Prazo para conserto de produto em garantia

Comprei um notebook em fevereiro, e ontem ele parou de funcionar.

O prazo para o conserto em garantia é de 30 dias, mas esse computador é meu instrumento de trabalho, sem contar que nele estão arquivos muito importantes do meu trabalho que eu não posso perder.

O que posso fazer para agilizar esse processo? Há alguma possibilidade de receber um outro produto durante o conserto do meu produto?

Muito obrigada, Luciana

Respostas

28

  • Márcio Magalhães Fernandes

    Oi Luciana, realmente o prazo estabelecido no art. 18 do CDC é claro e diz que a empresa tem 30 dias para consertar o seu PC. Não existe nenhuma lei, norma ou regulamento que agilize este prazo. Diante disso, você acaba ficando a mercê da Assistência técnica.


    Um abraço

  • Kátia Cortes

    Aproveito para tirar uma dúvida....
    Tenho um televisor na garantia da fábrica há mais de 45 dias na assistência técnica autorizada....a assistência afirmou não poder resolver o problema e o enviou á fábrica...porém o trabalho que ficaria pronto em 5 días úteis já está há mais de 45 dias em poder da assistência, que empurra a responsabilidade ao fabricante, e ninguém dá um parecer.
    O que eu posso fazer???
    Se for o caso de receber um novo aparelho, igual ao anterior, a assistência técnica que deverá intermediar o processo ou tenho que resolver diretamente com o fabricante, ou com a loja onde fiz a compra?
    Obrigada!

  • Luciana_1

    Oi, Kátia!

    De acordo com o Código de Defesa do Consumidor não sendo o "vicio" sanado em 30 dias pode o consumidor EXIGIR (art.18 §1º), alternativamente e a sua escolha:

    1) a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condiçoes de uso;

    2) a restituição IMEDIATA da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

    3) o abatimento proporcional do preço.

    Importante, ainda a regra do §3º do referido artigo, no qual dispõe que o consumidor poderá fazer USO IMEDIATO dessas opções acima sempre que em razão da extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer:

    1) a QUALIDADE ou CARACTERÍTICAS do produto;

    2) diminuir o valor;

    3) ou se tratar de produto essencial.

    Ou seja, se o produto estiver dentro dessas características o consumidor não terá que disponibilizar este prazo de 30 dias para sanar o vício, podendo exigir, por exemplo a troca imediata desse produto.


    Essas opções deverão ser em face do FORNECEDOR, ou seja, no caso da TV o fabricante. Vc poderá enviar uma carta com aviso de recebimento ("AR") relatando o fato ocorrido e exigir uma das opções acima. Não esqueça de colocar na carta um prazo razoável para o cumprimento dessa obrigação. Este prazo deve ser contato a partir do momento em que o fornecedor receber a carta. Por exemplo, 15 dias. Após este prazo, caso não seja cumprido procure um advogado para futura ação.

  • mary_1

    Bom dia, gostaria de saber o seguinte:
    tenho uma Tv, fora da garantia, que está no conserto numa loja autorizada da marca. Posso contar com esse prazo de 30 dias também? Obrigada.

  • Thiago Sá

    mary_1,
    pode contar com o prazo de 30 dias sim.
    Porém você não tem direito de outra tv ou dinheiro de volta e sim a obrigação de informar se é possivel a reparação da sua tv ou não.

  • Bruno Macedo de Souza

    Prezados, me surgiu uma dúvida, em se tratando de taxista, em caso de vício em seu automóvel e reconhecido pelo fornecedor, qual seria o prazo que o fronecedor teria para efetuar o conserto?? grato desde já.

  • Danilo_1

    Mary, o prazo de 30 dias é válido sim porém eles não tem obrigação de restituição do aparelho nem nada e sim a obrigação de informar que o aparelho não pode ser consertado e se vc autoriza que ele permaneça para conserto caso o problema seja falta de peças. Caso contrário vc pode retirar o aparelho de lá.

  • Jenifer Oliveira

    Olá!!! Me envolvi num acidente de automóvel a 36 dias e no mesmo dia 26/04/2009 fiz o boletim de ocorrência e levei o carro a concessionária responsavel pelo conserto. Meu seguro estava em dia, tudo estava certo. Utilizei o carro reserva por 7 dias, que era o tempo que o seguro me garantia de acordo com o contrato, e a concessionária me garantiu a devolução do meu veículo num prazo máximo de 30 dias. Ja faz 36 dias que eu estou sem meu veículo, cabe algum recurso em relação a isso??

  • NDS

    Eu tenho um Playstation 2 há algum tempo ele já nao tem mais garantia. Ele estragou e eu levei numa loja de videogame para consertá-lo. Dois dias depois de arrumado o videogame apresentou o mesmo problema. (Tenho alguma garantia nesse caso?) Levei novamente ao conserto, 4 dias depois voltei buscar e quando voltei pra casa liguei e ele ainda estava com o mesmo problema! O que posso fazer?