Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. veronica_1
    03/04/2008 11:28 | editado

    TENHO 34 ANOS, TRABALHO NUMA EMPRESA PRIVADA DESDE AGO/2005 C/ CARTEIRA ASSINADA, HOJE ESTOU NECESSITANDO DE AFASTAMENTO DO TRABALHO POIS TENHO ARTRITE REUMATOIDE DIAGNOSTICADA DESDE 1996, POREM DEVIDO A FUNÇÃO EXERCIDA NA EMPRESA (MUITA DIGITAÇÃO E SOBRECARGA DE TRABALHO) TENHO CRISES SEVERAS DE ARTRITE ME IMPEDINDO E LIMITANDO MEUS MOVIMENTOS ATÉ MESMO OS COTIDIANOS COMO PENTEAR OS CABELOS, ANDAR, ESCOVAR OS DENTES, ENTRE OUTROS.
    PRECISO DE ORIENTAÇÃO QUANTO A APOSENTADORIA E SE A EMPRESA PODE ME DISPENSAR, ESTOU DE ATESTADO DE 15 DIAS DESDE DIA 24/03/08. E POSSUO UM LAUDO DA MEDICA REUMATOLOGISTA INFORMANDO NECESSIDADE DE AFASTAMENTO DA FUNÇÃO (DIGITAÇÃO).
    HÁ POSSIBILIDADE DE APOSENTAR POR CAUSA DA ARTRITE? COMO FUNCIONA?
  2. Ana_1
    28/04/2008 06:06

    Oi Verônica????
    Olha só!!Tenho uma sobrinha de 20 anos que tem artrite reumatóide desde os 12 anos!
    Procuramos o inss só agora, apesar dela nunca ter trabalhado de carteira assinada marcamos uma perícia , na qual lhe foi concedido um benefício ao deficiente físico, o valor é de um salário mínimo e ela terá que se apresentar de 10 em 10 anos para novas perícias!O perito foi muito rápido na decisão , pois a artrite reumatóide ,tanto causa dor cm deformações articulares!
    Qualquer dúvida posta outra pergunta , espero tê-la ajudado!
    bjs
  3. vivian lima amaral
    28/04/2008 07:02

    bom dia

    eu tenho artrite reumatoide desde os 13 anos, mas acabou criando outros problemas, como arritimia, e esclrite nodular e agora a doença de crhon, e o meu médico e o perito do INSS diz que eu estou apta para trabalhar, devido eu não tido deformação nas juntas, não sei se é justo, pois trbalho com muita dor, como vcs conseguiram o afastmento.

    vivian
  4. Ana_1
    28/04/2008 15:42

    Nossa Vivian que chato!!!!!
    Esse perito deve ser muito mal mesmo viu????
    No caso da minha sobrinha, levamos exames, relatório médico , receitas e tudo que tinhamos em mãos!!! . Vc levou tudo direitinho??/ O relatório tava com o cid certinho????
    Acho que vc não deve desistir , pois, muitas vezes o perito é quem se recusa dá o benefício, independente de sua doença!
    Marque uma outra perícia , em outro posto e tente mais uma vez!!É um direito seu !!!não desista!!!
    Bjs!
  5. vivian lima amaral
    30/04/2008 04:04

    Ola ana

    muito obrigado por ter respondido, e eu levei uma pasta de exame, com rx, ressonancia magnetica, laudo da artroscopia que fiz nos dois joelhos, ultrasson e laudo do médico, mas o perito falou que eu sou muito nova, então posso, continuar trabalhando, se eu passar mal que procure um médico, que patrão vai aceitar uma pessoa que vive indo ao médico ou se queixando de dor, por enquanto a minha patroa tem sido compreensiva, mas não sei até quando ela vai aguentar esta situação.
  6. alessandra gonçalves
    06/09/2008 09:59

    QUERIA FALAR COM VERÔNICA DE CARIACICA/ES. tenho os mesmos problemas e gostaria de tirar duvida com voce. pode ser? aleted@msn.com
  7. Brisa_1
    04/11/2008 11:39

