Comentários

Lula e a Lei de Segurança Nacional

Lula e a Lei de Segurança Nacional

O espírito da segurança nacional deve estar a serviço da democracia, e não ser mero instrumento de perseguição política a adversários do status quo. Pena que nem todos pensam assim.

Publicado em . Elaborado em .


Comentários

10

  • 0

    Luiz de Vries

    Uma coisa é uma mera manifestação pública , coisa pior é o que aconteceu em 2013 ! Agora se acontecer no pais o que aconteceu no Chile então cabe sim a lei de segurança nacional inclusive com prisão em casa dos mentores !

  • 0

    Artur Silva

    Com a devida vênia e respeito ao artigo, que por sinal se conota de bons fundamentos, é de bom aviltre dizer, que em nome do invocado espírito democrático, permitir que alguém utilize esse mesmo espírito, seja quem for para (desveladamente) conclamar desordem, manifestações desenfreadas que podem desembocar em violência, desordem, instabilidade política é atentar contra a própria democracia. A liberdade de expressão depende do que se expressa, e de quem a expressa, pois pode deixar de ser livre expressão e se configurar, a depender da estatura de quem a professa em apologia a práticas infracionais. O debate deve ser sempre em torno das idéias, ainda que contundentes, sempre tentando se manter de lado a lado a ordem, quem deseja tumultuar é porque certamente perdeu a possibilidade de dialogar.

  • 0

    CLAUDIO RAFAEL DOERR VIEGAS

    Há uma linha muito tênue entre ARTIGO e MILITÂNCIA... Existem umas criaturas que dedicam sua vida a tentar explicar o inexplicável... Bandido de estimação... Lesa Pátria... Incitando o terrorismo... Cadeia nele!!!!

  • 0

    Silva Wellington Mendes Mendes

    Artigo tendencioso, e politico, muito ruim, nós Brasileiros não podemos aceitar que nosso pais vire uma venezuela, um chile, apologia, e excitação acalorar a população para a pratica de desordem é crime...

  • 0

    Ricardo Pires de Mello

    Há uma clara e declarada intenção do condenado Lula da Silva e seus asseclas em trazer ao Brasil o movimento subversivo ora testado no Chile. A naças há de se defender, de preferência com os instrumentos que o arcabouço jurídico permite. A democracia não há de ser trincheira inexpugnável para comunistas destruírem a ordem e a paz social, dois de seus principais sustentáculos.
    Sem o uso rigoroso da lei, abriremos caminho para outros métodos, sem duvida condenáveis mas mais efetivos, como a reorganização de grupos de ação direta e definitiva, como o sempre lembrado CCC.
    Uma coisa é certa: não haverá mais espaço no Brasil para o consórcio de fornicação entre corruptos e comunistas, custe o que custar, doa a quem doer.

  • 0

    Daniel Alvares Cruz Peixoto Ferreira

    Parei de ler no trecho que diz "mero instrumento de perseguição política a adversários do status quo". Como considerar "adversário do satus quo" um indivíduo condenado criminalmente e inelegível sob a égide da "Lei da Ficha Limpa"? Aos olhos de muitos, lamentavelmente, a defesa da democracia só existe quando ancorada em um único espectro político-ideológico.Fomentar uma atuação da população tal qual a que está ocorrendo no Chile, indubitavelmente, caracteriza incitação à subversão da ordem política e/ou emprego de violência contra o regime democrático.

  • 0

    MARIA CLEIDE DE CARVALHO MAGALHÃES

    o discurso do Lula foi político e incitava o povo a subverter o regime democrático sim, na medida em que ele chamou a eleição do atual presidente de golpe e incitava o povo a reagir contra isso. Se isso não é discurso político e com fins de subverter a ordem, então o que seria? A liberdade de expressão não pode ser escudo para as pessoas saírem dizendo o que bem entendem, mesmo que cometendo crimes, e não serem responsabilizadas por isso. Ele saiu da prisão justamente porque subverteu todo o ordenamento jurídico a seu favor, uma vez que não havia qualquer razão para que o STF voltasse a discutir a prisão em 2ª instância, modificando sua jurisprudência. O único motivo foi para soltar esse indivíduo e de brinde os outros que estão presos pela operação Lava Jato, demonstrando que realmente no Brasil não se pode prender gente rica e poderosa, só os ladrões de galinha. Duvido que os outros presos por condenação em 2ª instância tenham sido soltos e na mesma rapidez que os políticos. Querem enganar a quem com essa história de Estado Democrático de Direito?

Voltar para o texto: Lula e a Lei de Segurança Nacional