Criar um canal no YouTube para mostrar seu perfil profissional pode ser uma ótima forma de chegar em mais pessoas e atrair mais clientes.

Homem sentado em poltrona

Descrição gerada automaticamente

Imagem: Freepik

Criar um canal no YouTube para mostrar seu perfil profissional pode ser uma ótima forma de chegar em mais pessoas e atrair mais clientes.

Ter uma presença digital é algo essencial para qualquer profissional, incluindo os advogados. Não é por acaso que muitas pessoas que atuam na área jurídica criaram redes sociais para se comunicarem com o público.

Você que é advogado, já pensou em abrir um canal no YouTube? Saiba que essa é uma ótima oportunidade de divulgar seus serviços, criar uma imagem de autoridade no assunto e ainda informar várias pessoas sobre temas importantes.

E saiba que criar um canal sobre Direito não é tão difícil! Com algumas dicas e boas ferramentas, montar um espaço seu na Internet pode ser bem simples.

De dicas de roteiro, até ferramentas para editar e converter MOV para MP4, saiba como montar um canal sobre Direito e ser um advogado no YouTube!

Pense no conteúdo

O primeiro passo ao montar um canal no YouTube é definir qual será o assunto principal.

Assim como o Direito é composto de várias áreas, é interessante que você identifique qual será o segmento que será tratado com mais frequência dentro do canal.

Uma dica para ajudar na decisão é escolher um tema que tenha relação com algo que você gosta ou que seja frequente no seu dia a dia profissional. 

Optar por um tema que você já tem alguma afinidade vai ser útil tanto na hora de pesquisar para o roteiro, quanto para realizar uma apresentação do conteúdo mais fluida.

Você também pode usar esse tema no nome do canal, na hora de criar sua conta.

Desenvolva um roteiro

Definindo o tema principal do seu canal, é hora de desenvolver o roteiro para o seu primeiro vídeo! 

Nesse sentido, o advogado no YouTube tem vantagem, uma vez que já possui habilidades de leitura e escrita.

Ainda assim, se a tarefa parecer complexa, existem algumas dicas para fazer roteiro de vídeo que podem te ajudar.

Homem segurando computador

Descrição gerada automaticamente

Imagem: Freepik

O primeiro passo é escolher um assunto. Com base nesse assunto, pesquise no Google quais são as principais dúvidas das pessoas. Você pode responder a essas questões em uma sequência lógica.

É importante saber que você não precisa roteirizar todas as suas falas. Você pode criar um roteiro que inclua tópicos para não esquecer, e ir gravando em um formato mais solto.

O momento da gravação

Agora que suas ideias sobre o vídeo já estão mais organizadas, o processo de ser um advogado no YouTube inclui fazer a gravação.

Muita gente acredita que é preciso ter uma câmera profissional para fazer bons vídeos. Porém, esse não é um requisito para criar suas produções. 

Na maioria dos casos, a câmera do smartphone já é suficiente para a captação. É preferível que você use a câmera traseira do seu celular, uma vez que a frontal costuma ter uma qualidade inferior.

Outra recomendação é gravar durante o dia, em um ponto onde entre a luz natural (como em frente a uma janela). Assim, seu rosto ficará mais claro, colaborando para um vídeo com iluminação adequada.

Edição para deixar o vídeo mais atrativo

Tão importante quanto pensar em um bom roteiro, que tenha um conteúdo de qualidade, é fazer uma edição de vídeo atrativa.

Para isso, existem vários programas disponíveis no mercado. Uma das opções, listado como um dos melhores editores de vídeos grátis é o UniConverter.

O UniConverter é um software focado na conversão de arquivos, que possui um espaço dedicado para a edição de vídeos.

Pessoa em frente a computador

Descrição gerada automaticamente

Imagem: UniConverter

Ele é interessante porque, com a área de conversão de formatos, permite que você transforme suas gravações de um tipo de mídia para outro. Além disso, no UniConverter também é possível baixar vídeos do YouTube, que podem te ajudar a compor uma produção.

Na parte de edição, o UniConverter conta com recursos para recortar clipes, inserir filtros e transições, colocar legendas e finalizar um projeto, oferecendo ainda a possibilidade de deixar o vídeo mais leve, caso a memória do computador seja pequena.

Foque nos detalhes

Após concluir as edições do vídeo e exportar, é preciso carregar o vídeo no seu canal sobre Direito!

Aproveite o momento para verificar outros detalhes, como as informações da página, a capa, foto do usuário, vínculo com redes sociais e afins.

O YouTube também disponibiliza alguns recursos, como a inclusão de cards que levam para outros vídeos e a inserção de legendas. 

Saiba que quanto mais completo for o seu canal, mais chances existem de o YouTube recomendá-lo para os usuários!

Informação e divulgação

Montar um canal sobre Direito no YouTube é uma ótima forma de criar uma imagem positiva para o advogado, além de prestar um serviço de utilidade pública ao levar informação para as pessoas.

Lembre-se de usar suas redes sociais para chamar seus amigos e familiares para acompanhar o conteúdo. 

E por mais que já existam vários canais sobre Direito no YouTube, esse é um trabalho que, a longo prazo, pode ser compensador.

Assim, um pequeno investimento de tempo para levar informação para o público, permite que você crie uma presença digital e chegue ainda mais longe.

 



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pela autora. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Tratamento de Dados do Jus.

Regras de uso