    Tenho 22 anos e desde criança sentia dor na regiao do ombro onde faço os movimentos dos braços, essa dor nao me deixava nem por uma blusa sozinha ou pentear o cabelo, mal conseguia levantar o braço... Porem nao ia em medicos e a dor passava +/- em 3 dias... Geralmente qdo o tempo mudava pra frio, voltava a dor.
    Em abril de 2008, comecei a sentir muita dor nas maos, dedos, juntas dos braços, e nos pes. Fui ao medico e me disseram que estava com tendinite nos punhos pois formava uma bola inchada, fui fazendo varios exames, no que resultaram numa pequena qtde de reumatismo, tomei alguns remedios, mas as dores não passam... Os dedos das maos incham, ficam deformados e doloridos.
    Sou estudante, faço varios trabalhos escolares e no serviço digito muito, no serviço a dor aumenta bastante.
    Será que ha a possibilidade de afastamento, auxilio doença?
    E o pior, é que as pessoas nao acreditam que vc esteja com dor, é como se estivesse fazendo "corpo mole".
    Alguem pode me orientar?
    Brisarijo@hotmail.Com
  8. contato@sa-adv.com.br
    04/11/2008 14:11

    Como você esta trabalhando tem suscitar primeiro a questão junto a sua empresa, pois quando você sai de auxílio doença os primeiros 15 dias quem paga é a empresa.
  9. Mario Zanela
    04/02/2009 16:00

    Tenho 42 anos de edade, 4 anos de serviço em empresa privada,10 anos comofuncionáriopublico municipal, tenho artrite reomatoide, osteoporose e hernia de disco,mas um médicoortopedista disse que não tenho direito a pedir aposentadoria, sinto muitas dores nas articulações, quando faço força fisica(levantar peso...), gostaria de saber se posso solicitar aposentadoria apresentando somente os exames (laboratoriais,densitometria, ressonância, tomografia...)?
  10. Áurea_1
    04/02/2009 16:52

    Desculpe, acho que houve um equívoco, me escrevi aqui para ter respostas de minhas dúvidas, e não de responder dúvidas, pois sou lega no assunto. Gostaria muito de poder ajudá-los mas não sei como.
    Um abraço.

    Pelo que sei, se voce entrar judicialmente com pedido de aposentadoria por invalides poderá ser deferido sim, pois, voce tem como comprovar sua doença, e a incapacidade para o trabalho, o INSS muitas vezes tenta pra que o usuário desista.
    Conselho procure um bom advogado e entre judicialmente com o pedido de aponsentadoria por invalidez.
    Um abraço.
  11. Áurea_1
    04/02/2009 17:02

    Estou com um problema, minha mãe é viúva a 30 anos, no casamento teve 13 filhos, todos vivos na ocasião da morte de meu pai,ele deixou um terreno com uma casa de madeira bem humilde, o terreno é pequeno 30x15 somente na época do inventário os filhos maiores de idade desistiram em favor de minha mãe os que caberiam a eles , mas ainda tinha cinco (5) filhos que eram de menor e não poderiam assinar a desistencia para minha mãe, agora minha mãe quer passar somente para mim este imóvel, mas tem os cinco (5) que não assinaram na época como poderia ser feito esta passagem se todos os que eram de menos na época já estão de maioridade, e todos concordam que minha mãe dê a mim? ual o procedimento que devo tomar, para resolver sozinha esta questão pois não tenho como pagar advogado?
  12. Marcia S Rosa da Silva
    22/02/2009 00:12

    Eu tenho artrite reumatóide á quatro anos, trabalho no Hospital das Clínicas á 20 anos. Estou sofrendo muito por causa da doença, me recuso a ir para o INSS por ser arrimo de família e ter medo de meus filhos ficarem passando fome, pois me dizem que o salário diminui muito.É verdade? E se eu pedir aposentadoria, meu salário diminui. Não sei o que fazer,estou quase ficando impossibilitada de fazer até as tarefas mais simples. Muito obrigada.
  13. cilmara_1
    28/03/2009 18:27

    fiz recentemente,um pedido de auxílio doença,por artrite reumatóide e artrose,doenças que tenho há treze anos. O pedido foi indeferido por falta de qualidade de segurado do regime de previdÊncia social,contribuo para a prev. há exatos nove meses,se há quem consiga aux. sem contribuir,alguém pode me auxiliar,dizendo onde errei ou o que fazer? Um dos peritos comentou com outro na minha frente,que artrose não é doença incapacitante. Como agir?
  14. ANA LUCIA COELHO PEREIRA
    28/03/2009 19:44

