Como escolher um software jurídico? Confira dicas.

Escolher o melhor software jurídico é uma atividade que demanda tempo e carinho na análise comparativa para que você tenha, ao final do processo, um software que realmente atenda às necessidades do escritório de advocacia ou do advogado autônomo. As dicas abaixo vão ajudá-lo nesta tarefa:

Neste conteúdo você vai encontrar:

1. Use uma planilha comparativa

2. Tenha objetivos claros

3. Defina funcionalidades essenciais do software jurídico

4. Escolha uma forma de cobrança

5. Consulte outros clientes satisfeitos

6. Esteja pronto e aberto à mudanças

7. Faça um treinamento de uso

8. Experimente o atendimento ao cliente

Leia o conteúdo completo aqui. 



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0