GA Advocacia - Gonçalo Adão (Cuiabá-MT)

GA Advocacia - Gonçalo Adão (Cuiabá-MT)

Perguntas, Respostas e Comentários de Ga Advocacia - Gonçalo Adão (cuiabá-mt)

  • respondeu em Vossa Excelência, Meritíssimo ou Vossa Meritíssima?

    Terça, 19 de abril de 2016, 16h16min Variedades

    Prezado(a)s Dr.(a)s,

    Dado ao grau de importância no tema e desejando contribuir com os doutos colegas, passo a ditar o seguinte:

    Se analisarmos do ponto de vista gramatical, temos uma vertente, pelo menos é isso que está escrito em nossos dicionários.

    Se olharmos para a "pratice" nos deparamos como outro cenário. Fiz pesquisa, ainda que não exaustiva, mas me deparei que em sites de várias Universidades Federais e em sites de alguns Estados, trazem informações do tema ora levantado, inclusive separado pelos três poderes. Apenas para exemplificar, diante da organização, trago o link http://www.casacivil.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=9, da Casa Civil do Estado do Paraná, onde estabelece o emprego dos pronomes de tratamento.

    O certo é que as vezes apenas copiamos aquilo que está disponível, sem as vezes nos darmos conta de buscar o correto. As vezes nem é nossa culpa, pois assim fomos doutrinados, contudo a busca do certo, do errado ou da "pratice" nos faz buscar aquilo que é vigente.

    O tema é complexo, por isso coloquei um pouco mais de saber para ampliar a discussão, como bem levantado pelo autor. Hoje adoto a "pratice", e você?

  • respondeu em Vossa Excelência, Meritíssimo ou Vossa Meritíssima?

    Terça, 19 de abril de 2016, 16h16min Variedades

    Prezado(a)s Dr.(a)s,

    Dado ao grau de importância no tema e desejando contribuir com os doutos colegas, passo a ditar o seguinte:

    Se analisarmos do ponto de vista gramatical, temos uma vertente, pelo menos é isso que está escrito em nossos dicionários.

    Se olharmos para a "pratice" nos deparamos como outro cenário. Fiz pesquisa, ainda que não exaustiva, mas me deparei que em sites de várias Universidades Federais e em sites de alguns Estados, trazem informações do tema ora levantado, inclusive separado pelos três poderes. Apenas para exemplificar, diante da organização, trago o link http://www.casacivil.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=9, da Casa Civil do Estado do Paraná, onde estabelece o emprego dos pronomes de tratamento.

    O certo é que as vezes apenas copiamos aquilo que está disponível, sem as vezes nos darmos conta de buscar o correto. As vezes nem é nossa culpa, pois assim fomos doutrinados, contudo a busca do certo, do errado ou da "pratice" nos faz buscar aquilo que é vigente.

    O tema é complexo, por isso coloquei um pouco mais de saber para ampliar a discussão, como bem levantado pelo autor. Hoje adoto a "pratice", e você?

Precisa de Advogado?

Precisa de
Advogado?