Jus Dúvidas

Perguntar

Qual é a sua dúvida?

Nobres colegas, venho solicitar conselhos, opiniões etc. sobre uma questão que há algum tempo aflige a este recém bacharel em Direito e também recém aprovado no exame de Ordem. Tenho 35 anos de idade. Sou policial militar há 15 anos, na graduação de 3º sargento. Concluí o curso de Direito em 2015.1, tendo sido aprovado no XIV exame de Ordem em 2014.2. Pretendo e quero exercer a advocacia. Contudo, há essa dúvida quanto a estabilidade. Para ser mais claro: Para ir para a reserva remunerada (aposentadoria dos militares), e poder advogar, ainda tenho que contribuir mais 15 anos (em tese, sairia da PM com 50 anos de idade), ou ser empossado em cargo político (proporcional), ou por invalidez (proporcional ou integral). Sou da PM do Ceará. Não tivemos nem mesmo o reajuste da inflação em 2016, e nem teremos em 2017. Não há previsão de melhoras. Estou com um grupo de amigos PMs que também estão na mesma situação. Resolvemos nos unir para futuramente montarmos uma sociedade. Adianto também que já possuo um pouco de prática, haja vista que já estagiei com um amigo advogado e hoje faço estágio com meu pai, que é advogado. Enfim, não me sinto bem na PM. Tenho comportamento excelente e nenhuma punição disciplinar. Resta apenas essa dúvida: continuar na PM ou pedir exoneração para advogar? Obrigado a todos desde já.

Respostas

0

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Precisa de Advogado?
Do u need lawyer