Olá bom dia, meu esposo está desempregado e com isso está fazendo bicos. Ele foi dar um orçamento em uma empresa e acabou sofrendo um acidente, uma placa de concreto caiu em cima da mão dele é ele acabou sofrendo uma amputação traumática, do terceiro dedo da falange distal,esta ainda em acompanhamento e fazendo fisioterapia, a médica disse que ele corre o risco de perder o movimento desse dedo caso tenha atingido o tendão, diante disso gostaria de saber se ele pode requerer uma indenização, já que sempre contribuiu com o INSS e falta apenas 5 anos para ele aposentar por tempo de serviço, vale lembrar que ele recebeu seguro do último emprego até fevereiro desse ano. Caso ele tenha esse direito gostaria de saber qual o procedimento que temos que seguir, se devemos entrar com advogado para o pedido de indenização. Desde já agradeço o esclarecimento Obrigada Att: Dolores

Respostas

1

  • 0
    R

    Rafael F Solano Quinta, 29 de setembro de 2016, 10h29min

    Indenização nada tem haver com o INSS, não se relaciona com o fato dele ser ou não segurado da previdência.

    A indenização ele teria de resolver com o cliente em cujas instalações ele sofreu tal acidente. Quanto a condição dele perante o INSS, ele ainda pode requerer o aux doença mas tem de correr ou expira o prazo do periodo de graça!!!

    A aposentadoria não se conta mais por tempo de serviço, mas por contribuição, ele só vai poder requerer a dele quanto tiver somado 180 contribuições.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.