessário levar exames, receitas médicas, atestado médico, tudo oque tiver, agora como seu pai teve alta, peça então outra perícia. Quantos anos tem seu pai? No inss não existe voce pedir aposentadoria por invalidez, quem decide isso é o perito. Oque voce pode fazer é arrumar um bom advogado e entrar com uma ação na justiça pedindo a aposentadoria por invalidez para seu pai. Mas demora até dois anos pra decidir.

  • Letícia Martins de Souza

    Letícia Martins de Souza

    Bom dia Cristina,
    Obrigada pela atenção!
    Meu pai tem 56 anos.
    Quanto aos documentos que é necessario levar para a pericia, o meu pai nao tem exames, o medico disse que para a doenca dela não ha exame que prove. O atestado, receira media, remedios, tudo isso meu pai levou!
    Muito obrigada pelo esclarecimento.

    Leticia

  • Clóvis_1

    Clóvis_1

    Bom dia!

    Trabalhei num hospital particular durante quatoze anos.
    Tive que ser operado para a remoção de um câncer no peito, entre o coração e o pulmão do lado esquerdo do tórax e mais três no pulmaõ esquerdo. A data da cirurgia foi em 10/novembro 2003 fiquei afastado do serviço até 28/novembro de 2004. Trabalhei até 12/setembro de 2006 quando fui despedido do serviço por ter ficado um ano de licença médica.
    Tenho direito a aposentadoria especial?
    Tenho direito estabilidade no emprego por doença grave?

  • JORGE

    JORGE

    Gostaria de tirar uma dúvida, tenho um irmão que trabalhou de carteira assinada de 1994 até 2005. (Mas sempre tendo crises, e controlado por rémedios). Pois em 1993 ela sofreu um acidente em serviço, quando era do Exército, desligaram ele em 1994 não estando curado. Agora em 2006 e que piorou a doença dele, CID-10 F07 (Já constatado nos Laudos do médico ( (esquizofenia / TRANSTORNO MENTAL). Aí obteve 06 meses de auxílio doença e depois renovado para 02 anos em andamento.

    Quando saíra a Aposentadoria por Invalidez dele ? Já que no Laudo menciona não ter condições totais de manter-se e ter acompanhamento de uma pessoa.

    Haverá outras perícias ? Qual o tramiti para se chegar a esta Aposentadoria ?
    Qual o prazo ?
    Um abraço !

    Jorge

  • cristina bagatella

    cristina bagatella

    Jorge, haverão sim outras perícias, quando vencer os dois anos o médico perito pode dar mais dois anos, depois se o caso é grave ele pode aposentar seu irmão, mas não é muito fácil não, no momento o Inss não está aposentando ninguém, mas aguarde o final do prazo do afastamento dos 2 anos.

  • Nilce_1

    Nilce_1

    Leticia mas vem cá...., se teu pai tem esta doença! como o médico em que seu pai passa soube identificar! foi só nos sintomas e no olhometro? então não entendo porque estes peritos não fizeram o mesmo! porque eles só olham! é tudo na base do olhometro! esta foi demais! Ajuda aí Roque! srsrs

  • ROQUE DONIZETE RODRIGUES

    ROQUE DONIZETE RODRIGUES

    bom dia pessoal , eu juro a voces que não estou aguentando , mais, hoje(06/02), fui fazer minha fisio, quer dizer uma delas, e encontrei todas as ag. do inss, fechadas. legal, cheguei em casa, cheio de esperança, para ver se saiu pelo , menos 6 meisinhos, na lista que o jarnal traz, dai o numero do meu beneficio, não estava la, peguei o tel. liguei p / 135 e a meninha falou:
    - o sr tem que ir até a ag , e pedir o resultado ou então espera a carta. falei
    - moça se o jornal tem acesso, porque voces que são funcionarios não tem?
    - é eles pegam no sit; mais porque eu não consigo pegar o resultado no sit ?
    a menina não soube responder, ai eu despenquei tudo em cima da coitada ....que se dane fez parte do batalhão também é soldado !!!! amanhã eu vou la no inss, porque ja tentei marcar reconsideração , e esta bloqueado, vou bem na hr que fui atendido, se eu encontrar esse moleque la a noite voces vão ver eu no jornal nacional . Quanto, ao seu pai Leticia voce ja ouviu, opiniões de grandes , personalidades pois eu vou lhe dar a minha, que é bem simplizinha , eu to a trez anos , com as mãos e as pernas tremendo, por dois motivos um que faz parte da minha doença e outro de RAIVA desses peritos, não adiantou
    nada até agora ,eu sei que parkison da direito a benefiio, mais esses caras não veem ninguem na frente deles, sinto muito pelo seu pai mais agora ele vai tremer de raiva , o leva todos os exames possivéis, talvez o da guilhotina, tenha piedade de seu pai, e resolva olhar, mais como um dos meus medico´s , me disse isso tudo é carta marcada. espero que seu pai tenha mais sorte que nois que estamos aqui , agora Nilce ta mais facil receber o auxilio reclusão DO JEITO QUE ESTOU ESTRESSADO , vou partir para ele, é entrar na sala do da guilhotina e encher ele de p.... que ele merece. ahahahah !!!!
    tchau

