Comentários

Barbosa e o Poder de Polícia

Barbosa e o Poder de Polícia

Equilibrado, no estrito legítimo exercício do poder de polícia, o ministro limitou-se a providências de menor repercussão, cassando a palavra de quem, ali e naquele instante, não deveria estar, a perturbar a ordem natural da sessão em curso.

Publicado em .


Comentários

14

  • 0

    JOSÉ WALTER MACIEL LOPES

    A.m.s. é vergonhosa a posição que os Advogados vem adotando. Esquecem deliberadamente o direito, perdem a sensatez nos posicionamento em nome do corporativismo. Isso não ajuda, aprofunda às más impressões da classe. Vamos parar com isso! O Dr. Edson Barbosa foi corajoso ao mostrar como funcionam as coisas de forma clara e dentro do direito e de um senso de Justiça e Organização. Está de Parabéns, não reconhecer a verdade, sabendo ser verdade, é muito feio.

  • 0

    Luciano Carlos de Melo

    Parabéns pelo artigo. A OAB deveria investigar melhor o que fora dito pelo segurança do STF acerca do advogado quando o mesmo fora retirado do Plenário.

  • 0

    Celi V. S. Goldoni

    O advogado no mister de sua função não pode infringir a norma legal. O juiz da reunião tem o dever de manter a ordem é o que a Lei determina.

  • 0

    Ailton Martins Vieira

    Parabéns Dr. Edison. Pena que o Ministro vai se aposentar em breve. Deveria continuar por mais algum tempo ou deixar passar as eleições deste ano.

Voltar para o texto: Barbosa e o Poder de Polícia