Respostas

7

  • oscar maria de alencar fernandes

    para argumentar é preciso conhecer a matéria que se discute e ter firmeza naquilo que se decide e procurar ter em mente que sempre vai haver alguém que vai análisar que que a pessoa está argumentando e querendo persuadir aos outros.

  • Paulo Osorio

    Não há regras rígidas de boa argumentação. Além disso, difícil saber o que é a boa argumentação.

    O principal postulado é conhecer o auditório da argumentação.

    Ou seja, tratando-se o auditório de um juiz, saber como ele julga (análise das decisões anteriores daquele juiz).

    Argumentos baseados no princípio de justiça formal / precedentes de tribunais superiores costumam exercer bastante influência nas decisões judiciais.

    Argumentos de autoridade, fundados em doutrina, são úteis para fixação de conceitos ou precisão de conceitos abertos.

    O principal é uma estrutura argumentativa, formada por diversos argumentos, que direcione os auditórios à conclusão que o orador pretende fazer valer.

  • Camy

    Seja breve, claro e sucinto... Geralmente o que mais importa não é a transcrição de um código ou de uma doutrina inteira, mas sim explicar de uma maneira concisa qual é o seu direito e onde ele está na lei..
    Boa Sorte!

  • henrique santos

    Conhecer bem a matéria que esta defendendo, criar tese com bom fundamento, saber responder a indagações com segurança e tranquilidade...

    Abraço...

  • Clê

    Há um brocado romano que diz: "Dar-me os fatos que lhe darei o direito". Segundo meu professor não é necessário, na opinião dele, nem a transcrição de leis e doutrinas, mas simplesmente a argumentação dos fatos e um breve relato do direito em sentido estrito, pois o direito(base legal) será dado pelo magistrado.

  • Ariovaldo Arrivabene

    A melhor regra - se é que podemos chamá-la assim - da boa argumentação, é: Ter total confiança em si na hora de expo-la e no seu conhecimento da causa e, por extensão, convicção de que seus ouvintes entendenderão o que queres dizer.