Prezados boa tarde, Fui procurado por um amigo e o mesmo me solicitou tal informação em que não tenho base para justificativas. Por favor solicito ajuda das partes. Segue:

Seu processo (em aberto) teveos seguintes andamentos:

Em 02/2008 foi homologado cáuculos 3.888.218,56 TR

Em 04/2008 foi lançada a guia 000001 CEF - 3.888.218,562160 IDTR.

A pergunta dele foi: Hoje (este mes) em reais sua causa esta girando em torno de ??? e se mesmo com lançamento de guia ainda continua rendendo juros ...

Desde já a todos obrigado.

Respostas

324

  • 0
    V

    Vilson Quarta, 14 de maio de 2008, 14h59min

    Os valores estão indexados em TR (Taxa Referencial) pela variação aplicada aos seguros (IDTR). O IDTR pode ser encontrado na internet ou nos grandes jornais (Folha, O Globo, Jornal do Brasil). De posse do IDTR, multiplica-se este pelo valor indexado em TR, no caso 3.888.218,56. Deve girar em torno de R$ 46.000,00.
    Os valores depositados na CEF rendem juros de 0,5% ao mês, mais TR.

  • 0
    F

    FRANCISCO DANTAS PEREIRA Quinta, 18 de setembro de 2008, 18h21min

    Prezado amigo boa tarde,gostaria de saber augo sobre um processo meu, no trt cm numero 01387-2005-072-0100-2 rio de janeiro.Desde ja obrigado.Fica cm deus!!!

  • 0
    S

    SEVERINO CABRAL DE VASCONCELOS Sábado, 25 de outubro de 2008, 11h08min

    eu gostaria de saber sobre meu processo trabalhista como esta caminhando
    o falta pra mim receber

  • 0
    S

    SEVERINO CABRAL DE VASCONCELOS Sábado, 25 de outubro de 2008, 11h11min

    meu processo ja foi pra brasilia ou nao eu gostaria de saber se tem data para retornar.

  • 0
    A

    adriano da silva santana Segunda, 27 de outubro de 2008, 18h01min

    quero saber o porque os processos trabalhista demora tanto para ser julgado?

  • 0
    L

    luis claudio da silva malheiros Quinta, 30 de outubro de 2008, 2h34min

    Eu Luis Claudio da Silva malheiros, gostaria de saber sobre meu processo trabalhista, pois desde 2001 não tenho uma resposta positiva, e nem se quer recebi minha indenisação de tempo de trabalho e meu salário do mês trabalhado. Não consigo entender o porque nossa justiça do trabalho demora à resolver esta ação!

  • 0
    C

    Clê Quinta, 30 de outubro de 2008, 10h59min

    Ao Sr. Francisco, Sr. Severino e Sr. Luis Claudio:
    A postagem pedindo informação a respeito de andamento processual, não compete a nós, participantes do Fórum responder.
    Isso porque cada processo tem um advogado que tem procuração para agir nos autos, bem como tem o dever de lhes passar informação a respeito do mesmo.
    Da mesma forma, os Srs. podem consultar pessoalmente seus processos, indo até a Vara do Trabalho onde o processo tramita e com o numero dos autos em mãos, pedir informações aos funcionários que lá trabalham. Esse é o procedimento correto. A resposta ao Sr. Márcio, feita pelo colega Vilson é apenas uma dúvida sobre o indexador utilizado na conversão de valores.
    Então aconselho-os a procurar seus advogados constituidos ou ir diretamente a Vara do Trabalho.

    Ao Sr. Adriano:
    Não existe um só motivo para a demora do judiciário. Na verdade são vários os fatores, existem processos mais rápidos que são distribuidos à varas que tem uma pauta em dia. Por outro lado existem varas do trabalho completamente abarrotadas de processos. A distribuição é feita por sorteio, assim não como saber de antemão em qual vara o processo irá tramitar. Depois os advogados, tanto pelo reclamante quanto pela reclamada, são pressionados a recorrer, mesmo que não haja mérito ou jurisprudência favorável, isso faz com que os Tribunais (Regional e Superior) fiquem abarrotados também de recursos, na maioria das vezes de casos idênticos que foram julgados improcedentes.
    Também não se pode esquecer que existem falta de funcionários, falta de juízes, enfim vários motivos.