  • glaucio dias curvello

    glaucio dias curvello

    Olá pessoal.........Vou dizer algo para vcs........Eu acho que esse país.......Não existe nem no mapa ....Pois sinto vergonha as vezes de ser brasileiro.....Tudo aki nesse país não existe, tudo isso é uma farsa......Quando precisamos nada funciona...Eu estou falando desse nome que o inss............ Previdencia social..........Os peritos medicos tratam a gente igual um lixo......Jogado na estrada......Não são seres humanos.........Deviam ser tratados igual ao policia e ladrão.......Parece que a gente é a po.....L.. Cia....E eles......La.......D...ão. Sempre nos fazendo o mal.......Fiquem com deus.....E descupa alguma. Coisa..................Tinham tudo que ir para o infer.......O

  • LUIZ CARLOS ALVES MACHADO

    LUIZ CARLOS ALVES MACHADO

    Caros participantes deste forum de discussão.
    Realmente a questão envolvendo perícia médica no inss, é um caos, é unanime os relatos de queixas de médicos que não realizam nenhum tipo de exame físico no hora da perícia, ou mesmo leem os laudos médicos trazidos pelos segurados.
    Isto acontece, pasmem, porque, o médico perito do inss é apenas um cargo, então os médicos peeritos não são especialistas, e em 90% ou mais, dos médicos são clínicos gerais, dentistas, ginecologistas, pediatras, mas a maioria dos casos de pericia médica, é para os casos de lombalgia crônica, problemas na coluna lombar, vertebral, problemas relacionados com a LER/DORT, doenças por lesão do esforço repetitivo.
    É mais interessante ainda que a lei que criou o cargo de médico perito, mais fala sobre remuneração do que sobre o cargo e os deveres dos médicos, dispondo apenas no artigo 2º "caput" e § único, sobre os deveres dos mesmos e o restante da lei fala só sobre remuneração e coisas desse tipo.
    Infelizmente, també no Poder Judiciário, os médicos nomeados como peritos em ações judiciárias, também estão tomando a mesma postura dos médicos peritos do inss, então a coisa está ficando preocupante.
    Até breve.

  • izabel g nicolini pereira

    izabel g nicolini pereira

    Minha vizinha , esta com 65 anos completos , tem diabete há 15 anos , laberitite outras dores causadas pela diabete e a dois meses descobrio que esta com câncer, aqui na cidade onde residimos o inss falam que ela não pode se aposentar pois eles dizem q/ ela e dependente de seu esposo , ela só tem oito anos de contribuição . Gostaria de mais imformaçoes se ela tem direito a aposentadoria, acho q/ muita gente tem duvida sobre esse assunto. Desde já agradeço....Acho q/ seria um complemento sobre a reportagem de hoje, do jonal nacional.

  • JORGE

    JORGE

    Cristina Bagatella | itapira/SP, Obrigado !
    Vc até agora foi para mim mais objeriva e correta quando a minha pergunta.
    Pois atualmente venho notando que eles renovam quando a pessoa realmente
    está incapaz devidos aos Laudos bem preenchidos pelos os médicos sendo condizente com o problema do paciente, ou quando o perito vai com a cara da pessoa. Ou então quando ele finalizam as renovações de auxílio, vc tem que dar entrada administrativa ou Judicialmente, já estou em satand by para este episódio.
    Muito Obrigado ! Vc deu-me mais esperanças..... Um abraço !!!

    Jorge

  • slc

    slc

    Caro Luiz Carlos Alves Machado

    Parabéns!
    Vc disse tudo com muita propriedade.
    Na maioria, os médicos não são especialistas do que indeferem.
    Se não tem conhecimento total da doença, como podem se manifestar?
    Se os especialistas, tem que estudar, no mínimo dez anos para ter conhecimento sobre uma parte do organismo, imagine os que nao são!
    Deveria constar nas normas de perícias, que os "Indigentes", que somos nós, contribuintes, fôssemos periciados por ESPECIALISTAS em nossas Doenças.
    Pelo menos daria mais credibilidade quanto aos resultados, mesmo que indeferidos.
    Imagine uma Pediatra, periciando uma pessoa com problemas Ortopédicos, que são variados e de difícil detecção, até para os Especialistas que nos tratam.
    Você tem toda razão!
    Já está na hora do LULA, rever tudo isto e tornar as Perícias mais Humanas, pois Ele foi aposentado por Invalidez, segundo dizem, pela falta de "UM DEDINHO"!
    E agora na Lei atual, os, "INDIGENTES", tem que ter a falta de 6 dedos!!!
    Que INJUSTIÇA!
    Mas a tendência é piorar tudo, pq como vc disse, no PODER JUDICIÁRIO, está pior ainda, pelo fato de seguirem as mesmas normas.
    Já passei por todas as experiências de indeferimento (inclusive Judicial), e falo com propriedade.
    O que vc diz faz sentido. Parabéns pelo Discernimento!!!
    SLC.

