Antonio Pessoa Cardoso

Antonio Pessoa Cardoso

Magistrado

Publicações

  • Os ratos nos fóruns

    18/08/2014 08:24 0

    Os fóruns recebem não só os operadores do direito; acolhem também os ratos, os morcegos, as baratas, as traças e os cupins. Servidores e juízes, de quando em vez, esbarram com esses animais nos gabinetes, nos cartórios e nas salas de audiência. No ano pas

  • Pensando bem!

    13/08/2014 10:21 0

    Comarca é igual a hospital, escola, quanto mais são criadas mais o povo abusa e quer internar ou quer estudar sem aprender ou ainda quer requerer sem ter direito, causando danos ao Erário.

  • O juiz e o desembargador

    23/07/2014 12:22 0

    A prestação dos serviços jurisdicionais só passsará por avanços, passível de credibilidade do cidadão, quando o Judiciário reparar o total descaso no qual os tribunais tem demonstrado para com a Justiça de primeiro grau.

  • O Judiciário da Bahia pede socorro

    13/08/2013 15:00 17

    É vergonhosa a situação e o CNJ não deveria vir a Bahia para buscar concretização de metas, pois aqui vivemos situação bem diversa do que se passa na Justiça Federal ou no Judiciário dos estados do sul do país; precisamos é de ajuda, de orientação e as metas são consequências de quem tem elementos suficientes para o trabalho.

  • O escrevente nos cartórios

    12/08/2013 09:45 11

    É dramática a situação dos cartórios judiciais e extrajudiciais. Sem delegatários, na sua maioria, são dirigidos por escreventes e oficiais de justiça, sem contar com qualquer auxiliar ou substituto, mas amparados em servidores disponibilizados pelas prefeituras para socorro dos munícipes.

  • A compulsória e a invalidez

    15/07/2013 09:22 1

    Somente a defesa de interesses pessoais justifica a rejeição do aumento da idade para aposentadoria compulsória (PEC n. 457). As associações de classe, que contam com maior número de profissionais com menos de 50 anos, buscam rodízio para chegar aos tribunais mais cedo.

  • Orçamento dos Tribunais

    13/02/2013 09:03 1

    Os orçamentos dos Tribunais são feitos em obediência a parâmetros que não condizem com a realidade, pois não obedecem aos critérios sugeridos pelas necessidades, mas formulados com a intenção de seguir a orientação tradicional, sem a inovação necessária.

  • O servidor e a progressão funcional

    22/01/2013 17:45 5

    É constante a defasagem de servidores, mas nunca se constatou tamanha desproporção entre sua quantidade e o acúmulo de trabalho. Explicam tudo isso através da expressão “déficit de funcionalidade”, que nada mais é do que a ineficiente e capenga gestão administrativa.

  • Juízes e demandas: desproporcionalidade

    11/01/2013 11:45 2

    Conforme a Constituição, o número de julgadores aumentará na mesma proporção da efetiva demanda judicial e da respectiva população. Na prática, há um grande desequilíbrio entre o número de magistrados e de servidores e a quantidade de demandas.

  • A segurança do magistrado

    19/11/2012 15:00 4

    O Estado parece preocupar-se mais com as testemunhas e vítimas do crime do que mesmo com os órgãos de combate à criminalidade. É quase nenhuma a proteção que se dispensa aos policiais, aos magistrados e a esses órgãos de repressão à violência.

k