  • 0
    R

    rosangela Terça, 18 de novembro de 2008, 1h08min

    por gentileza peço por favor ajuda meu marido tem um processo que já se arrasta para 10 anos foi jugado e graças adeus o juiz deu causa ganha, peço por gentileza se e possível de nós informar se vai demorar muito para pagar o que e de direito de um cidadão honesto é correto processo de numero 00315.2004.047.01.007, agradeço desde já .

  • 0
    F

    flavio marques de souza Segunda, 24 de novembro de 2008, 12h15min

    Prezados senhores, trabalhei em uma empresa tercerizada que prestava serviços de ingormatica para o banco do brasil, estou com um processo que se arrasta a pelo menos 10 anos, venho acompanhando pela internet, e sempre pergunto ao advogado da causa sobre o andamento do mesmo, só que ele tem sido muito evasivo, gostaria que voces analizassem o mesmo para que possam dar a opinião a respeito do mesmo.
    PROCESSO NO TRT-RJ -- 01671-1998-046-01-00-2 --

  • 0
    C

    Clê Terça, 25 de novembro de 2008, 14h42min

    Boa tarde Flávio:
    Eu sei que é dificil aguardar tanto tempo a resolução de um processo. Fui ver seu processo, a sentença havia julgado totalmente improcedente. Houve recurso e a decisão foi de parcialmente procedente (normalmente nunca é totalmente procedente, ninguém ganha tudo que pede).
    Houve apresentação de cálculos pelo seu advogado e existe um julgamento pendente de embargos a execução, o processo está com o juiz para esse julgamento desde agosto/2008. Nessa fase (execução) o processo já está quase chegando ao fim. Tenha só mais um pouquinho de paciência, ok?
    O que seu advogado pode fazer é pedir liberação de valores incontroversos eis que já houve depósito para garantia do juízo, pedindo a liberação daquilo que o banco reconhece como devido (incontroverso).

    Abs

  • 0
    C

    Clê Terça, 25 de novembro de 2008, 14h46min

    Ola Rosangela, boa tarde:
    Essa informação de 10 anos de processo não procede, eis que ação é de 2004.
    Também verifiquei o processo do seu marido. Ele agora que irá entrar na fase de liquidação eis que somente em setembro/2008 que retornou a vara do trabalho com a publicação do acordão do TRT. Ou seja, ainda demorará para receber.

    Abs

  • 0
    M

    marcone medeiros Segunda, 01 de dezembro de 2008, 19h34min

    meu cliente Ronaldo Ventura de Paula, moveu reclamação trabalhista contra MANILHA CAÇA E PESCA LTDA, na 2a vara do trabalho SÃO GONÇALO, localizada na Rua Lourenço Abrantes 59 2o andar - centro - São Gonçalo - RJ, não tenho o número do processo, gostaria de receber pelo meu e-mail, a posição atual que se encontra este processo.

  • 0
    G

    Geraldo da Silva Segunda, 01 de dezembro de 2008, 21h26min

    Marcone, me diga se entendi bem:
    Você é o advogado do reclamante e está pedindo a nós que lhe informemos (por email, se for possível) o andamento do processo?
    Se for isso, você mesmo pode fazer. Entre no site do trt do rio de janeiro. não sei o número, e veja se há opção de pesquisa por nome da parte. Se não tiver, por nome do advogado; se não tiver, aí você deverá saber o número do processo...

