Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Rosangela_1
    08/09/2008 11:11

    Não estou encontrando uma explicação satisfatória para juizo de valor e juizo de realidade. Estou no 1º periodo. podem me ajudar?
  2. rokylane
    08/03/2009 00:34

    sou aluno do 1º semestre e não consigo encontra assunto sobre direito de realidade(de fato) e direito de valor?
    Alguem pode me ajudar por favor....
    Obrigado.
  3. Miguel Accacio
    08/03/2009 16:26

    Rosângela, Você não está sozinha nesse drama. Também estou buscando tais conceitos. Acabei de consultar um advogado, Dr. Eduardo Sens, e estou aguardando a resposta. O que é mais intrigante, absurdo até, é que a faculdade não ensine ao aluno, conceitualmente e detalhadamente o que são tais juízos.
    Estou disposto a, mesmo como estudante, criar esses conceitos, já que ninguém sabe e ninguém viu.
  4. Carlos Rossi
    08/03/2009 23:40

    Moçada é filosofia e ciência, não dá para detalhar, vocês poderão encontrar várias definições que acabarão chegando a um mesmo lugar. Realmente há muita dificuldade em separar e explicar o que vem a ser juízo de realidade e juízo de valor, porém, basicamente fala-se que juízo de realidade é aquilo que é, o concreto, e o juízo de valor seria aquilo que se pensa. Porém vocês perceberão que tanto a ciência quanto a filosofia estão relacionadas com o mesmo fato observado, e nem sempre é fácil separar uma análise da outra. Vejam o exemplo que eu dou: o dia está muito frio. Nele há um juízo de realidade e um juízo de valor. Pode-se entender que o dia está muito frio, e não devemos sair de casa, ou que o dia está muito frio, não com sol escaldante, melhor para se sair de casa.
    Compliquei ou ajudei ?
    Um abraço a todos !
  5. Gilberto Fuhr
    09/03/2009 23:02

    Distinção entre juízo de valor e juízo de realidade.
  6. Fernanda Pavão
    12/03/2009 13:41

    Caros amigos, futuros colegas de profissão,
    sou estudante de Direito e curso na Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. Há dificuldade no entendimento desse assunto, mas se pararmos para analisar, veremos que não é tão complicado assim. Vejam só:

    >> Juízo de Valor: Juízos de valor são afirmações emitidas baseadas em crenças, valores, princípios ou percepções de cada indivíduo. Nem sempre os juízos podem ser assim separados, mas com certeza, valores religiosos, político-partidários e de torcidas (clubes ou tribos), são, essencialmente, juízos de valor. Pensamentos expressos que dependem do conjunto de valores, princípios, crenças e percepções particulares e próprios de cada indivíduo, são expressões de JUÍZO DE VALOR.

    >>Juízo de Realidade: O JUÍZO DE REALIDADE está vinculado à experiência. Ele surge da elaboração ideal das experiências diretas. Com o juízo da realidade, por meio da avaliação, o homem atribui significado à realidade, como ele a percebe.


    É isso...espero ter ajudado!


    OBS.: Fonte de informação > Merkatus > www.merkatus.com.br
  7. lulili
    30/08/2010 23:02

    Eu diria que juizo de valor é aquele feito a partir dos valores (bom/mau; belo/feio) e juizo de realidade é aquele feito sobre a existencia ou não de algo. Então, se julgo que fulano é bom, fiz um juizo de valor sobre ele. Se julgo que fulano existe, fiz um juizo de realidade.Acho que é isso...
  8. Maria José Barbosa Barbosa
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    21/08/2012 14:55

    eu acho que juizo de valor é quando a gente expressa a nossa opinião e juizo de realidade é aquele que se baseia num fato real.
  9. Alex Souza.
    28/09/2013 12:22

    Boa tarde!!!

    Fernanda Pavão, esse fórum que postou apesar da data de postagem, me ajudou muito com o entendimento desse assunto. Assim como você, hoje sou aluno também da Estácio de Sá Campus São Gonçalo. (Professora Bianca Pessanha > Introdução aos Estudos do Direito).

    Obrigado!!! ;)

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS