Comentários

Pode o condomínio proibir o trânsito ou a permanência de animais nas áreas comuns?

Pode o condomínio proibir o trânsito ou a permanência de animais nas áreas comuns?

Motivo de grandes embates dentro da esfera condominial a manutenção ou proibição quanto à presença de pets em condomínios é tema que gera muitas dúvidas entre gestores condominiais, amantes dos animais e seus desafetos.

Publicado em . Elaborado em .


Comentários

8

  • 0

    Peco EDani Domingues

    Boa tarde,tenho uma dúvida, moro em condomínio com apartamentos,temos piscina,playgraund,quadra e área de aparelhos ginástica,andei vendo algumas matérias em que diz que não se proíbe animais correto?animais de porte pequeno que não ofereça risco devem estar c coleiras,tenho uma filha que tem pavor de bicho,então sempre que tem cachorro do lado de fora ela não sai de casa,a síndica disse que se o cachorro estiver brincando c dono na quadra com portão fechado não tem problema nenhum,que é pra minha filha ficar no parque,porque não pode tirar o animal de lá,minha dúvida é, a quadra,playgraund e outras áreas foram feitas pras crianças e adultos usufruírem,no entanto esse acesso fica limitado,o que posso fazer,é um condomínio novo por isso ainda não tivemos assembléia pra decidirmos o que pode o que não pode,como devo proceder?Obrigada

  • 0

    Pedro Bala

    Olá, Danúbia.
    Você poderia me informar qual lei prevê ser ilegal que o sindico ou outro funcionário "os obrigue a transitar pelas escadas, proíba-lhes o uso do elevador, ou ainda que exijam o transporte no colo configuram constrangimento ilegal, do mesmo modo regras que proibam o acesso de animais de visitantes", e se tal lei é válida para o estado de São Paulo?

  • 0

    Tati Silva

    Fui notificada porque minha cachorra saiu despercebida e andou no hall do condomínio e não foi denuncia apenas as câmeras pegaram como proceder?

  • 0

    Viviane Miranda

    Pelo mesmo princípio a Dr. Danubia Santos não poderia proibir que um cliente vá a té o seu escritório com um cachorro, ou pior poderia eu entrar em um audiência acompanhada do mau cachorro? será?

  • -1

    LUIZ HENRIQUE DE OLIVEIRA

    Boa noite.
    Estou tendo um problema peculiar no condomínio onde moro na Freguesia -Jacarepaguá - Rio de Janeiro. Moro nesse condomínio desde 2005, nunca tive nenhum tipo de problema, seja com moradores, ou administração do prédio e funcionários em geral, porém desde Julho um novo sindico intragável (infelizmente) foi eleito e desde então, começaram os constrangimentos. Tenho 52 anos, passei por 4 cirurgias na coluna (L4,L5), o que me impede de ficar a carregar peso.
    Moro no bloco 2, que fica bem longe da rua, dada a minha situação. Hoje, 08/09/2018 fui interpelado pelo sindico as 7:43 da manhã, querendo que não andasse com meus 2 cachorros, malteses, pela área aberta da garagem. Note-se que não ando em hall de entrada, play, ou qualquer outra área comum do prédio, apenas pela vasta área aberta onde normalmente não há carros, longe de onde transitam qualquer pessoa ou funcionários do local. Porém, ao sair do prédio, meus cachorros não aguentam chegar nem na metade do caminho para a rua e ali fazem suas necessidades que, desde sempre, coletei-as, sem nunca onerar os funcionários deste para limpeza, sempre desço com meus sacos plásticos para pronta retirada de qualquer dejeto de meus animais.
    Tentei dissuadi-lo que, não tenho condições de levá-los em tempo até a rua, pois, não dou nem 10 passos e eles já começam a fazer suas necessidades, disse que não poderia carregá-los no colo e, a única coisa que o elegante senhor sabia falar: "MULTA"! parecia mais um abutre atrás de dinheiro do que resolver algo tão simples.
    Como disse que levar no colo não iria e ele continuou insistindo em falar somente em multa, disse ao referido que se me multasse por isso entraria com uma ação de constrangimento e ele se riu e disse que não há constrangimento nenhum!
    Teria com me dar uma luz com relação a isso, pois está ficando chato?!
    Obrigado.

  • 0

    Fernanda Lima

    Olá! Me chamo Fernanda e moro em um prédio novo. Houve a Assembleia e foi determinado que o cachorro não pode circular pelo prédio a não ser do apartamento para a rua, sem poder parar.
    Foi determinado também o uso apenas do elevador de serviço podendo usar o social somente quando tiver mudanças, porém os elevadores são chamados por um único botão e pode vir qualquer um e geralmente o que demora mais é o de serviço. Todos os moradores que tem Pets estão reclamando dessa demora que chega a passar mais de 30 minutos e o cachorro fica bem estressado e nós também.
    Gostria de saber se eles podem fazer isso e caso não o que devemos fazer.
    Por favor me ajude! Na Assembleia a mulher contratada do Juridico riu de nos quando citamos as leis dos animais.
    Grata,
    Fernanda

Voltar para o texto: Pode o condomínio proibir o trânsito ou a permanência de animais nas áreas comuns?