    Cilmara,primeiramente voce tem que ter a qualidade de segurado,ou seja , para usufruir dos direitos de segurado do inss ,voce deverá ter contribuído por 12 meses,ou ter sofrido acidente ,neste caso não é necessario ter 12 meses de contribuição.
    em segundo lugar,a sua doença , os sintomas e o mal que lhe trazem ,precisam estar bem definidos em laudo realizado pelo seu médico em concordancia com os
    seus exames.
    Em terceiro lugar,é necessario que seja ativado o seu pedido para abertura do benefício que será concedido ou não mediante a pericia médica,porem se faz necessario que voce aguarde atingir os 12 meses mpois trata-se de pré-requisito para que consiga o auxílio doença,por enquanto,sugiro que se trate ,para que a doença não lhe incapacite totalmente e voce consiga trabalhar até que possa dar
    entrada no beneficio.
    Quanto a aponsentadoria,saiba,que é algo dificil de conseguir perante o praticado
    no Inss através das novas regras da previdencia.porem se provar qu de fato não
    pode exercer as suas atividades laborativas ,através de exames e laudos ,poderá
    ficar até 2 anos licenciada.
    Fique atenta e não deixe de pleitear os seus direitos.
    Dra.Ana Lucia OAB: 122119
  15. andrea felix de lira
    28/03/2009 21:14

    boa noite,sou deficiente tenho o quadril luxado,tenho 8 cm de diferença de um perna pra a outra,tenho artrite,artrose,desnivel de bacia,ja estou com auxilio doença ja vai fazer 6 anos e ate agora não me derão a aposentadoria definiiva,estou com medo pois vi um anuncio de um senhor que tinha 6 anos de auxilio doença e recebeu auta mesmo estando muito doente,vi um anuncio que apartir de 2 anos de auxilio doença se a pessoa não se recuperar em o direio de se aposentar e porque eu ainda não fui aposentada,se a cada dia que passa eu so tenho pioras,me ajude por favor me diga o que tenho que fazer pra me aposentar definitivamente,pois não posso nem esta saindo de casa,pois tenho dificuldades ate pra entrar em um onibus, pois tenho as pernas atrofiadas tambem me ajude por favor.muito obrigada
  16. clodoaldo
    29/03/2009 00:31

    veronica e vivian ,, boa noite
    não desistam nunca de conseguir o beneficio , pois tenho amigos com o mesmo problema e estão aposentados a anos , é que no inss , nunca sabemos quem esta nos periciando , as vezes chego a duvidar , se os meninos la tem alguma experiencia médica , se continuar assim o melhor caminho é procurar um bpom adv precvidenciario e tocar o barco , falado.
    um abç e muita sorte .
  17. andrea felix de lira
    30/03/2009 15:20

    por favor dotora ana ou qualquer outra pessoa que possa me ajudar,me responda e tire as minhas duvidas por favor agradeço a atenção,obrigada
  18. Bruna Alves
    03/05/2009 22:27

    Boa noite,
    Minha mãe possue etrite reunáteca e artrose, ela não trabalha de castreira assinada mas paga sua altonomia e consiguiu um auxilio doença no praso de 2 meses e queria saber se tem como ela recorrer para aposentar por invalidez.
    Atenciosamente, obrigada
  19. Rosmaria Lima
    18/06/2009 19:41

    Oi pessoal!!! Sou portadora da artrite reuatóide soro-positivo. Tenho 40 anos e por causa da Ar já fui submetida há uma artroplastia total do joelho esquerdo!! As minha mão esquerda já está totalemnte deformada, e agora os ombros e cotovelos estão começando a doer e o resiultado de tudo isto todos já sabem... deformação!!! Estou afastado do trabalho desde fev/2008 devido a uma tvp (trombose) causada pelos medicamentos que tomo para artrite, porém no período que estive internada para tratar a tvp, porém as medicações que tomei só agravaram (e muito!!) a AR, e hj me encontro impossibilitada de lavar e pentear os cabelos, mau consigo escovar os dentes, enfim tenho pouquissimo movimento nos braços devido a dor e inchaço!! Sei que tenho direito a aposentadoria, mas os peritos do inss não tem esta visão e me jlgam apta ao trabalho.!!! O Q faço???
  20. SOYDRA
    14/12/2010 10:55

    ola ana, vc pode entrar em contato comigo?fafa1829@hotmail.com.para trocar um prosa, tenho o mesmo problema de sua sobrinha

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS