Respostas

3

  • 0
    R

    Rafael F Solano Sexta, 18 de novembro de 2016, 14h16min

    "ele tem a despesa dele como aluguel,luz e alimento, eu não trabalho sou do lar."

    Estas são escolhas de vida que todos fazemos. Onde morar, quanto pagar,quanto gastar de luz e água, se concorda em viver com quem não soma a renda e ajuda nas despesas. Principalmente quem tem filhos a alimentar não pode se dar a certos luxos, exceto se for rico e viver de rendas intermináveis!! Coisa que seu mareido não deve ser, suponho.

    Sendo assim, lamento informar, ele fez os filhos conscientemente, voluntariamente, não pode alegar que desconhecia como as crianças nascem, portanto, ele terá de trabalhar mais, arrumar outro emprego, fazer bicos, vender bala na porta da escola, até alugar o corpo dele se necessário, se ele quer manter o padrão de vida dele sem fazer os filhos passar fome, pois o alimento dos filhos É PRIORIDADE, lamento mas nem o seu alimento é tão prioritário.

    A soma das pensão pode chegar até 50% da renda dele, ou até mais, se cada filho tiver em 50% de suas despesas o essencial e a soma de todos resultar em mais de 50% da renda apresentada pelo alimentante

  • 0
    Lisnei

    Lisnei Contagem/MG 182613/MG Sábado, 04 de fevereiro de 2017, 20h54min

    Rafael e agora? Como se explica o desempenho deste cidadão? Acho que a senhora vai ter de arrumar um trabalho urgente para ajudar seu marido.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.