  • israel bittencourt de freitas

    israel bittencourt de freitas

    tenho epicondilite lateral do cotovelo, cid 10 m 77.1 o inss da minha cidade de visconde do rio branco nao me concede o beneficio, tenho cid 10 f 29 psicose nao organica nao especificada , depressao. artrose , cid 10 m 47 m 19 m 53 m 54 m 51 m 79 fibromialgia. mesmo assim ele nao me concede o beneficio o que devo fazer procurar um advogado previdenciario nao minha cidade nao existe mas em sao paulo carapicuiba e barueri fiquei afastado mais de 2 vezes com os mesmos problemas posso processar o inss em sao paulo pois nao consigo mais trabalhar pegando peso . o ortopedista falou que nao posso pegar mais de 3 kg, e tomo varios medicamentos tarjas preta, controlado o pisiquiatra falou que vou ter tomar remedio a vida toda e o inss nao me concede o beneficio . o que devo fazer

  • Maria Fernandes_1

    Maria Fernandes_1

    Boa noite. Tenho um problema nos dois ouvidos chamado Otosclerose, o qual causa a perda gradativa da audição.Já operei o ouvido esquerdo e agora estou com grande dificuldade de ouvir , o que me impede de trabalhar com atividades que usem telefone, uma vez que sou reprovada sempre no exame de Audiometria. Minha pergunta é:esse tipo de doença dá direito a aposentadoria pelo INSS? Devido a essa doença não consigo trabalhar e isso está atrapalhando até a minha vida social pois me sinto isolada das pessoas e com vergonha de participar de atividades por não ouvir direito. No aguardo de uma orientação, agradeço muito sua atenção.

  • Mauro  Ramos

    Mauro Ramos

    Entrei pelo INSS, auxílio doença em Jul/2004, em nov de 2007 tive alta, recorri e retroagiram me deixando até janeiro de 2008 quando levei nova alta.Quando fui dar nova entrada,em março(data permitida) comecei a infartar dentro do posto e só pude fazer a perícia em abril.Novamente retroagiram a data do benefício para março, só que com um novo número de benefício.
    Sou uma pessoa que teve cancer e, devido a quimioterapia, perdi a função do rim direito, sou considerado renal crônico fase III e no final de março para abril, num espaço de 15 dias infartei 3x, passei por cateterismo e angioplastia, colocando 2 stent. Minha perna, onde foi feito o procedimento da angioplastia, permanece num constante inchaço, não mais voltou ao normal. Agora fui fazer uma perícia e de imediato recebi uma carta onde o períto reconheceu o direito de permanecer pelo insse me mandou aguardar uma nova carta me informando o período.
    Realmente não mais tenho condições de trabalho. Sou motorista e me sinto muito cansado com um simples esforço de amarrar o sapato. Sou acompanhado por uma Nefro e dois cardiologistas, todos com atestado de incapacidade laborativa. Pelo tempo que estou encostado já teria o direito de me aposentar?
    Em janeiro de 2005 passei por uma cirurgia de lipomatose, várias trocas de catéteres e tenho que colocar um cateter duplo J desde março/08,devido aos enfartos, não fui liberado pelos cardiologistas.
    Desde já agradeço, Mauro

  • adams ornaghi

    adams ornaghi

    Estou desde 05\09\2002 com problema de coluna ernia de disco e com pressão alta sera que o inss vai demorar para me aposentar pois disseram que com e anos já sera obrigatorio a aposentadoria por invalidez tenho 45 sera que ter que esperar ate 65 anos..................

  • claudio_1

    claudio_1

    ola amigos, estou em auxilio doença desde novembro de 1999 este ano completa 10 anos sem nunca receber alta,minha doença e m45 espondilite anquilozante tenho 37 anos de idade e é a terceira vez que passo na pericia e os medicos nao sabem o que fazer pois me aposentar ele nao conseguem..já a terceira vez que pego beneficio de 2 anos o proprio medico perito me disse que eles nao podiam mais me dar 2 anos de novo e ele nao conseguia sugerir minha aposentadoria por causa da minha idade a firma onde trabalho fechou neste ano o que faço eu agora?será que tenho chances de entrar com pedido pedindo minha aposentadoria por invalidez?
    me deram ate outubro de 2010 o beneficio.desde ja agradeço

  • Eunice silva de Deus

    Eunice silva de Deus

    Ola, bom dia por favor preciso de informações sobre qq ajuda judiciaria que possa obter para milha filha, ela tem 18 anos e foi diagnosticada com cancer de mama em estado avançaso inclusive ja tendo afetado a medula . Ela nunca trabalho registrada nuca contribuiu com inss e tem dois filhos menores um de 4 anos , e um de 1 ano e 8 meses por favor que providencias posso tomar obrigado. Nice