  • 0
    R

    Roberto_1 Segunda, 01 de dezembro de 2008, 21h28min

    Como esta esse processo?
    Processo : Diadema(071)
    Vara: 001 - 00547200226102000
    Distribuído em: 11/03/2002

    01/12/2008 Recebimento de AÇÃO TRABALHISTA (ORDINÁRIO)
    Data prevista 28/11/2008
    NAUDIMAR DE MOURA FERREIRA
    21/11/2008 Entrega em carga/vista de AÇÃO TRABALHISTA (ORDINÁRIO)
    NAUDIMAR DE MOURA FERREIRA-OAB 165165/E-SP-Réu

    21/11/2008 Recebimento de AÇÃO TRABALHISTA (ORDINÁRIO)
    Data prevista 10/11/2008
    NAUDIMAR DE MOURA FERREIRA
    17/11/2008 Remessa/Devolução de Mandado de Penhora em Crédito
    Doc. : 1801/2008
    Oficial de Justiça
    10/11/2008 Remessa/Devolução de Mandado de Penhora em Crédito
    Doc. : 1783/2008
    Oficial de Justiça
    05/11/2008 Entrega em carga/vista de AÇÃO TRABALHISTA (ORDINÁRIO)
    NAUDIMAR DE MOURA FERREIRA-OAB 165165/E-SP-Réu
    30/10/2008 Certidão positiva de Mandado de Penhora em Crédito
    Doc. : 1800/2008

  • 0
    C

    Cristina do rosario de castro couto Quinta, 04 de dezembro de 2008, 1h44min

    Gostaria de saber se,os honorários de um advogado,incidem sobre o bruto ou liquido a receber.Por que da pergunta? Valor pedido 35.000,00 pelo advogado e foi depositao na C.E.F. Valor dado pelo juiz em alvará 25.200,00 e valor recebido pela reclamante 15.200,00, valor que o adv levou como honorários 10.770,00.
    Como pode o adv pedir 30% se na verdade ganhou 10.770, e eu 15.200,
    Como é feita essa conta.

  • 0
    C

    Cristina do rosario de castro couto Quinta, 04 de dezembro de 2008, 1h50min

    Quando um juiz libera um alvará,este já vem com desconto de INSS e IMPOSTO DE RENDA NA FONTE ???
    E se sim ,de quantos % seria???

  • 0
    C

    Clê Quinta, 04 de dezembro de 2008, 11h52min

    Roberto:
    Eu não gosto muito de fornecer andamento de processo, mas no seu caso, indica um retorno de penhora de crédito positiva. A partir dai abre prazo para a empresa embargar os calculos homologados.

    Cristina:
    Que estranho essa conta hein? Se o alvará foi de R$ 25.200,00 mesmo com 30% de honorarios seriam em R$ 7.560,00! Primeiro verifique se esse foi mesmo o valor liberado, procure a vara do trabalho onde está seu processo e peça para vê-lo, lá consta as cópias daquilo que foi liberado. Pode tirar cópia se quiser. Depois verifique seu contrato de honorários, se consta esse percentual mesmo de honorários, de posse disto procure seu advogado...só ele pode lhe dar explicações de porquê ter ficado com R$ 10.770,00! Pode acontecer dele estar descontando sobre o incontroverso (valor liberado) o valor total dos honorários da causa, ou seja, sobre o que ainda está para liberar, que daria R$ 10.550,00 (30% sobre R$ 35.000,00)!

    Quanto a segunda pergunta, normalmente o INSS e o IRRF são abatidos na fonte, isso significa que o alvará sai pelo valor liquido (bruto - descontos INSS/IRRF). Se fosse calculado sobre o alvará, neste valor, seria a aliquota de 8% relativo ao INSS do reclamante e 27,5% de IRRF.

  • 0
    J

    jurandir ferreira marques Quinta, 04 de dezembro de 2008, 14h08min

    gostaria de acompanhar meu processo de casa atraves do meu e-mail,principalmente as publicações. obrigado

  • 0
    C

    Clê Quinta, 04 de dezembro de 2008, 15h35min

    Jurandir:
    Para isso você tem que cadastrar seu mail junto ao TRT, não é aqui no fórum(que é do jus navegandi) que se resolve este tipo de problema é diretamente na vara do trabalho onde está seu processo.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região