Possuo uma afilhada de 11 anos, completando 12 no primeiro semestre de 2017 e que mora em outro estado. Ela sempre foi tratada como uma filha para nós, no entanto, não possuo nenhum grau de parentesco consanguíneo. Ela gostaria de passar este ano estudando em São Paulo e residindo em nossa casa. É claro que os pais da criança estão cientes e concordam. Já ouvi sugestões como a de uma autorização de viagem com validade para um ano. Ou usar uma procuração de guarda. Nada disso me pareceu muito certo. Alguém saberia me informar que tipo de documentação é necessária? Qual procedimento devemos seguir?

Respostas

0

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.